Banjo Paterson

Andrew Barton "Banjo" Paterson (17 de fevereiro de 1864 - 5 de fevereiro de 1941)[1] era um famoso poeta, jornalista e autor da Austrália. Ele escreveu muitas baladas e poemas sobre a vida australiana, focando, particularmente, na área rural e áreas fora da cidade, incluindo os distritos em torno de Binalong, em Nova Gales do Sul, onde ele viveu durante a maioria da sua infância. Os mais notáveis poemas de Paterson inclui: "Waltzing Matilda", "The Man from Snowy River" e "Clancy of the Overflow".

Banjo Paterson
Banjo em 1890
Nome completo Andrew Barton Paterson
Nascimento 17 de fevereiro de 1864
"Narrambla", próximo de Orange, Austrália
Morte 05 de fevereiro de 1943 (78 anos)
Sydney, Nova Gales do Sul, Austrália
Parentesco John Paterson (tio)
Cônjuge Alice Emily Walker (m. 1903)
Filho(a)(s) 2
Ocupação Autor, jornalista, compositor, escrivão e poeta
Causa da morte Ataque do coração
Assinatura
Banjo Paterson's signature.jpg

ReferênciasEditar

  1. Clement Semmler (1988). «Paterson, Andrew Barton (Banjo) (1864 - 1941)». pp. 154–157. Consultado em 19 de janeiro de 2008 

Relações externasEditar


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
A Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Banjo Paterson
 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Andrew Paterson