Abrir menu principal
Batalha de Gariam
Guerra Civil Líbia de 2011
Data 13 – 18 de agosto de 2011
Local Gharyan, Líbia
Desfecho Vitória dos rebeldes.
Beligerantes
Líbia Forças rebeldes anti-Gaddafi Líbia Forças Armadas da Jamahiriya Árabe Líbia
Forças
5.000 homens Brigada de Sabha[1]
   

Batalha de Gariam (ou Gharyan) foi uma batalha da Guerra Civil Líbia de 2011 entre as forças rebeldes anti-Gaddafi e as forças leais a Muammar Gaddafi pelo controle da cidade de Gariam, localizada na Tripolitânia na parte oriental das Montanhas Nafusa.

Desenvolvimento da batalhaEditar

Em 13 de agosto, as forças rebeldes atacam a cidade. Os rebeldes foram inicialmente bem sucedidos haja vista as forças gaddafistas inicialmente recuam, porém mais tarde reagrupam-se e contra-atacam.[2] No dia seguinte, os rebeldes afirmam controlar "70 por cento" da cidade[3] e um combatente diz que os lealistas estariam se retirando de Gariam.[4] Em 15 de agosto, os rebeldes declararam ter "controle total" da cidade.[5][6]

Em 16 de agosto, o porta-voz do governo Moussa Ibrahim afirmou que as tropas governamentais retomariam Gariam em breve, implicitamente apoiando o relato dos rebeldes de que a cidade havia sido capturada.[7][8] A agência de notícias Reuters confirmou que Gariam estava sob controle dos rebeldes, com as forças rebeldes posicionadas no centro da cidade com um tanque T-34.[9] No dia seguinte, os combates prosseguiram na cidade.[10]

Em 18 de agosto, os gaddafistas se retiraram totalmente da cidade, o que foi confirmado por um correspondente da Reuters. Os lealistas tinham recuado do norte para 'Aziziya.[11][12]

ResultadoEditar

Em 15 de agosto, os rebeldes afirmaram ter se deslocado para o sul de Gariam após a batalha e tomado a base militar de Mizda, obtendo acesso aos suprimentos militares do exército líbio armazenados ali.[13] Mizda situa-se próxima de uma junção estratégica entre as estradas para Gariam, Bani Walid e Sabha.

Referências

  1. Siddique, Haroon; Owen, Paul (15 de agosto de 2011). «Mubarak on trial: Middle East live – Monday 15 August 2011». The Guardian. London 
  2. «Gaddafi defiant as rebels claim gains in west». Al Jazeera. 14 de agosto de 2011 
  3. Al Jazeera Libya Live Blog. Sunday, August 14, 2011 - 18:38 Entry
  4. Lowe, Christian (14 de agosto de 2011). «UPDATE 1-Libyan rebels say they attack town south of Tripoli». Reuters Africa. Al-Qawalish. Reuters 
  5. «Qaddafi Defiant As Libyan Rebels Enter Key Towns Near Tripoli». Radio Free Europe/Radio Liberty. 15 de agosto de 2011 
  6. «Fighting rages in Libya amid parley reports». Radio Netherlands. 15 de agosto de 2011 
  7. «Rebels say they are just 50km from Tripoli». The National. Zawiya. Agence France-Presse. 16 de agosto de 2011 
  8. Beatty, Andrew; Bar, Herve (16 de agosto de 2011). «Victory nigh for rebels?». iAfrica.com. Agence France-Presse 
  9. Laessing, Ulf (18 de agosto de 2011). «Libya rebels take Garyan, south of Tripoli-witness». Reuters Africa. Gharayan. Reuters 
  10. Fahim, Kareem (18 de agosto de 2011). «Libyan Rebels Gain Control of Oil Refinery as Qaddafi Forces Flee». The New York Times. Zawiya 
  11. Laessing, Ulf; Bell, Yvonne (18 de agosto de 2011). «WRAPUP 6-Libyan rebels seize refinery, eye Tripoli». Reuters UK. Zawiya. Reuters 
  12. Valdmanis, Richard (18 de agosto de 2011). «Rebel pays price in fight for Libyan town». Reuters Africa. Reuters 
  13. 16:56 15 August entry at