Beechcraft Bonanza

Beechcraft Bonanza
Avião
Beechcraft Bonanza - Aeronave robusta e econômica, com manutenção simples e barata
Descrição
Tipo / Missão Avião executivo
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Beechcraft
Período de produção 1947-presente
Quantidade produzida 17000
Custo unitário US$ 700.000,00 (2006)
Primeiro voo em 22 de dezembro de 1945 (74 anos)
Introduzido em 1947
Tripulação 1
Passageiros 5
Especificações
Dimensões
Comprimento 8,38 m (27,5 ft)
Envergadura 10,21 m (33,5 ft)
Altura 2,62 m (8,60 ft)
Peso(s)
Peso vazio 1 142 kg (2 520 lb)
Peso máx. de decolagem 1 656 kg (3 650 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 motor a pistão Continental IO-550-B
Potência (por motor) 300 hp (224 kW)
Performance
Velocidade de cruzeiro 326 km/h (176 kn)
Alcance (MTOW) 1 200 km (746 mi)
Teto máximo 5 600 m (18 400 ft)
Razão de subida 6.2 m/s
Notas
Dados da Wikipédia anglófona - Bonanza G36 (2011)

O Beechcraft Bonanza A-36 é uma aeronave monomotor executiva a pistão de pequeno porte, com capacidade para transportar com razoável conforto um piloto e cinco passageiros em viagens domésticas, lançada na década de 1970 e fabricada nos Estados Unidos pela então Beech Aircraft Company, atualmente Beechcraft Corporation, de propriedade da holding americana Textron Company.[1][2]

Anteriormente, a versão alongada do modelo Bonanza era vendida como A-36 pela Beech Aircraft Company, que utilizou como base o projeto de grande sucesso de monomotor a pistão denominado Bonanza 35, aeronave menor e mais leve, e na década de 2000 a versão alongada A-36 foi modernizada e renomeada para Beechcraft Bonanza G-36 pela fabricante Hawker Beechcraft Corporation, que passou a disponibilizar o modelo G-36 com o moderno sistema de navegação EFIS (Electronic Flight Instrument System), composto pelas telas PFD (primária) e MFD (multifuncional).[3][4][5]

O Beechcraft Bonanza é uma das mais conhecidas aeronaves civis da história da aviação, e é um dos mais respeitados projetos de monomotores a pistão para uso executivo, com manutenção simples e fácil de pilotar.

DesenvolvimentoEditar

O pequeno e elegante Bonanza 35 nasceu em 1947 , tendo como principal entusiasta o próprio Walter Beech, na época o proprietário da marca. O derivado alongado e melhorado do Bonanza 35, chamado Bonanza 36, ainda continua a ser produzido em Wichita no Kansas, nos Estados Unidos, mas agora sob a nova denominação Bonanza G-36, como avião executivo, ou avião de turismo e passeio.

Na verdade, a forma geral da aeronave pouco evoluiu, mesmo que a graciosa empenagem em V (borboleta) tenha sido substituída com êxito por empenagem convencional. Além disso, aumentou-se a potência, para atingir os 285 hp ou 300 hp, e a capacidade passou para seis lugares, incluindo o piloto.

O sistema elétrico de 24 volts foi implantado nos modelos Bonanza a partir da década de 1980, viabilizando a instalação de quantidade maior de aviônicos de navegação, em relação aos modelos anteriores.

Com mais de 17 mil exemplares construídos, considerando todas as versões do Beech Bonanza, é um dos monomotores com trem de pouso retrátil de produção mais elevada em toda a história da aviação. A robustez dessa aeronave continua a ser lendária, assim como a facilidade de pilotagem e o bom acabamento.

No BrasilEditar

Apesar de não possuir uma cabine tão larga como o concorrente Piper Saratoga (que chegou a ser montado no Brasil pela Embraer / Neiva, com o nome Sertanejo), pode transportar com razoável conforto os passageiros em voos de curta e média distâncias.

Pela robustez e resistência características do projeto e pela capacidade de pousar e decolar em pistas de pouso sem pavimentação, foi escolhido por muitos agropecuaristas brasileiros como o meio de transporte para visitas às suas fazendas e também por muitos empresários e executivos para visitas às filiais de empresas, fornecedores e revendedores.

CuriosidadesEditar

De 6 a 8 de Maio de 1949, para dar a conhecer a aeronave, um Bonanza baptizado de Waikiki Beach, o quarto avião da série, ligou Honolulu a Teterboro, em Nova Jérsei, depois de um voo de 36 horas, com cerca de 8 000 quilómetros percorridos.

É também conhecido como Doctor's Killer devido ao fato de muitos doutores (médicos) americanos ligados à aviação o utilizarem sem a necessária experiência.

Ficha técnicaEditar


Bonanza A-36 / G-36

  • Pista de pouso: Aprox. 1.000 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Capacidade: 1 piloto e 5 passageiros;
  • Motorização (potência): Continental IO 550 aspirado (300 hp);
  • Motorização (potência): Continental IO 520 aspirado (285 hp);
  • Teto de serviço: 5.000 metros;
  • Velocidade de Cruzeiro: Aprox. 300 km/h;
  • Consumo médio (AVGAS): Aprox. 65 litros / hora (lotado / 75% potência);
  • Consumo médio (AVGAS): Aprox. 0,05 litro / passageiro / km voado;
  • Alcance: Aprox. 1.200 quilômetros (lotado / 75% potência / com reservas);
  • Comprimento: Aprox. 8,4 metros;
  • Peso máximo decolagem: Aprox. 1.656 kg;
  • Preço (A-36): Aprox. US$ 310 mil (usado / bom estado de conservação);

Referências

  1. «Bonanza G-36». Beechcraft. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  2. «Bonanza G-36». Líder Aviação. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  3. «4.000 G-36´s entregues (em inglês)». Flying Magazine. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  4. «Beechcraft entrega 4.000 G-36». Aero Magazine. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  5. «Beechcraft entrega Bonanza nº 4.000». Revista Flap Internacional. Consultado em 30 de setembro de 2014 

Principais concorrentesEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar