Abrir menu principal
Batman: The Killing Joke
Batman: A Piada Mortal (BRA)
Arte da capa
 Estados Unidos
2016 •  cor •  77 min 
Direção Sam Liu
Bruce Timm
Produção Bruce Timm
Alan Burnett
Sam Register
Roteiro Brian Azzarello
Baseado em Batman: A Piada Mortal de Alan Moore e Brian Bolland
Elenco Kevin Conroy
Mark Hamill
Tara Strong
Ray Wise
Gênero animação
suspense
Companhia(s) produtora(s) DC Comics
Warner Bros. Animation
Distribuição Warner Bros. Pictures
Idioma língua inglesa
Orçamento US$ 3.5 milhões
Receita US$ 4.4 milhões
Cronologia
Batman: Sangue Ruim
Batman e Arlequina: Pancadas e Risadas

Batman: The Killing Joke (Batman: A Piada Mortal BRA ) é um filme de animação norte-americano de 2016, dirigido por Sam Liu e Bruce Timm. O roteiro é livremente baseado no enredo da história em quadrinhos; "Batman: The Killing Joke" de Alan Moore, sendo que a adaptação foi de Brian Azzarello. O filme não é considerado uma sequência direta ao filme Batman: Bad Blood mantém a aparência dos personagens (sendo que apenas Batman aparece nos dois filmes inteiramente).

O lançamento original do longa em HD foi em 25 de julho de 2016 e em mídias fisicas no dia 2 de agosto de 2016.[1]

O filme trás de volta os primeiros dubladores do Batman e do Coringa voltam a atuar sendo que Kevin Conroy ja havia retornado na animação Batman: Assault on Arkham e Mark Hamill que disse que so voltaria a dublar Coringa se uma adaptação de Piada Mortal fosse criada (os dois reprisam os seus papéis do Universo Animado DC).

É o 27º filme da DC Universe Animated Original Movies.

Índice

SinopseEditar

Batman: The Killing Joke conta a história de origem do Coringa, um dos maiores inimigos do Batman, que após se tornar um comediante falido se une a vários criminosos para um grande ato. No presente, para provar sua insanidade ele sequestra Jim Gordon e ataca brutalmente algo que o atormentara para sempre; sua filha Barbara. Batman vê a situação e tera que enfrentar mais uma vez o seu inimigo mais mortal.

DublagemEditar

Dublagem brasileiraEditar

Personagens Estados Unidos  Brasil 
Bruce Wayne/Batman Kevin Conroy Duda RIbeiro
Coringa Mark Hamill Márcio Simões
Barbara Gordon/Batgirl Tara Strong Guilene Conte
Alfred Pennyworth Brian George Juilo Chaves
Comissário Gordon Ray Wise Issac Bardavid

ProduçãoEditar

Em 2011 durante a San Diego Comic-Con International, o ator Mark Hamill, que queria parar de dublar o Coringa na época, afirmou que ele estaria disposto fazer a voz do Coringa para uma adaptação de A Piada Mortal, encorajando os fãs a fazerem campanha para a adaptação, mais notavelmente em um tweet em 24 de outubro de 2011. Desde então, uma página no Facebook intitulada como "Petição para que Mark Hamill duble o Coringa na animação de Piada Mortal" foi criada por seus fãs. Em 2013, Bruce Timm também expressou o desejo de criar o projeto, dizendo que era apenas uma possibilidade. Em 10 de julho de 2015,[2] durante o painel de Liga da Justiça: Deuses e Monstros na San Diego Comic-Con, Timm anunciou que um filme de animação baseado no romance estava em desenvolvimento e programado para ser lançado em 2016. Sam Liu ficou encarregado de dirigir e Timm seria o produtor executivo do filme. O filme contará com quinze minutos de prólogo que define a história. Em 17 de julho, Hamill twittou que estava de "dedos cruzados" na esperança de que ele iria ser escolhido para reprisar seu papel como o Coringa. Em 27 de julho, o Collider.com informou que Hamill seria o dublador do Coringa no filme e a ComicBook.com falou com Kevin Conroy, que afirmou que ele iria reprisar seu papel de voz como Bruce Wayne / Batman "em um piscar de olhos". Embora a Collider tivesse relatado que Hamill iria reprisar o papel para o filme, o próprio Hamill afirmou que ainda estava de dedos cruzados. Em 14 de março de 2016, foi anunciado oficialmente que Conroy e Hamill iriam reprisar seus papéis como Batman e Coringa no filme, respectivamente, ao lado de Tara Strong voltando com a voz de Barbara Gordon e Ray Wise dublando o Comissário Gordon. O restante do elenco de voz foi revelado no lançamento digital do filme da Apple iTunes.

Em janeiro de 2016, Timm revelou que o filme será exibido na San Diego Comic-Con, em julho. Ele acrescentou que a equipe teve que "acrescentar muito mais história" para o filme devido à duração não ser tempo suficiente para fazer um filme de longa-metragem. Em fevereiro de 2016, o artista conceitual Phil Bourassa revelou que, em 2009, Timm foi programado para produzir uma versão de classificação R-Rated de Piada Mortal, mas o desenvolvimento do filme foi parado depois de duas semanas devido ao baixo desempenho de Watchmen, ao mesmo tempo, mostrando a arte conceitual do Coringa. Em abril, a Warner Home Video confirmou que A Piada Mortal será o primeiro filme da DC Universe Animated Original Movies e o primeiro filme animado do Batman a receber uma classificação R da MPAA, com a Warner Bros. Animation e o presidente da Warner Digital Series, Sam Register, explicando que, "desde o início da produção, nós incentivamos o produtor Bruce Timm e nossa equipe da Warner Bros. Animation a permanecerem fiéis à história original - independentemente da eventual classificação da MPAA. Nós sentimos que era nossa responsabilidade apresentar para o nosso público principal - a comunidade dos quadrinhos - um filme de animação que representasse autenticamente a história que eles conhecem muito bem."

Referências

Ligações ExternasEditar