Bassiano (senador)

Bassiano
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Cônjuge Anastácia
Ocupação Senador
Soldo de Constantino, o Grande (r. 306–337) emitido em Antioquia ca. 324-325

Bassiano (em latim: Bassianus; m. 316) foi, segundo Anônimo Valesiano, um senador romano do século IV, ativo durante o reinado dos imperadores Constantino, o Grande (r. 306–337) e Licínio (r. 308–324). Era esposo de Anastácia, a meio-irmã de Constantino e filha de Constâncio Cloro (r. 293–306), e irmão de Senecião.[1] É incerto a qual gente Bassiano e seu irmão pertenceram, mas estudos prosopográficos recentes sugerem que eles eram membros das famílias dos Anícios e Númios Albinos Seneciões.[2]

Constantino propôs fazê-lo César, mas Licínio recusou-se. Senecião então incitou Bassiano contra seu cunhado, mas a trama foi descoberta e ele foi capturado e executado. Segundo os autores da Prosopografia do Império Romano Tardio eles teriam ocorrido em 316,[1] porém para Michael DiMaio Jr. provavelmente teria sido 314, uma vez que ele acredita que tais disputas envolvendo a nomeação de Bassiano provocaram no conflito entre os imperadores na batalha de Cíbalas.[3][4]

Referências

BibliografiaEditar

  • Chausson, François (2007). Stemmata aurea: Constantin, Justine, Théodose. Roma: L'Erma di Bretschneider. ISBN 88-8265-393-5 
  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge: Cambridge University Press