Batalha de Negomano

Batalha de Negomano
Parte da(o) Campanha da África Oriental - Primeira Guerra Mundial
Data 25 de Novembro de 1917
Local Negomano, Moçambique
Desfecho Vitória alemã
Combatentes
Portugal Portugal Flag of the German Empire.svg Império Alemão
Líderes e comandantes
João Teixeira Pinto   Paul Emil von Lettow-Vorbeck
Forças
900 1500-2000
Vítimas
200 mortos e feridos
700 prisioneiros
Poucas


A Batalha de Negomano foi uma batalha travada entre o Império Alemão e Portugal durante a Campanha da África Oriental da Primeira Guerra Mundial. Uma força de soldados alemães e Askaris, comandada por Paul Emil von Lettow-Vorbeck, tinha acabado de obter uma difícil vitória contra os britânicos na Batalha de Mahiwa e estavam a ficar sem provisões. Para solucionar este problema, os alemães invadiram África Oriental Portuguesa numa tentativa de escapar à força superior a norte e de se abastecerem com material capturado aos portugueses.

Uma força portuguesa sob o comando do major João Teixeira Pinto (Moçâmedes, 1876 -Negomano, 1917)[1] foi enviada para travar Lettow-Vorbeck de atravessar a fronteira, mas foi cercada pelos alemães enquanto se encontrava acampada em Negomano, a 25 de Novembro de 1917. A batalha que se seguiu resultou na quase destruição das tropas portuguesas, com elevado número de mortos e prisioneiros. A rendição da força portuguesa permitiu aos alemães tomarem uma grande quantidade de provisões e, deste modo, permitir a von Lettow-Vorbeck continuar as suas operações na África Oriental até ao final da guerra.

Referências

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  A Wikipédia tem o portal: