Batalha de Resena

Batalha de Resena
Guerras romano-sassânidas
Crise do terceiro século
Data 243
Local Resena, Mesopotâmia
Desfecho Vitória romana[1]
Beligerantes
Império Romano Império Sassânida
Comandantes
Gordiano III
Timesiteu
Sapor I
Resena está localizado em: Síria
Resena
Localização de Resena no que é hoje a Síria

Batalha de Resena (em latim: Resaena) foi uma batalha travada em Resena (Ras al-Ayn, Síria), perto da moderna cidade de Ceylanpınar, na Turquia, em 243 entre as forças do Império Romano, lideradas pelo imperador Gordiano III e seu prefeito pretoriano, Timesiteu, contra um exército sassânida liderado pelo rei Sapor I.[1] Os romanos saíram vitoriosos do combate.[1]

HistóriaEditar

Esta batalha é parte da campanha ordenada pelo imperador romano Gordiano III para reconquistar as cidades romanas de Hatra, Nísibis[1] e Carras, conquistados por Sapor e seu pai, Artaxes I, quando o império mergulhou na Crise do terceiro século.[1]

Depois da vitória, as legiões romanas recuperaram Nísibis e Singara, avançando até o Eufrates cruzando o Cabur. Durante o avanço até a capital sassânida de Ctesifonte, o exército de Gordiano foi derrotado na Batalha de Misiche em 244.[2] Gordiano morreu em combate[3] ou foi assassinado logo depois da derrota.[4]

Referências

  1. a b c d e A Global Chronology of Conflict: From the Ancient World to the Modern Middle East, ed. Spencer C. Tucker, (ABC-CLIO, 2010), 147. (em inglês)
  2. Maria Brosius, The Persians, (Routledge, 2006), 144.
  3. The Sasanians, Richard N. Frye, The Cambridge Ancient History: Volume 12, The Crisis of Empire, AD 193-337, ed. Alan Bowman, Peter Garnsey, Averil Cameron, (Cambridge University Press, 2005), 468. (em inglês)
  4. Trevor Bryce, Ancient Syria: A Three Thousand Year History, (Oxford University Press, 2014), 265. (em inglês)