Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Conde de Campanhã

Baltazar de Almeida Pimentel (Almeida, Guarda, 18 de Outubro de 1791 - Alcântara, Lisboa, 30 de Maio de 1876) foi o 1º Conde de Campanhã.

BiografiaEditar

Foi comendado pela Ordem de Cristo. Por alvará régio de 20 de Julho de 1835, foi agraciado com o título de primeiro barão, seguido de visconde a 21 de Maio de 1844 e por último conde a 30 de Setembro de 1862, por graça de Dona Maria II de Portugal, confirmado em carta de Dom Luís I de Portugal.[1]

Foi muito ligado a Dom Fernando II de Portugal. Assentou praça como cadete em 1799 no Regimento de Infantaria de Penamacor. Alinhou na Legião Portuguesa organizada por Jean-Andoche Junot.

Esteve nas campanhas militares dos exércitos napoleónicos na Áustria, em 1807. Em 1812, na Rússia e na Prússia em 1813. 

Após a Revolução Liberal de 24 de Agosto de 1820 foi ajudante de campo do General Bernardo Correia de Castro e Sepúlveda.

Foi Governador, capitão geral dos Açores. Fez parte dos Bravos do Mindelo. Há quem prefira afirmar que foi no Desembarque do Mindelo ajudante de campo de Dom Pedro I do Brasil e tomou parte nos combates do Cerco do Porto.[2][3]

FamíliaEditar

 
Jazigo do Conde de Campanhã, Cemitério dos Prazeres

Filho de António Marçal de Almeida Pimentel[4], coronel de infantaria, e de D. Maria Eusébia Rebocho. Casou em Benfica, a 11 de Agosto de 1835, com sua sobrinha D. Maria Bernardina de Passos (Braga, 2 de Agosto de 1809 - Alcântara (Lisboa), 24 de Abril de 1849), filha de Bernardino José de Passos e de Luísa Delfina de Almeida Pimentel, sua irmã.

Não houve descendência e o título passou a D. Mariana Emília de Macedo de Passos de Almeida Pimentel, filha mais velha da sua cunhada e sobrinha, D. Mariana Narcisa de Passos de Almeida Pimentel (1801-1873), foi a segunda condessa dessa família. Nasceu a 23 de Abril de 1834 e faleceu a 20 de Junho de 1897 na Quinta dos Poços em Grimancelos, tendo casado em 8 de Fevereiro de 1877 com o cunhado João Rodrigues da Silva Santos (1837-1907).

Faleceu com 84 anos no palácio da Quinta Real de Alcântara, no actual Largo do Calvário. Foi sepultado junto da sua esposa no jazigo de família do Cemitério dos Prazeres.

Bibliografia

  1. «Efemérides 2015 - 29 de Maio». Capeia Arraiana - Sabugal - Guarda - Portugal. 28 de maio de 2015. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  2. «Ler Artigo». www.etc.pt. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  3. «Biografia» (PDF) 
  4. nac, Portugal arquivo (1840). Diccionario aristocratico contendo os alvarás dos foros de fidalgos de casa real que se achão registados nos livros das mercês, hoje pertencentes ao Archivo da Torre do Tombo. [S.l.: s.n.]