Bartolomeo Ammannati

arquiteto e escultor italino
(Redirecionado de Bartolomeo Ammanati)

Bartolomeo Ammannati (Settignano, 1511 – Florença, 1592) foi um mestre construtor e escultor italiano.

Bartolomeo Ammannati
Nascimento 18 de junho de 1511
Settignano
Morte 13 de abril de 1592 (80 anos)
Florença
Cidadania Itália
Ocupação escultor, arquiteto
Movimento estético maneirismo

CarreiraEditar

Foi aluno de Baccio Bandinelli (Florença) e Jacopo Sansovino (Veneza), e mais tarde - sob a influência de Michelangelo - tornou-se um dos principais expoentes do Maneirismo em Florença. Depois que seu colega e concorrente Baccio Bandinelli morreu em 1560, a comissão para construir a Fonte de Netuno foi dada a Ammanati, que assumiu o patrocínio da esposa de Cosimo, a duquesa Eleonora. A escultura em mármore branco de Netuno é popularmente conhecida em florentino como “Il Biancone” (O Gigante Branco).

Os seus contemporâneos tinham opiniões diferentes sobre a qualidade do trabalho. uma máxima rapidamente se espalhou em Florença: Ammanato, Ammanato, quanto bel marmo t'hai sciupato! (Ammanato, Ammanato, quanto mármore bonito você estragou!). A frase é atribuída a Benvenuto Cellini, outro feroz concorrente de Ammanati.[1][2]

O escultor era casado com a poetisa Laura Battiferri, ambos estão enterrados na Igreja de San Giovannino degli Scolopi, em Florença, que projetaram e construíram juntos.

ObrasEditar

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Stefano Casciu (Hrsg.): I Luoghi della Fede: Cortona e la Valdichiana aretina. Arnoldo Mondadori Editore, Mailand 1999, ISBN 88-04-46783-5, S. 119 f.
  2. Chisholm, Hugh, ed. (1911). "Amanati, Bartolomeo". Encyclopædia Britannica . Vol. 1 (11ª edição). Cambridge University Press. pág. 859.