Batalha do Mar das Filipinas

A Batalha do Mar das Filipinas foi uma batalha aeronaval que teve lugar durante a Guerra do Pacífico, na Segunda Guerra Mundial. Envolveu a Marinha Imperial Japonesa e a Marinha dos Estados Unidos, e teve como palco o Mar das Filipinas, próximo às Ilhas Marianas, entre os dias 19 e 20 de junho de 1944, durante a ocupação pelas tropas estadunidenses da ilha de Saipan para posteriormente invadir as ilhas de Guam e Tinian, as três maiores ilhas que compõem as Ilhas Marianas do Norte. A parte aérea da batalha foi apelidada de "Great Marianas Turkey Shoot" pelos aviadores americanos pela taxa de perda severamente desproporcional infligida às aeronaves japonesas por pilotos e artilheiros antiaéreos americanos.[1]

Batalha do Mar das Filipinas
Parte da Campanha nas Ilhas Marianas e Palau
da Guerra do Pacífico na Segunda Guerra Mundial
Japanese aircraft carrier Zuikaku and two destroyers under attack on 20 June 1944 (80-G-238025).jpg
O porta-aviões Zuikaku e dois contratorpedeiros sob ataque aéreo em 20 de junho de 1944
Data 19 e 20 de junho de 1944
Local Mar das Filipinas
Desfecho Vitória norte-americana
Beligerantes
 Estados Unidos  Japão
Comandantes
Raymond Spruance
Marc Mitscher
Jisaburō Ozawa
Kakuji Kakuta
Unidades
Quinta Frota 1ª Frota Móvel
Forças
7 porta-aviões
8 porta-aviões rápidos
7 couraçados
8 cruzadores pesados
13 cruzadores rápidos
68 contratorpedeiros
28 submarinos
c. 900 aeronaves
5 porta-aviões
4 porta-aviões rápidos
5 couraçados
11 cruzadores pesados
2 cruzadores rápidos
31 contratorpedeiros
24 submarinos
6 petroleiros
c. 750 aeronaves
Baixas
1 couraçado danificado
123 aeronaves abatidas
109 mortos
3 porta-aviões afundados
2 petroleiros afundados
6 navios danificados
550–645 aeronaves abatidas
c. 2 987 mortos

Esta batalha, que se encaixa no quadro da Operação Forager, foi finalizada por um completo desastre das forças armadas japonesas, que perderam quase a totalidade de sua aviação naval embarcada, assim como metade dos porta-aviões participantes da batalha. Como resultado, a Marinha Imperial japonesa perdeu a parte principal de suas forças de combate em termos de aviação naval.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Shores 1985, p. 189.