Abrir menu principal

Barragem da Raiva

barragem no Rio Mondego, entre as povoações de Coiço e Gondelim, no concelho de Penacova, Portugal
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.


Barragem da Raiva
Barragem da Raiva - Portugal (2418147977).jpg
Localização
Município Penacova, Distrito de Coimbra
Bacia hidrográfica Mondego
Rio Rio Mondego
Coordenadas 40°18'33.8"N, 8°14'56.0"W
Dados gerais
Uso Energia, Defesa contra cheias
Data de inauguração 1981
Características
Tipo Betão, gravidade
Altura 34 m
Cota de coroamento 64,5 m
Fundação Xistos e Grauvaques
Dados da albufeira
Capacidade total 24.110.000
Capacidade útil 14.710.000
Pleno armazenamento 61,5 m

A Barragem da Raiva, também conhecida por Barragem do Coiço faz parte do conjunto de barragens da bacia do rio Mondego, em Portugal, na freguesia de Oliveira do Mondego, Penacova, tendo a montante a barragem da Aguieira, funcionando como contra-embalse.

É utilizada pelos adeptos de desportos como o Windsurf, Vela, Remo, Motonáutica e Jet ski, bem da pesca desportiva (truta, achigã, enguias e lagostim-vermelho). O percurso que vai da barragem até Coimbra é um dos mais conhecidos dos praticantes portugueses de canoagem.

Possui uma altura de 36 m acima da fundação (34 m acima do terreno natural) e um comprimento de coroamento de 200 m.[1]

A central hidroeléctrica é constituída por 2 grupos Francis com uma potência total instalada de 20 (24)[2] MW. A energia produzida em média por ano é de 44,8 GWh.[1]

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b Comissão Nacional Portuguesa das Grandes Barragens. «BARRAGEM DA RAIVA». Consultado em 17 de Novembro de 2014 
  2. EDP. «Raiva Informação técnica». Consultado em 17 de Novembro de 2014 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barragem da Raiva
  Este artigo sobre Hidrografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.