Baía das Vacas

Acidente geográfico do tipo baía localizado em frente à cidade de Benguela, em Angola.

A baía das Vacas, também conhecida como baía de Benguela, baía de Santo António[1] e baía da Torre,[2] é um acidente geográfico do tipo baía localizado em frente à cidade de Benguela, em Angola. Situa-se na província de Benguela, na parte ocidental do país, a 430 quilômetros a sul da capital Luanda.[3][4]

Baía das Vacas
Imagem de satélite da baía das Vacas, em 2005.
Localização Benguela, Angola
Oceanos Atlântico
Referências e notas de rodapé

Este acidente geográfico foi vital para a construção do Forte de São Filipe de Benguela e do Porto de Benguela, marcos iniciais da ocupação portuguesa do centro-oeste de Angola, servindo como porta de entrada para o Planalto Central Angolano.[5]

Sua proteção formadora é a ponta do Sombreiro, um cabo que também é uma elevação em forma de morro.[5]

Referências

  1. Baía de Santo António – Benguela. Prazer de Conhecer. 28 de maio de 2017.
  2. Pepetela – A Sul. O Sombreiro. LeYa Brasil – 368 páginas
  3. Mapa da Baía de Benguela e do Rio Cantonbelle. Biblioteca Digital Mundial. 8 de janeiro de 2018.
  4. Portugal. Missão Hidrográfica de Angola e São Tomé. Plano hidrográfico da Baia de Benguela [material cartográfico] / Compilada dos levantamentos efectuados pela Missão Hidrográfica de Angola e São Tomé. - 2ªed. - Escala 1:20.000. - Lisboa : Instituto Hidrográfico, 1972.
  5. a b Benguela/400 anos: Memorial dedicado à cidade começou a ser erguido. Portal Angop. 17 de maio de 2017.