Batalha de Sluys

A Batalha de Sluys, também chamada de Batalha de l'Écluse, foi uma batalha naval travada em 24 de junho de 1340 entre a Inglaterra e a França. Teve lugar na enseada do porto de Sluys (francês Écluse), numa enseada desde então assoreada entre a Zelândia e a Flandres Ocidental. A frota inglesa de 120 a 150 navios foi liderada por Eduardo III da Inglaterra e a frota francesa de 230 pelo cavaleiro bretão Hugues Quiéret, Almirante da França, e Nicolas Béhuchet, Condestável da França.[1]

Batalha de Sluys
Guerra dos Cem Anos
BattleofSluys.jpeg
Crônicas da xivª século de Jean Froissart(Batalha miniatura)
Data 24 de Junho de 1340
Local Perto de Sluys no feudo francês de Flandres (agora escrito "Sluis" e pertence à região holandesa de "Zeelandic Flanders")
Desfecho Vitória Inglesa
Beligerantes
Blason pays fr FranceAncien.svg França
CoA civ ITA genova.png Génova
Royal Arms of England (1340-1367).svg Inglaterra
Blason Nord-Pas-De-Calais.svg Flandres
Comandantes
Hugues Quiéret
Nicolas Béhuchet
Eduardo III de Inglaterra
Forças
190 navios
20 000 homens
250 navios
20 000 homens
Baixas
15 000 mortos
170 navios
9 000 mortos

Edward partiu do rio Orwell em 22 de junho e encontrou os franceses bloqueando seu caminho para o porto de Sluys. Os franceses haviam unido seus navios em três linhas, formando grandes plataformas flutuantes de combate. A frota inglesa passou algum tempo manobrando para tirar vantagem do vento e da maré. Durante esse atraso, os navios franceses foram conduzidos para o leste de suas posições iniciais e ficaram emaranhados uns com os outros. Béhuchet e Quiéret ordenaram que os navios fossem separados e a frota tentou voltar para o oeste, contra o vento e a maré. Enquanto os franceses estavam nesse estado desorganizado, os ingleses atacaram.[2][3][4]

Os ingleses conseguiram manobrar contra os franceses e derrotá-los, capturando a maioria de seus navios. Os franceses perderam 16 000-20 000 homens. A batalha deu a supremacia naval da frota inglesa no Canal da Mancha. No entanto, eles foram incapazes de tirar vantagem estratégica disso, e seu sucesso mal interrompeu os ataques franceses em territórios e navios ingleses. Operacionalmente, a batalha permitiu ao exército inglês desembarcar e, em seguida, sitiar a cidade francesa de Tournai, embora sem sucesso.[5]

Referências

  1. Rose, Susan (1998) [1994]. «Edward III: Sluys, 1340». In: Grove, E. Great Battles of the Royal Navy: As Commemorated in the Gunroom, Britannia Royal Naval College, Dartmouth illustrated [some in colour] ed. London: Arms and Armour Press. pp. 24–30. ISBN 978-1-85409-417-9 
  2. Cushway, Graham (2011). Edward III and the War at Sea. Woodbridge, Suffolk: Boydell Press. ISBN 978-1-84383-621-6 
  3. Wagner, John A. (2006). «Sluys, Battle of (1340)». Encyclopedia of the Hundred Years War. Woodbridge, Suffolk: Greenwood. pp. 286–287. ISBN 978-0-313-32736-0 
  4. Neillands, Robin (2001). The Hundred Years War Revised ed. London; New York: Routledge. ISBN 978-0-415-26131-9 
  5.   Chisholm, Hugh, ed. (1911). «Sluys, Battle of». Encyclopædia Britannica (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público)  OCLC 14004298
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Sluys

FontesEditar