Bartolomeu Leitão

Bartolomeu Leitão (Entradas, cerca de 1540 - Ribeira Grande, 9 de fevereiro de 1587) foi um prelado português da Igreja Católica, bispo de Santiago de Cabo Verde.

Bartolomeu Leitão
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Santiago de Cabo Verde
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Santiago de Cabo Verde
Nomeação 23 de setembro de 1571
Predecessor D. Frei Francisco da Cruz, O.A.D.
Sucessor D. Frei Pedro Brandão, O. Carm.
Mandato 1571-1587
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 30 de setembro de 1571
Sé de Évora
por D. Frei Amador Arrais
Nomeação episcopal 23 de setembro de 1571
Ordenação episcopal 29 de setembro de 1571
Convento do Bom Jesus de Valverde
por João de Melo
Dados pessoais
Nascimento Entradas
cerca de 1540
Morte Ribeira Grande
9 de fevereiro de 1587 (47 anos)
Nacionalidade português
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

BiografiaEditar

Nascido na vila de Entradas, era filho de Jorge Leitão e sua mulher Joana da Costa.[1] Estudou no Real Colégio de São Paulo, doutorando em Teologia na Faculdade de Teologia da Universidade de Coimbra em 1567.[2][3]

D. Frei Bartolomeu foi indicado como Bispo de Santiago de Cabo Verde em 23 de setembro de 1571, sendo consagrado em 29 de setembro por D. João de Melo, arcebispo de Évora no Convento do Bom Jesus de Valverde e ordenado padre em 30 de setembro, por D. Frei Amador Arrais, O. Carm., bispo-auxiliar de Évora, na Sé de Évora,[1] sendo que foi confirmado pela Santa Sé apenas em 6 de fevereiro de 1572.[4][5]

Em 27 de maio de 1573, recebeu a mercê de 200$000 reais, para seus custos.[6] É possível que tenha viajado a Sé em 1576,[3] pois no ano anterior teria encomendado a Nave da Igreja de Nossa Senhora da Esperança de Entradas.[7]

Estabeleceu-se em Ribeira Grande, onde conduziu o Tribunal da Inquisição ali, e foi investigado, a mando de D. Jorge de Almeida, inquisidor-geral, em 1581. Ao que parece, a investigação não encontrou qualquer irregularidade, pois continuou como bispo até a sua morte.[8]

Morreu em 9 de fevereiro de 1587, em Ribeira Grande.[3][4]

Referências

  1. a b Brásio, op. citada, págs. 26-27 (Nota)
  2. «Pesquisa na Universidade de Coimbra». (teologia) 
  3. a b c Manuel Telles da Sylva, marquês de Alegrete (1722). Collecçam dos documentos e memorias da Academia Real da História Portugueza. vol. 2. Lisboa Ocidental: Officina de Pascoal da Sylva 
  4. a b Catholic Hierarchy
  5. Brásio, op.citada, pág. 26
  6. Brásio, op.citada, pág. 59-61
  7. «Igreja de Nossa Senhora da Esperança». Direção-Geral do Património Cultural 
  8. Santos, Matilde Mendonça dos (2012). A estreita aliança entre os bispos e o Santo Ofício em Cabo Verde (PDF). Coimbra: Centro de História da Sociedade e da Cultura. p. 202-203. ISSN 1645-2259 

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

Precedido por
Francisco da Cruz, O.A.D.
 
Bispo de Santiago de Cabo Verde

15721587
Sucedido por
Pedro Brandão, O. Carm.