Abrir menu principal

Battleground (2015)

Battleground (2015)
Poster Battleground 2015.jpg
Poster promocional do evento apresentando Seth Rollins com o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE (esquerda) e Brock Lesnar (direita).
Música(s)-
tema
"Heavy" por The Glorious Sons
Detalhes
Promoção WWE
Data 19 de julho de 2015
Assistência 11.000[1]
Local Scottrade Center
Cidade Estados Unidos St. Louis, Missouri
Cronologia dos pay-per-views
Money in the Bank (2015) Battleground (2015) SummerSlam (2015)
Cronologia de eventos do WWE Network
The Beast in the East Battleground (2015) NXT TakeOver: Brooklyn
Cronologia do Battleground
Battleground (2014) Battleground (2015) Battleground (2016)

Battleground (2015) foi um evento de luta livre profissional produzido pela WWE e transmitido em formato pay-per-view e pelo WWE Network, que ocorreu em 19 de julho de 2015, no Scottrade Center na cidade de St. Louis, Missouri.[2][3] Este foi o terceiro evento da cronologia do Battleground, o sétimo pay-per-view de 2015 no calendário da WWE e o sexto a estar disponível gratuitamente para os novos assinantes do WWE Network, cujo assinatura foi livre durante todo o mês de julho.[4]

Antes do eventoEditar

ProduçãoEditar

Em dezembro de 2014, a WWE anunciou que o Battleground de 2015 aconteceria no dia 19 de julho no Scottrade Center, em St. Louis, Missouri.[5] Os ingressos foram colocados à venda em 6 de abril de 2015 através do Ticketmaster, com preços variando de US$ 25 à US$ 450.[6] Este foi o terceiro Battleground anual e sétimo pay-per-view dos treze realizados pela WWE em 2015.[2] Em 1 de julho de 2015, também foi anunciado que o WWE Network seria gratuito neste mês para todos os novos assinantes, incluindo o evento.[4]

RivalidadesEditar

Battleground teve combates de luta profissional de diferentes lutadores com rivalidades e histórias pré-determinadas, que se desenvolveram no Raw, SmackDown e Main Event — programas de televisão da WWE, tal como nos programas transmitidos pela internet - Superstars e NXT. Os lutadores interpretaram um vilão ou um mocinho seguindo uma série de eventos para gerar tensão, culminando em várias lutas.[7][8]

 
Brock Lesnar (foto) foi escolhido por Triple H como o oponente de Seth Rollins pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE no Battleground.

No evento principal do WrestleMania 31 em 29 de março de 2015, Brock Lesnar defendia o seu Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE contra Roman Reigns. No final daquela luta, enquanto os dois estavam caídos, Seth Rollins apareceu e descontou o seu contrato do Money in the Bank, que lhe dava direito a uma chance pelo título mundial da WWE a qualquer momento. Rollins conseguiu aplicar seu movimento de finalização Curb Stomp em Reigns e assim venceu o campeonato.[9] Na noite seguinte, no Raw, Lesnar exigiu sua revanche para aquele dia, porém Rollins se recusou a lutar contra ele. Lesnar se revoltou com a situação acabou por atacar um cinegrafista e o comentarista Michael Cole com seu principal golpe, o F5. Stephanie McMahon, uma figura de autoridade na WWE, suspendeu Lesnar por tempo indeterminado em retaliação ao ocorrido.[10] Nos meses seguintes, Rollins passou a defender com sucesso o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados com a ajuda de seus "seguranças" Jamie Noble e Joey Mercury, além de Kane.[11][12][13] Todavia, no Money in the Bank, ele recusou qualquer ajuda e mais uma vez manteve o título, desta vez contra Dean Ambrose.[14] No Raw posterior a esse evento, em 15 de junho, Triple H e Stephanie McMahon duvidaram da capacidade de Rollins de se assegurar como campeão sozinho. Ele, porém, afirmou que poderia derrotar qualquer lutador e assim, Triple H revelou que seu oponente no Battleground seria Brock Lesnar.[15]

