Abrir menu principal
Inauguração da base de Mato Grosso com a presença do ministro da Aeronáutica Salgado Filho, 19 de abril de 1945.
Vista do BACG, localizada dentro do aeroporto de Campo Grande

A Base Aérea de Campo Grande - BACG é uma base da Força Aérea Brasileira localizada dentro do aeroporto da cidade de Campo Grande, capital do estado do Mato Grosso do Sul.

Unidades aéreasEditar

Operam na Base Aérea de Campo Grande as seguintes unidades da FAB:

  • 1º Esquadrão do 15º Grupo de Aviação (1º/15º GAV), o Esquadrão Onça, unidade especializada em transporte aéreo logístico e transporte aeroterrestre, está equipada com aeronaves C-98 Caravan e C-105 Amazonas. Anteriormente, operou com aeronaves C-115 Búfalo e C-95B Bandeirante, este último utilizado até julho de 2009, quando cedeu seu lugar aos modernos C-105 Amazonas e, mais recentemente, incorporou também o C-98 Caravan.
  • 2º Esquadrão do 10º Grupo de Aviação (2º/10º GAV), o Esquadrão Pelicano, unidade especializada em busca e salvamento (SAR) equipada com helicópteros H-60L e aviões C-105 e SC-105 .
  • 3º Esquadrão do 3º Grupo de Aviação (3º/3º GAV), o Esquadrão Flecha, com aeronaves de caça (ataque leve) A-29 (Embraer EMB-314 Super Tucano).
  • O Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS), mais conhecido como Pára-SAR.

História da baseEditar

Em 1932, o então Ministério da Guerra do Brasil (atual Ministério da Defesa) concluiu que era necessário criar um Núcleo de Destacamento de Aviação na cidade de Campo Grande, com o objetivo de apoiar as aeronaves que transitavam pela região Centro-Oeste do Brasil. Para receber a nova base, foi construída uma infra-estrutura mínima com uma pista de pouso de 600m de comprimento e 60m de largura. Em 1933, o Exército ampliou a pista para 1400m de comprimento e 100m de largura.

A partir da base, em 10 de março de 1934, foi inaugurada a primeira linha do Correio Aéreo de Fronteira, atendendo a região sul do antigo Estado de Mato Grosso (atual estado do Mato Grosso do Sul) utilizando aviões Waco CSO.

A denominação do núcleo de Campo Grande foi modificada, em 1 de junho de 1939, para 3º/2º Regimento de Aviação e, em 17 de janeiro de 1940, para 8º Corpo de Base Aérea. Em abril de 1945, a unidade passou a se chamar Destacamento de Base Aérea de Campo Grande e, finalmente, em 15 de setembro do mesmo ano, o destacamento foi desativado nascendo a Base Aérea de Campo Grande - BACG.

Até 1965 a BACG era utilizada apenas para apoiar o Correio Aéreo Nacional, mas, a partir de 1966, passou a sediar a Esquadrilha de Reconhecimento e Ataque 42, a ERA 42, equipada com aeronaves North-American AT-6. Em maio de 1970 porém, a ERA 42 foi fundida com a ERA 51, dando origem ao 1º Esquadrão de Reconhecimento e Ataque - 1º ERA, com sede na Base Aérea de Canoas, no Rio Grande do Sul.

Em setembro de 1970 a BACG voltou a ativa com o recém ativado 1º/15º GAv - Esquadrão Onça e, em janeiro de 1981, recebeu o 2º/10º GAv - Esquadrão Pelicano (transferido da Base Aérea de Florianópolis). Finalmente, em 11 de fevereiro de 2004, tornou-se sede do recém ativado 3º/3º GAv - Esquadrão Flecha.

Desde outubro de 1979, funciona na BACG o Destacamento de Proteção ao Voo de Campo Grande, antigo DPV_CG, hoje denominado DTCEA-CG (Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Campo Grande), responsável pelas atividades de proteção ao voo e controle de tráfego aéreo no estado do Mato Grosso do Sul.

Seu comando atual é Coronel aviador, sendo exercido interinamente pelo Ten Cel Av John Kennedy Greiffo da Justa Menescal desde o início de 2011. O Comando do primeiro núcleo de aviação coube a oficiais tenentes engenheiro e aviadores. A patente do comandante subiu (a capitão e posteriormente major) conforme a importância estratégica da base se tornava mais evidente. Atualmente sua estrutura organizacional de apoio ao voo é ampla contando entre outros com Esquadrão de Suprimento e manutenção, Capelania, Esquadrão de Saúde (Hospital da Base Aérea de Campo Grande), Intendência, Esquadrão de Pessoal, Radares em outras localidades de Mato Grosso do Sul.

Hino da Base Aérea do PantanalEditar

Voar, combater, vencer!

Força, Aérea, Brasil!


No Centro-Oeste do Brasil

Uma estrela a brilhar

No resgate, no transporte

Na vigilância dos céus

Levando integração

Nas asas da aviação

Pela vitória a lutar

Levar nossa bandeira

Bem alto a estar


Sob asas vigilantes

Pelo orgulho de servir

À tão nobre missão

Prosseguiremos no cumprir

Base Aérea, Campo Grande

Unidos no ideal

De fazer subir aos céus a Força Aérea

Na região do Pantanal


Sob o céu de puro azul

De Mato Grosso do Sul

Comtemplando tuas matas

É nosso orgulho saber

Que nossos filhos verão

Como é preciso servir

À nossa pátria e então

Lutar pela defesa  

Do nosso chão


Sob asas vigilantes

Pelo orgulho de servir

À tão nobre missão

Prosseguiremos no cumprir

Base Aérea, Campo Grande

Unidos no ideal

De fazer subir aos céus a Força Aérea

Na região do Pantanal

Ligações externasEditar

  • [1] - Galeria com fotos dos C-95B e C-95C do 1º/15º GAv, Esquadrão Onça.
  • [2] - Galeria com fotos dos SH-1H e SC-95B do 2º/10º GAv, Esquadrão Pelicano.
  • [3] - Galeria com fotos dos AT-27 do 3º/3º GAv, Esquadrão Flecha.
  • [4] - Esquadrão de Saúde da BACG