Being There

filme de 1979 dirigido por Hal Ashby

Being There (prt: Bem-Vindo Mister Chance[2], ou Bem-Vindo Mr. Chance[3][4]; bra: Muito Além do Jardim[5][6][7][8]) é um filme teuto-estadunidense de 1979, do gênero comédia dramática, dirigido por Hal Ashby, com roteiro de Jerzy Kosinski baseado em seu romance Being There.[1]

Being There
Cartaz promocional
No Brasil Muito Além do Jardim
Em Portugal
  • Bem-Vindo Mister Chance
  • Bem-Vindo Mr. Chance

1979 •  cor •  120 min 
Direção Hal Ashby
Produção Andrew Braunsberg
Roteiro Jerzy Kosinski
Baseado em Being There, de
Jerzy Kosinski
Elenco
Género comédia dramática
Cinematografia Caleb Deschanel
Direção de arte
  • Michael Haller
  • James Schoppe
Figurino May Routh
Edição Don Zimmerman
Companhia(s) produtora(s) Lorimar Film und Fernsehproduktion GmbH

Northstar International

Idioma

SinopseEditar

Chance é um homem ingênuo, que trabalhou a vida toda como jardineiro e que tem na televisão o único contato com o mundo. Ele não sabe ler e nem escrever, não tem carteira de identidade e nunca andou em um automóvel. Quando seu patrão morre, Chance é obrigado a deixar a casa e é atropelado pelo carro de um magnata, que acaba se tornando seu amigo. A partir daí, tudo o que Chance fala, e até mesmo quando ele se cala, passa a ser interpretado como algo genial.[7]

ElencoEditar

Prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
Globo de Ouro 1980 Melhor atriz - comédia ou musical Shelley Winters Indicada[9]
Melhor ator - comédia ou musical Peter Sellers Venceu[9]
Melhor ator coadjuvante Melvyn Douglas Venceu[9]
Melhor filme - comédia ou musical Andrew Braunsberg (prod.) Indicado[9]
Melhor direção Hal Ashby Indicado[9]
Melhor roteiro Jerzy Kosinski Indicado[9]
Oscar 1980 Melhor ator Peter Sellers Indicado[10]
Melhor ator coadjuvante Melvyn Douglas Venceu[10]
BAFTA 1981 Melhor filme Andrew Braunsberg (prod.) Indicado[11]
Melhor atriz Shelley Winters Indicada[11]
Melhor ator Peter Sellers Indicado[11]
Melhor roteiro adaptado Jerzy Kosinski Venceu[11]

RecepçãoEditar

Para o crítico brasileiro Rubens Ewald Filho, esse é o melhor papel da carreira de Sellers,[5] opinião partilhada pelo Guia de Vídeo e DVD 2002, da Nova Cultural, organizado pelo cineasta brasileiro Alfredo Sternheim.[6]

Referências

  1. a b c «Being There (1979)». American Film Institute. Consultado em 3 de maio de 2021 
  2. «Bem-Vindo Mister Chance». Portugal: CineCartaz. Consultado em 3 de maio de 2021 
  3. «Bem-Vindo Mr. Chance». RTP. Consultado em 3 de maio de 2021 
  4. «Bem-Vindo Mr. Chance». Portugal: DVDPT. Consultado em 3 de maio de 2021 
  5. a b EWALD FILHO, Rubens (2001). Guia de filmes DVD News. São Paulo: NBO Editora. p. 239. 418 páginas. ISBN 8588772019 
  6. a b STERNHEIM, Alfredo (ed.) (2002). Guia de vídeo e DVD 2002. São Paulo: Nova Cultural. p. 449. 962 páginas. ISBN 8513011185 
  7. a b «Muito Além do Jardim». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 3 de maio de 2021 
  8. «Muito Além do Jardim». Brasil: CinePlayers. Consultado em 3 de maio de 2021 
  9. a b c d e f «Being There». GoldenGlobes.com. Consultado em 3 de maio de 2021 
  10. a b «The 52nd Academy Awards | 1980». Oscars.org. Consultado em 3 de maio de 2021 
  11. a b c d «BAFTA|Film in 1981». BAFTA Awards Database. Consultado em 3 de maio de 2021 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

´