Conhecendo seu novo oponente, no Raw de 22 de junho, Rollins, que anteriormente havia insultado Noble, Mercury e Kane, se desculpou pelos seus atos e pediu que eles o ajudassem novamente. Os três aceitaram o reconciliamento e com Rollins, realizaram um ataque a Lesnar, que não conseguiu reagir.[16] Como recompensa, na semana seguinte, Noble e Mercury ganharam um Cadillac CTS e Kane uma viagem ao Havaí.[17] Todavia, nos shows seguintes, Lesnar atacou e lesionou todos os ajudantes de Rollins, destruindo ainda o Cadillac com duas picaretas.[18][19]

 
Após ser desafiado por Kevin Owens, John Cena aceitou defender o seu Campeonato dos Estados Unidos contra ele no Battleground.

Durante o desafio aberto pelo Campeonato dos Estados Unidos de John Cena no Raw de 18 de maio, o campeão do NXT, Kevin Owens, fez sua estreia no plantel principal da empresa,[Nota 1] criticando Cena e o título americano, afirmando que ele e o seu campeonato eram melhores, e então o atacou na sequência, pisando ainda sobre o cinturão dos Estados Unidos.[20] Uma luta entre ambos ocorreu no Elimination Chamber, onde Owens ganhou.[13] Eles voltaram a se enfrentar no Money in the Bank, e desta vez, Cena obteve a vitória; após o combate, este último tentou cumprimentar Owens em sinal de respeito, mas ele o atacou com seu movimento de finalização, o Pop-up Powerbomb, lesionando-o.[14] Na noite seguinte, no Raw de 15 de junho, Owens desafiou Cena para uma luta pelo Campeonato dos Estados Unidos no Battleground, que ele veio a aceitar na semana posterior.[15][16][Nota 2]

No Raw de 1 de junho, Triple H obrigou Roman Reigns a competir contra três oponentes diferentes naquele programa afim de que se ele vencesse todos, poderia competir na luta Money in the Bank durante o evento homônimo.[Nota 3] Após derrotar King Barrett e Mark Henry, o último desafio de Reigns foi contra Bray Wyatt, que também foi derrotado, garantindo assim a sua participação no Money in the Bank.[23] Todavia, durante a luta neste, enquanto Reigns estava prestes a vencer, Wyatt o atacou, aplicando seu movimento de finalização Sister Abigail, custando-lhe deste modo o combate, cujo foi vencido por Sheamus na sequência.[14] Mais tarde, ainda durante o evento, foi confirmado um confronto entre Reigns e Wyatt para o Battleground.[14]

Em rivalidades menores, foi anunciado no Raw de 22 de junho que a New Day (dupla formada por Big E e Kofi Kingston) invocaria sua cláusula de revanche pelo Campeonato de Duplas contra os Prime Time Players (Darren Young e Titus O'Neil) no Battleground após perderem o título no Money in the Bank.[24] No Raw de 13 de julho, foi decidido que Randy Orton enfrentaria Sheamus e King Barrett lutaria contra R-Truth no pré-show do evento, onde a coroa do torneio King of the Ring vencido por Barrett estaria em jogo.[19][Nota 4] Ryback também estava escalado para defender o Campeonato Intercontinental contra Big Show e The Miz, mas a luta foi cancelada após ele se lesionar.[26][27]

ResultadosEditar

Resultados Estipulações Tempo[29]
Pré-
show
King Barrett derrotou R-Truth Luta individual pela coroa de "King of the Ring" de Barrett[30] 9:15[28]
1 Randy Orton derrotou Sheamus Luta individual[31] 16:54
2 The Prime Time Players (Darren Young e Titus O'Neil) (c) derrotou The New Day (Big E e Kofi Kingston) (com Xavier Woods) Luta de duplas pelo Campeonato de Duplas da WWE[32] 8:50
3 Bray Wyatt derrotou Roman Reigns Luta individual[33] 22:05
4 Charlotte (com Becky Lynch e Paige) derrotou Brie Bella (com Alicia Fox e Nikki Bella) e Sasha Banks (com Naomi e Tamina) por submissão Luta triple threat 11:30
5 John Cena (c) derrotou Kevin Owens por submissão Luta individual pelo Campeonato dos Estados Unidos da WWE[34] 22:11
6 Seth Rollins (c) contra Brock Lesnar (com Paul Heyman) acabou sem vencedor Luta individual pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE[35] 9:00
(c) – Refere-se aos campeões antes da luta.

