Bandeira do Afeganistão

Bandeira do Afeganistão
Bandeira do Afeganistão
Aplicação
Proporção 2:3
Adoção 19 de Agosto de 2013
Cores
  Preto
  Vermelho
  Verde
  Branco
Tipo Nacionais

A bandeira nacional do Afeganistão foi adoptada pelo governo de transição em 2002. Esta bandeira é semelhante à usada durante a monarquia entre 1930 e 1973. A diferença está no shahada que nesta versão encontra-se exatamente no centro, enquanto que na versão antiga ocupava uma área maior na mesma posição.

A bandeira é um rectângulo com proporções de 1:2, dividida em três barras verticais de igual largura e de cores preta à tralha, vermelha ao centro e verde ao batente. No centro da barra vermelha, o símbolo tradicional do afeganistão, com uma mesquita no centro.

Durante a era pré-Taliban, a Aliança do Norte usou uma bandeira com o mesmo emblema, mas com riscas horizontais verde, branca e preta.

Outras bandeiras usadas pelo AfeganistãoEditar

  • Antes do século XX, a bandeira do Afeganistão era totalmente preta.
  • Entre 1978 e 1980, na época da República Democrática do Afeganistão, era usada uma bandeira vermelha com o símbolo tradicional (então com uma estrela e uns escritos no centro) no canto superior à tralha.
  • A bandeira do Afeganistão foi a bandeira nacional que sofreu mais alterações ao seu design ao longo do século XX.
Bandeiras usadas pelo Afeganistão
Anos de uso Bandeira Proporção Governo Notas
1709-1738   2:3 Império Hotaki
1747-1842   2:3 Império Durrani Usada sob o reinado de Ahmad Shah Durrani e sua dinastia.
1826-1880 Sem bandeira oficial durante este período. Emirado do Afeganistão Até 1880 a Dinastia Barakzai não usou nenhuma bandeira associada aos Durranis ou outra bandeira oficial alternativa.
1880-1901   2:3 Emirado do Afeganistão Bandeira usada durante o reinado de Abd-ur-Rahman.
1901-1919   3:5 Emirado do Afeganistão Bandeira de Estado e de guerra usada por Habibullah Khan. Habidullah adicionou na bandeira de seu pai um emblema que deu origem ao emblema atual.
1919-1926/29   2:3 Emirado do Afeganistão Primeira bandeira sob o reinado do Rei Amanullah Khan. Ele expandiu a bandeira de seu pai colocando em volta raios que emanam do emblema e formam um octagrama. Este tipo de emblema foi comum durante o Império Otomano. O Afeganistão transformou-se em monarquia em 1926.
1926-1928   2:3 Reino do Afeganistão Segunda bandeira sob o reinado de Amanullah Khan. Ele substituiu o octagrama por uma coroa de flores e o emblema nacional um pouco modificado.
1928   3:5 Reino do Afeganistão Terceira bandeira sob o reinado de Amanullah Khan. A tricolor negra, vermelha e verde, respectivamente representam o passado (primeiras bandeiras), o sangue derramado pela independência (Terceira Guerra Anglo-Afegã), e a esperança para o futuro, provavelmente criada após visita de Khan à Europa em 1927.
1928-1929   2:3 Reino do Afeganistão Quarta bandeira sob o reinado de Amanullah Khan. O novo emblema mostra o Sol surgindo entre duas montanhas nevadas, representando um novo começo do reino.
1929   2:3 Reino do Afeganistão Bandeira usada sob o reinado de Habibullah Kalakani ou Bacha-i-Saqao. A tricolor vermelha, o negra e o branca, era a mesma bandeira usada durante a ocupação do Império Mongol no século XIII.
1929-1930   2:3 Reino do Afeganistão Bandeira usada sob o reinado de Mohammed Nadir Shah. O negro, vermelho e o verde foram restabelecidos e o emblema da primeira bandeira do Rei Amanullah colocado em substituição ao emblema do sol e das montanhas anterior.
1930-1973   2:3 Reino do Afeganistão Segunda bandeira usada sob o reinado de Mohammed Nadir Shah. Ela foi usada também por seu filho Mohammed Zahir Xá. A tricolor negra, vermelha e verde foi mantida. Os raios do octagrama foram removidos e o emblema foi alargado. Entre a mesquita e o selo foi adicionado o ano ١٣٤٨ (1348 no calendário lunar islâmico, ou 1929 no calendário gregoriano) o ano do início da Dinastia de Mohammed Nadir Shah.
1973-1974   2:3 República do Afeganistão Primeira bandeira da República do Afeganistão, semelhante a anterior com exceção do ano ١٣٤٨ que foi removido.
