Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Barbosa Lima (desambiguação).
Barbosa Lima
Nascimento 23 de março de 1862
Recife
Morte 1931 (69 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação político

Alexandre José Barbosa Lima (Recife, 23 de março de 18621931), foi um politico brasileiro.[1]

Filho do desembargador Joaquim Barbosa Lima e de Rita Cintra, concluiu o curso de humanidades em Minas Gerais. Em 1879, matriculou-se na Escola Politécnica do Rio de Janeiro, sendo transferido para a Escola Militar do Rio de Janeiro em seguida, de onde saiu como alferes aluno. Concluiu a graduação como engenheiro militar e obteve um bacharelado em matemática e ciências psíquicas e naturais, passando a atuar como docente na Escola Militar do Ceará em 1889. Reformou-se do Exército em 1912 no cargo de coronel, graduado em general de brigada.[1]

Apoiador da proclamação da República, Lima elegeu-se deputado para o Congresso Constituinte pelo Ceará. De 1892 a 1896, foi governador de Pernambuco. De 1896 a 1899 foi deputado por Pernambuco, passando a representar o Rio Grande do Sul na câmara baixa de 1900 a 1905 e a Capital Federal de 1906 a 1911 e de 1915 a 1917. Elegeu-se senador por Amazonas em 1923.[1]

Em 1919, foi designado diretor do Lloyd Brasileiro.[2]

Defensor de idéias abolicionistas, no período republicano destacou-se durante o governo de Floriano Peixoto, de quem se tornou pessoa de confiança durante a Revolta da Armada e a Revolução Federalista, havendo sido por ele designado para disputar as eleições para o governo de Pernambuco.

Participou ainda da revolta contra a vacina obrigatória que tumultuou o Rio de Janeiro durante o governo de Rodrigues Alves. Durante seu governo, Barbosa Lima criou escolas em vários municípios do Estado, inclusive, a Escola de Engenharia, incorporada, hoje, pela Universidade Federal de Pernambuco.

Referências

  1. a b c Castagnino 1927, p. 79.
  2. Castagnino 1927, p. 80.

BibliografiaEditar

Precedido por
Ambrósio Machado da Cunha Cavalcanti
Presidente de Pernambuco
18921896
Sucedido por
Joaquim Correia de Araújo
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.