Ver tambémEditar

Notas

  1. Owens até então fazia parte do território de desenvolvimento da WWE, o WWE NXT.
  2. Owens perdeu o Campeonato do NXT para Finn Bálor em 4 de julho no The Beast in the East.[21]
  3. O combate Money in the Bank é com combate envolvendo escadas, onde a maneira de vencer é pegando uma maleta suspensa à 20 pés do ringue. A maleta contém um contrato que garante ao vencedor uma luta pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE a qualquer momento durante o prazo de um ano.[22] Os competidores da edição de 2015 foram Dolph Ziggler, Kane, Kofi Kingston, Neville, Sheamus, Randy Orton e Roman Reigns.[14]
  4. Barrett venceu o torneio King of the Ring em 28 de abril de 2015.[25] Dois meses depois, após ser eliminado de uma luta Elimination Chamber pelo Campeonato Intercontinental por R-Truth, este começou a zomba-lo pelo feito, chegando ao ponto de roubar sua coroa e manto.[13][15]

Referências

  1. Namako, Jason (23 de julho de 2015). «WWE ATTENDANCE (7/17-7/20, BATTLEGROUND, TV TAPINGS)» (em inglês). Wrestle View. Consultado em 5 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2015 
  2. a b Johnson, Mike (7 de janeiro de 2015). «COMPLETE 2015 WWE PPV SCHEDULE» (em inglês). PW Insider. Consultado em 2 de junho de 2015. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2015 
  3. «Get WWE Battleground tickets now» (em inglês). WWE. 6 de abril de 2015. Consultado em 15 de junho de 2015. Cópia arquivada em 13 de abril de 2015 
  4. a b Namako, Jason (1 de julho de 2015). «WWE NETWORK FREE TO NEW SUBSCRIBERS AGAIN IN JULY» (em inglês). Wrestle View. Consultado em 4 de julho de 2015 
  5. «WWE:Check out when the big events are being shown on Sky Sports Box Office» (em inglês). Sky Sports. Consultado em 20 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2015 
  6. «WWE Battleground Tickets» (em inglês). Ticketmaster. Consultado em 15 de junho de 2015. Cópia arquivada em 15 de junho de 2015 
  7. Grabianowski, Ed. «How Pro Wrestling Works». HowStuffWorks. Discovery Communications. Consultado em 5 de março de 2012. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2013 
  8. «Live & Televised Entertainment» (em inglês). WWE. Consultado em 21 de março de 2012. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2013 
  9. Caldwell, James (29 de março de 2015). «CALDWELL'S WM31 PPV RESULTS 3/29: Ongoing "virtual-time" coverage of WWE World Title match, Taker's return, Sting vs. Triple H, Cena vs. Rusev, more big matches» (em inglês). PW Torch. Consultado em 29 de março de 2015 
  10. Caldwell, James (30 de março de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 3/30: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - WM31 fall-out, Lesnar seeks & destroys, WWE Title match teased, Sting on WWE Network» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de junho de 2015 
  11. Caldwell, James (26 de abril de 2015). «CALDWELL'S EXTREME RULES PPV REPORT 4/26: Ongoing "virtual-time" coverage of live PPV - Rollins vs. Orton steel cage, Cena vs. Rusev, Last Man Standing, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 26 de abril de 2015 
  12. Caldwell, James (17 de maio de 2015). «CALDWELL'S PAYBACK PPV REPORT 5/17: Ongoing "virtual-time" coverage of four-way WWE World Title match, I Quit, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 17 de maio de 2015 
  13. a b c Caldwell, James (31 de maio de 2015). «CALDWELL'S WWE E. CHAMBER PPV REPORT 5/31: Ongoing "virtual-time" coverage of WWE Title match, Cena vs. Owens, two Elimination Chamber matches, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 31 de maio de 2015 
  14. a b c d e Caldwell, James (14 de junho de 2015). «CALDWELL'S WWE MITB PPV RESULTS 6/14: Ongoing "virtual-time" coverage of Dusty Rhodes 10-bell salute, WWE Title match, MITB match, Cena vs. Owens II, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 14 de junho de 2015 
  15. a b c Caldwell, James (15 de junho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 6/15: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - MITB fall-out, Brock Lesnar returns, Owens powerbombs musical act, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de junho de 2015 
