Bécassine
Revistinhas em quadrinhos
Imagem ilustrativa padrão; esse artigo não possui imagem.
País de origem  França
Língua de origem francês
Editora(s) La Semaine de Suzette
Primeira edição 2 de Fevereiro de 1905
Lançada em 1905
Terminou em 2001 (96 anos)
Público alvo Crianças
Primeira publicação La Semaine de Suzette
Género comédia
Autor(es) Caumery
Argumento Jacqueline Rivière
Desenho Joseph Pinchon (1905-1953)
Jean Trubert (1953-2001)
Colorista(s) Preto e Branco ou Colorido
Personagens principais Bécassine e crianças
Local da acção Paris

Bécassine é uma tira de quadrinhos francesa, que teve sua primeira edição em 2 de fevereiro de 1905 de La Semaine de Suzette. Ela é considerada a primeira protagonista feminina das histórias em quadrinhos.

HistóriaEditar

Inicialmente feita como filler para uma página em branco, a primeira historia de Bécassine foi escrita por Jacqueline Rivière e desenhada por Joseph Pinchon, Becassine fez um grande sucesso na França. Só em 1913, Bécassine se tornou a heroína das histórias estruturadas.

Entre 1913 e 1950, Becassine teve 27 volumes. Pinchon fez 25 volumes, e os 2 foi feito por Edouard Zier. Após a morte de Pinchom em 1953, a série continuou com outros artistas, como Jean Trubert.

Após um declínio na popularidade, Bécassine recuperou destaque devido o hit single "Bécassine, c'est ma cousine" (Becaasine, ela é minha prima) por Chantal Goya, que vendeu mais de três milhões de cópias em 1979.

Em 2001, foi lançado um filme de animação, Bécassine, le Trésor viking. Sendo que em 1939 foi transformada em filme, dirigido por Pierre Caron, com uma história de Jean Nohain e René Pujol, e estrelado por Paulette Dubost como Bécassine.

Em abril de 2005, o correio francês emitiu um selo retratando Bécassine pelo seu centenário.

Exibição no BrasilEditar

O filme de animação de 2001 foi foi exibido no Brasil pelo Canal Futura e posteriormente pela TV Cultura sob o título de "Bécassine, A Babá dos Sonhos". Não se conhece a dubladora da personagem.

Sobre a personagemEditar

O personagem Bécassine é uma jovem empregada doméstica da Bretanha, geralmente retratada vestindo um vestido verde com rendas, coifa e tamancos, pastiche do traje tradicional camponês bretão. Ela diz ser originária de Finisterra, a área mais associada com a cultura tradicional da Bretanha. No entanto, sua roupa tem elementos não-bretões, que lembram o traje local de Picardia. Ela é geralmente retratada sem boca.

Vista como um estereótipo e remanescente do desprezo com que os bretões eram vistos, ela é uma garota provinciana típica, como vista pelas pessoas mais refinadas da cidade de Paris, público-alvo da revista para jovens meninas La Semaine de Suzette. Mas ao longo das histórias, e juntamente com o sucesso que ela conquistou, ela foi representada cada vez mais favoravelmente. "Bécassine" é um apelido, derivado da palavra francesa para um número de aves da família das narcejas , que também é usado como uma forma de dizer "idiota" em francês.

VolumesEditar

Volume Ano Título Remarks
1 1913 L'enfance de Bécassine Published by Gautier
2 1916 Bécassine pendant la guerre Published by Gautier
3 1917 Bécassine chez les Alliés Drawn by E. Zier, published by Gautier
4 1918 Bécassine mobilisée Drawn by E. Zier
5 1919 Bécassine en apprentissage
6 1919 Bécassine chez les Turcs
7 1920 Les Cent Métiers de Bécassine
8 1921 Bécassine voyage
9 1922 Bécassine nourrice
10 1923 Bécassine alpiniste
11 1924 Les Bonnes Idées de Bécassine
12 1925 Bécassine au pays basque
13 1926 Bécassine, son oncle et leurs amis
14 1927 L'Automobile de Bécassine
15 1929 Bécassine au pensionnat
16 1930 Bécassine en aeroplane
17 1931 Bécassine fait du scoutisme
18 1932 Bécassine aux bains de mer
19 1933 Bécassine dans la neige
20 1934 Bécassine prend des pensionnaires
21 1935 Bécassine a Clocher-les-Bécasses
22 1936 Bécassine en croisière
23 1937 Bécassine cherche un emploi
24 1938 Les Mésaventures de Bécassine
25 1939 Bécassine en roulotte
26 1992 Bécassine au studio Only published then because the outbreak of the Second World War
1921 Alphabet de Bécassine Also published as Bécassine maîtresse d'école: published out of the main series
1927 Les Chansons de Bécassine Published outside the main series
1 1959 Bécassine revient New series, drawn by Trubert, written by Camille François
2 1961 L'Alphabet de Bécassine Drawn by Trubert, written by Vaubant
3 1962 Bécassine mène l'enquête Drawn by Trubert, written by Vaubant

BibliografiaEditar

  • Anne Martin-Fugier, La Place des bonnes : la domesticité féminine à Paris en 1900, Grasset, 1979 (reprinted 1985, 1998, 2004).
  • Bernard Lehambre, Bécassine, une légende du siècle, Gautier-Languereau/Hachette Jeunesse, 2005.
  • Yves-Marie Labé, « Bécassine débarque », in Le Monde, August 28, 2005.
  • Yann Le Meur, « Bécassine, le racisme ordinaire du bien-pensant », in Hopla, #21 (November 2005- February 2006).

Ligações ExternasEditar

  • Site about Joseph Pinchon (em inglê)
  • Bécassine stamp (em inglês e francês)
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.