Abrir menu principal

Wikipédia β

Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde julho de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Banha (desambiguação).
Banha.

Banha se refere à gordura de porco. É usada como gordura para cozinhar, tendo também sido usada no passado como manteiga para passar-se no pão. Seu uso na cozinha contemporânea diminuiu dada a crença de que ela poderia causar problemas cardiovasculares pela presença gordura saturada, entretanto segundo novos estudos realizados, a gordura saturada não faz mal para o coração, sendo os responsáveis principalmente produtos industrializados com carboidratos de alto índice glicêmico[1][2][3].

Muitos cozinheiros preferem banha ao contrário de outros tipos de gordura em vista de suas características distintas de outros tipos de gorduras, como a margarina ou a manteiga[4]. As qualidades culinárias da banha variam dependendo da parte do porco com que é feita. É ainda utilizada na preparação de sabonete.

Em Portugal, existem diversas receitas que fazem uso da banha. Os rojões à moda do Minho constituem um bom exemplo, podendo ser fritos com banha. As alheiras também contêm banha entre os seus ingredientes. O sarapatel utiliza banha em conjunto com azeite. O refogado das tripas à moda do Porto é também feito com banha.

Pratos com banhaEditar

 
Pão com banha.
  • No Brasil, a fritura da bijajica é feita com banha;
  • Nos Países Catalães, a ensaïmada é também confeccionada com banha;
  • Na Inglaterra, alguns cozinheiros também preferem a banha para fritar o peixe e as batatas que constituem o Fish and chips;
  • Na Hungria, o Goulash é também confeccionado com banha;
  • Na Itália tempera-se uma face de um bloco retangular de banha com pimenta-do-reino e ervas, dando origem ao Lardo di Colonnata, acepipe que é apreciado como aperitivo de churrascos: uma fatia fina é colocada sobre uma fatia aquecida de pão tipo baguete, ao estilo das brusquetas;
  • O Wiener Schnitzel, especialidade da Áustria, pode também ser frito em banha, de acordo com a tradição;
  • No México, as tortilhas mexicanas incluem banha ou margarina na sua composição;
  • Na Dinamarca, as almôndegas locais, denominadas frikadeller, podem também ser fritas em banha.

Ligações externasEditar

"High on the Hog" by Corby Kummer, New York Times, August 12, 2005.

Referências

  1. «Gordura Saturada Não Faz Mal à Saúde». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  2. «Gordura saturada não é a vilã para o coração, diz estudo». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  3. «Folha de S.Paulo - Estaríamos melhor com banha de porco que com margarina - 21/09/2008». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 5 de outubro de 2015 
  4. «Garfada – Onívoros, uni-vos!  » Banha de porco». trasel.com.br. Consultado em 5 de outubro de 2015