1974-1978   2:3 República do Afeganistão Segunda bandeira usada pela República do Afeganistão. As mesmas cores foram usadas mas com disposição diferente e reinterpretação dos significados: o negro do passado obscuro, o vermelho do sangue derramado pela independência e o verde para a prosperidade da agricultura. No cantão um novo selo, uma águia com asas abertas, um mimbar no peito da águia (como uma mesquita), trigos em volta da águia, e o raios do Sol acima da águia (para a nova república).
1978   2:3 República Democrática do Afeganistão Quando o líder da república foi assassinado em um golpe, o novo regime, com assistência da União Soviética, estabeleceu um estado socialista secular. Durante um breve período de tempo, durante a transição, o mesmo design de bandeira foi mantido como na anterior mas com uma exceção sem o selo.
1978-1980   1:2 República Democrática do Afeganistão A bandeira com campo vermelho e um selo em amarelo no cantão, muito comum no estados socialista do século XX. A coroa de trigo permaneceu, mas uma estrela foi adicionada (representando os cinco grupos étnicos da nação) e a palavra Khalq em árabe (significando pessoas) no centro. Esta bandeira também foi usada pelo Partido Democrático do Povo do Afeganistão facção sob a liderança do Presidente Nur Mohammad Taraki até a sua morte em setembro de 1979.
1980-1987   1:2 República Democrática do Afeganistão Após a derrubada da facção Khalq pela facção Parcham, a bandeira foi mudada novamente. A derrubada ocorreu em dezembro de 1979. A nova liderança restabeleceu a tricolor negra, vermelha e verde, representando o passado, o sangue derramado pela independência, e a fé Islâmica, respectivamente. Um novo selo foi desenvolvido, com um Sol nascendo (uma referência ao antigo nome Corasão, que significa "Terra do Sol Nascente"), um púlpito e um livro (considerado ao Manifesto Comunista ou O Capital por Karl Marx), arcos com as cores nacionais, uma roda dentada para a indústria, e uma Estrela Vermelha para o comunismo.
1987-1992   1:2 República do Afeganistão Parecida com a anterior, menos no selo que foi alterado. Agora a roda dentada foi movida do topo para baixo, a Estrela Vermelha e o livro foram removidos, e o campo verde do selo foi curvado para se parecer com um horizonte.
1992   1:2 Estado Islâmico do Afeganistão Esta bandeira foi usada provisoriamente após a queda do regime pro-Soviético. Ela apareceu em muitas variantes, dos quais uma é mostrada aqui. Na parte superior lê-se a palavra em árabe Allahu Akbar, ("Deus é grande"), na faixa central está a Chahada.
1992-2001   1:2 Estado Islâmico do Afeganistão / Aliança do Norte O negro e o verde foi mantido da bandeira anterior. Também o Chahada está escrito como um logotipo. Esta bandeira, pela primeira vez desde 1928, substituiu a cor vermelha do nacionalismo e tribalismo com as três cores verde, branco e negro, que foram hasteadas pelos muçulmanos do passado. Na parte inferior do logotipo está escrito "دا افغانستان اسلامی دولت", Estado Islâmico do Afeganistão.
1996-1997   2:3 Emirado Islâmico do Afeganistão Uma simples bandeira branca hasteado pelo Talibã.
1997-2001   2:3 Emirado Islâmico do Afeganistão Em 1997 o Talibã adicionou a Chahada na bandeira.
د افغانستان اسلامي امارات
2001-2002   1:2 Administração Interina Afegã
2002-2004   1:2 Administração Transitória Afegã Esta bandeira consiste em três faixas verticais nas cores negro, vermelho e verde. Estas cores estão presentes na maioria das bandeiras do Afeganistão, entre os anos de 1920 e 1990. O emblema central é o clássico emblema do Afeganistão com a mesquita com seu mirabe voltado para Meca. Esta bandeira é similar a uma bandeira Afegã usada durante a monarquia entre 1930 e 1973. A diferença e que na parte de cima do brasão de armas foi adicionado a Chahada. E ela mostra agora o ano ١۲۹٨ (1298), no Calendário Solar Hijri corresponde ao ano de 1919 do Calendário Gregoriano, o ano de independência da Grã Bretanha. Houve uma variação não oficial com o emblema na cor ouro.
2004-2013   2:3 República Islâmica do Afeganistão
2013-presente   2:3 República Islâmica do Afeganistão Similar a anterior mas com proporção maior, a frase "دا افغانستان اسلامی دولت" Estado Islâmico do Afeganistão foi substituída para simplesmente "افغانستان" Afeganistão.
  Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.