Abrir menu principal
Batalha de Aachen
Frente Ocidental, Segunda Guerra Mundial
GI machine gun crew in Aachen (Correct orientation).jpg
Soldados americanos combatendo nas ruas de Aachen em 15 de outubro de 1944.
Data 221 de outubro de 1944
Local Aachen, Alemanha
Desfecho Vitória americana
Beligerantes
 Estados Unidos Alemanha Nazista Alemanha Nazista
Comandantes
Estados Unidos Leland Hobbs
Estados Unidos Clarence R. Huebner
Estados Unidos Courtney Hodges
Alemanha Nazista Gerhard Wilck
Forças
~ 100 000 soldados 44 000
Baixas
5 000 mortos ou feridos 5 000 mortos ou feridos
5 600 prisioneiros

A Batalha de Aachen foi uma batalha que aconteceu em Aachen, Alemanha, entre 2 e 21 de outubro de 1944. Em setembro de 1944, a Wehrmacht (o Exército da Alemanha Nazista) recuou até a fronteira alemã depois de ter sido derrotada na França pelos Aliados Ocidentais. Durante a campanha na França, os comendantes alemães estimaram o tamanho de suas forças em apenas 25 divisões completas; neste mesmo período, a Wehrmacht operava com 74 divisões em território francês. Apesar das extensas baixas sofridas, os alemães conseguiram recuar até a linha Siegfried e reconstruir parcialmente suas forças; eles conseguiram elevar o número de soldados na região para 230 mil ao fim de 1944. Apesar de não terem sido bem treinados e não estarem bem armados, esses soldados alemães contavam com boas posições defensivas e fortificações na linha Siegfried. Durante o mês de setembro os primeiros combates chegaram as cercanias de Aachen e o comandante alemão da cidade ofereceu se render aos americanos. Contudo, sua carta de rendição foi descoberta pela SS durante uma batida em Aachen em meio a evacuação dos civis. Adolf Hitler ordenou a prisão do comandante e substituiu ele e seus homens pelos combatentes da 246ª Divisão de Volksgrenadiers sob comando de Gerhard Wilck. O 1º Exército americano teria de tomar a cidade pela força.[1]

Os americanos decidiram cercar a cidade com a e a 30ª Divisões de Infantaria, com apoio de outras unidades, e então tomar a cidade atacando por todos os lados. A cidade era defendida pelo LXXXI Corpo de Exército, que incluía quatro divisões de infantaria e duas formações debilitadas de tanques. Durante a batalha, os alemães receberam pelo menos 24 mil homens como reforços de uma divisão de panzers e outra de panzergrenadier, e também algumas tropas da 1ª Divisão SS Leibstandarte Adolf Hitler. Apesar da inferioridade numérica, os defensores possuíam várias casamatas e fortificações nos arredores da cidade.[2]

A ofensiva da 30ª Divisão de Infantaria começou em 2 de outubro e eles foram imediatamente detidos pelos defensores alemães. Os bombardeios por meio de aviões e artilharia terrestre pesada não conseguiu forçar o recuo dos alemães e tão pouco reduziu o ímpeto dos defensores e como resultado os ataques Aliados ao norte da cidade também não foram bem sucedidos. A 1ª Divisão de Infantaria americana lançou sua própria ofensiva em 8 de outubro e conseguiu conquistar alguns de seus objetivos nas primeiras 48 horas, apesar de ter sofrido vários revezes por causa dos constantes contra-ataques alemães. Enquanto isso, a 30ª Divisão de Infantaria continuou a avançar lentamente, apesar de em 12 de outubro eles ainda não tinham condições de chegar e se unir a 1ª Divisão de Infantaria e completar o cerco a Aachen. Como resultado, a 1ª Divisão despachou o 26º Regimento de Infantaria e se preparou para lançar um ataque direto a cidade antes que todas as tropas pudessem ser reunidas. A luta no interior da cidade começou em 13 de outubro e se estendeu até o dia 21 com pesadas baixas para ambos os lados. Apesar da feroz resistência alemã, o General Wilck resolveu se render e entregar Aachen aos americanos em 21 de outubro, encerrando a batalha.[3]

Entre 2 e 21 de outubro o 1º Exército dos Estados Unidos sofreu pelo menos 5 000 mil baixas (mortos, feridos e desaparecidos) em Aachen, enquanto os alemães perderam mais de 5 000 mil soldados e tiveram cerca de 5 600 homens aprisionados.[4]

Fotos da batalhaEditar

Referências

  1. Video: Allies Set For Offensive. Universal Newsreel. 1944. Consultado em 21 de fevereiro de 2012 
  2. Spiller, Roger J., ed. (1991). Combined Arms in Battle Since 1939. [S.l.]: U.S. Army Command and General Staff College Press. OCLC 25629732 
  3. the ed. of Command magazine (1995). Hitler's Army: The Evolution and Structure of German Forces, 1933–1945. Conshohocken, PA: Combined Books Inc. ISBN 0-938289-55-1 
  4. Ambrose, Stephen E. (1997). Citizen Soldiers: The U.S. Army From the Normandy Beaches to the Bulge to the Surrender of Germany. New York City, New York: Simon & Schuster. ISBN 0-684-81525-7 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Aachen
  Este artigo sobre Segunda Guerra Mundial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.