  16. a b Caldwell, James (22 de junho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 6/22: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - WWE book-ends Raw with "apologies," Brock Lesnar appears, John Cena returns, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 24 de junho de 2015 
  17. Caldwell, James (29 de junho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 6/29: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - The Shield trio in big tag match, Cena's U.S. Title Open Challenge, Dolph/Lana, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 16 de julho de 2015 
  18. Caldwell, James (6 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 7/6: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Brock Smash returns, Cena vs. Cesaro goes 30 minutes, Battleground hype, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 16 de julho de 2015 
  19. a b Caldwell, James (13 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 7/13: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Brock-Seth contract signing, Cena's Open Challenge, final PPV hype, major Divas Reset» (em inglês). PW Torch. Consultado em 16 de julho de 2015 
  20. Caldwell, James (18 de maio de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 5/18: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Payback PPV fall-out, two title matches, packed show includes major Lana-Rusev developments and NXT champ debuting, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 2 de junho de 2015 
  21. Caldwell, James (4 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE NETWORK SPECIAL REPORT 7/4: Complete "virtual-time" coverage of "Beast in the East" - Lesnar's in-ring return, Owens vs. Balor for NXT Title, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 16 de julho de 2015 
  22. Shields, Brian; Sullivan, Kevin (2009). WWE: History of WrestleMania (em inglês). [S.l.: s.n.] p. 59 
  23. Caldwell, James (1 de junho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 6/1: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Chamber fall-out, Ambrose's deadline, Divas Title match, Reigns wrestles three times» (em inglês). PW Torch. Consultado em 2 de junho de 2015 
  24. Caldwell, James (22 de junho de 2015). «WWE NEWS: Three title matches added to Battleground PPV» (em inglês). PW Torch. Consultado em 2 de junho de 2015 
  25. Caldwell, James (28 de abril de 2015). «CALDWELL'S WWE KOTR SPECIAL REPORT 4/28: Complete "virtual-time coverage" of King of the Ring finals on WWE Network» (em inglês). PW Torch. Consultado em 3 de maio de 2015 
  26. «Ryback sustains injury at Raw» (em inglês). WWE. 15 de julho de 2015. Consultado em 16 de julho de 2015 
  27. Caldwell, James (15 de julho de 2015). «WWE NEWS: IC Champ hospitalized with "severe" staph infection, pulled from Battleground PPV title defense» (em inglês). PW Torch. Consultado em 16 de julho de 2015 
  28. Caldwell, James (19 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE BATTLEGROUND REPORT 7/19 (Pre-Show): Complete "virtual-time" coverage of Barrett vs. Truth, announcements, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de julho de 2015 
  29. Caldwell, James (19 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE BATTLEGROUND PPV REPORT 7/19: Ongoing "virtual-time" coverage of live PPV - Rollins vs. Lesnar, Cena vs. Owens III, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de julho de 2015 
  30. Summerville, James (13 de julho de 2015). «R-Truth vs. King Barrett» (em inglês). WWE. Consultado em 14 de julho de 2015 
  31. Pappola, Ryan (13 de julho de 2015). «Randy Orton vs. Sheamus» (em inglês). WWE. Consultado em 14 de julho de 2015 
  32. Melok, Bobby (22 de junho de 2015). «WWE Tag Team Champions The Prime Time Players vs. The New Day» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de junho de 2015 
  33. Clapp, John (14 de junho de 2015). «Roman Reigns vs. Bray Wyatt» (em inglês). WWE. Consultado em 15 de junho de 2015 
  34. Passantino, Joe (22 de junho de 2015). «United States Champion John Cena vs. Kevin Owens - United States Championship Match» (em inglês). WWE. Consultado em 24 de junho de 2015 
  35. Pappolla, Ryan (15 de junho de 2015). «Seth Rollins vs. Brock Lesnar - WWE World Heavyweight Championship Match» (em inglês). WWE. Consultado em 18 de junho de 2015 

Ligações externasEditar