BR-293

rodovia transversal brasileira


A BR-293 é uma rodovia transversal brasileira.

BR-293
BR-293
Identificador  BR-293 
Tipo Rodovia transversal
Extensão 535,7 km
Extremos
 • Leste:
 • Oeste:

Capão do Leão, Rio Grande do Sul
Quaraí, Rio Grande do Sul.
Interseções Rs-183 shield.png RS-183 e BR-158 em Santana do Livramento, RS
Rs-630 shield.png RS-630 em Dom Pedrito, RS
BR-473.png BR-473 e BR-153.svg BR-153 em Bagé, RS
Rs-608 shield.png RS-608 e Rs-265 shield.png RS-265 em Pinheiro Machado, RS
Rs-702 shield.png RS-702 em Piratini, RS
Rs-706 shield.png RS-706 em Cerrito, RS
BR-116-rs.png BR-116 em Capão do Leão, RS
Concessionária pública
Lista de rodovias do Brasil

Ela se localiza no estado do Rio Grande do Sul e interliga Pelotas a Quaraí, atravessando importantes municípios do extremo sul brasileiro como Bagé e Santana do Livramento. O total de sua extensão é de aproximadamente 535,7 km.

Importância econômicaEditar

Atravessa umas das principais áreas criadoras de ovinos e a principal área produtora de do país, que se localiza no extremo sul brasileiro. A região Sul é responsável por 99% da produção de lã no país. O Rio Grande do Sul é o estado com maior participação nacional, representando 94,1% do total. Os municípios de Santana do Livramento, Alegrete e Quaraí lideraram a atividade.[1] Atualmente, a produção de carne tornou-se o principal objetivo da ovinocultura no Rio Grande do Sul, em função da elevação dos preços pagos ao produtor que tornaram a atividade mais atraente e rentável. Lá, usam-se raças de ovinos mais adaptadas ao clima subtropical. [2]

Além disso, a região conta com grande produção de arroz, [3] bem como soja, milho e trigo, fruticultura e carne para os principais frigoríficos do Estado. O Rio Grande do Sul é maior produtor de arroz do País, com 70,5% da produção do Brasil, perto de 7,3 milhões de toneladas em 2020, sendo que boa parte da produção é realizada nos campos do sul do estado. [4]

Candiota tem grandes depósitos de carvão na forma de hulha. O Brasil totaliza 32 bilhões de toneladas de reservas de carvão, que está sobretudo no Rio Grande do Sul (89,25% do total) - somente a Jazida de Candiota possui 38% de todo o carvão nacional.[5] Não à toa, a cidade de Hulha Negra, viziha de Candiota, tem seu nome derivado do carvão.

Santana do Livramento é beneficiada pelo turismo de brasileiros que querem visitar a cidade uruguaia de Rivera. [6]

Cidades importantes que margeiam a rodoviaEditar

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar

Referências

  Este artigo sobre uma rodovia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.