Abrir menu principal
Backdraft
Mar de Chamas (PRT)
Cortina de Fogo (BRA)
 Estados Unidos
1991 •  cor •  132 min 
Direção Ron Howard[1]
Produção Richard B. Lewis
John Watson
Pen Densham
Roteiro Gregory Widen
Elenco Kurt Russell
William Baldwin
Scott Glenn
Jennifer Jason Leigh
Rebecca De Mornay
Donald Sutherland
Robert De Niro
Gênero ação
suspense
Música Hans Zimmer
Cinematografia Mikael Salomon
Edição Daniel P. Hanley
Mike Hill
Companhia(s) produtora(s) Imagine Entertainment
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 24 de maio de 1991
Portugal 17 de setembro de 1991
Idioma inglês
Orçamento US$ 75 milhões[2]
Receita US$ 152,368,585
Página no IMDb (em inglês)

Backdraft (bra: Cortina de Fogo /prt: Mar de Chamas) é um filme de 1991 de ação e suspense dirigido por Ron Howard e escrito por Gregory Widen. O filme é estrelado por Kurt Russell, William Baldwin, Scott Glenn, Jennifer Jason Leigh, Rebecca De Mornay, Donald Sutherland e Robert De Niro. Jason Gedrick e J. T. Walsh co-estrelam. A história é sobre bombeiros em Chicago na trilha de um incendiário em série que provoca incêndios com uma substância química ficcional, trychtichlorate.

O filme arrecadou $77868585 no mercado interno e 74,5 milhões de dólares americanos nos mercados estrangeiros, tornando-se o filme de maior bilheteria de todos os tempos sobre os bombeiros. Seu total mundial bruto é $152.368.585.[3][4] O filme recebeu três indicações aos Prêmios Oscar.

SinopseEditar

Os irmãos Stephen “Bull” McCaffrey (Kurt Russell) e Brian (William Baldwin) que são bombeiros, combatem incêndios inspirados por sua tradição familiar no departamento de bombeiros de Chicago. Mas eles travam uma guerra particular, tentando resolver problemas ligados ao passado. Quando acontecem vários incêndios criminosos na cidade, Brian se une ao investigador Donald “Shadow” Rimgale (Robert De Niro) para enfrentar um criminoso incendiário.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

De acordo com o artigo na Entertainment Weekly, o cimento de Petronio Shoe Products foi usada para criar alguns dos efeitos do fogo. Industrial Light & Magic criou muitos dos efeitos visuais.[5]

RealismoEditar

Profissionais de combate a incêndios têm notado que a maioria dos verdadeiros incêndios tem uma estrutura diferente do que é mostrado no filme por ter condições de fumaça que a visão obscura dentro do prédio quase completamente.

As imagens de bombeiros procura em filmes como Back Draft realmente não mostram o que é a pesquisa em um incêndio. Realismo no nosso caso, faria um filme muito ruim, porque o fato é que em quase todos os incêndios às condições de fumaça obscurecer completamente toda a visão.[6]

"O filme ... chegou bem perto, às vezes, mas também sofreu com a mesma, tudo para deficiências comuns que qualquer apresentação visual foi obrigado a enfrentar (...) Fumaça, vapor e outros fatores diversos geralmente combinam para obscurecer quase tudo o que está acontecendo ".[7]

Além disso, a investigação de incêndio profissionais têm rejeitado os métodos mostrados no filme como não científica, em particular, a representação do fogo como uma entidade viva.[8]

RecepçãoEditar

Recepção críticaEditar

Backdraft recebeu uma recepção positiva da crítica.[9][10][11] O filme atualmente ocupa a classificação 73% 'Fresh' no Rotten Tomatoes, com o consenso "não é particularmente profundo, mas Backdraft é um filme de ação forte, com excepcional efeitos especiais ".[12]

BilheteriaEditar

O filme arrecadou $77868585 nos EUA (ranking 14 no box-office para 1991) e 74,5 milhões dólares nos mercados estrangeiros.[13][14]

Prêmios e indicaçõesEditar

O filme recebeu três nomeações ao Oscar, de melhor edição de som, melhores efeitos visuais e melhor mixagem de som - Gary Summers, Randy Thom, Gary Rydstrom e Glenn Williams[15]. Ele também recebeu duas indicações no primeiro anual MTV Movie Awards.

Referências

Ligações externasEditar