Batalha do Burbia

(Redirecionado de Batalha de Burbia)
Batalha do Burbia
Reconquista
Península ibérica 814.svg
Data 791
Local Villafranca del Bierzo, Espanha
Desfecho Vitória do Califado de Córdoba
Beligerantes
Reino das Astúrias Califado de Córdoba
Comandantes
Bermudo I Hixam I
   

A Batalha do Burbia foi uma batalha travada no ano de 791 entre as tropas do Reino das Astúrias comandadas pelo rei das Astúrias Bermudo I, e as tropas do Califado de Córdoba lideradas pelo Emir Hixam I. A batalha ocorreu no contexto de um conflito do emirado contra os rebeldes cristãos do norte da Península Ibérica. A batalha foi travada perto do Rio Burbia, numa localidade que hoje é conhecida por Villafranca del Bierzo. Esta disputa resultou numa derrota para as forças cristãs e subsequente vitória do Emir e do seu califado, prolongando ainda mais a processo da reconquista cristã.

A batalhaEditar

O Emir, numa tentativa para anexar o Reino das Astúrias, organizou dois exércitos para proceder à anexação. O primeiro exercito tinha como missão conquistar a Galiza, e o segundo exercito a missão de conquistar a parte ocidental dos domínios bascos. Quando Hixam regressava a Córdoba com os seus espólios de guerra, as forças cristãs atacaram. Os muçulmanos, liderados pelo general Iúçufe ibne Bujite, conseguiram com sucesso repelir o ataque das forças cristãs, resultando numa vitória ainda mais decisiva para o Califado de Córdoba.

ConsequênciasEditar

A retirada do exercito asturiano resultou na abdicação do rei Bermudo I a favor de Afonso II das Astúrias. Como novo rei, Afonso II moveu a capital para Oviedo, uma antiga cidade romana. Segundo a tradição da velha monarquia visigoda, ele foi coroado rei no dia 14 de Setembro de 791, em Toledo. Bermudo regressou à sua antiga vida clerical no mesmo ano, e acabou por morrer em 797. Ele é recordado como um generoso, ilustre e magnânimo rei.

BibliografiaEditar