Abrir menu principal
Bell 212 Twin Huey
Helicóptero
Descrição
Tipo / Missão Helicóptero utilitário multipropósito
País de origem  Estados Unidos
 Canadá
Fabricante Bell Helicopter Textron
Período de produção 1968-1998
Desenvolvido de Bell 204/205
Primeiro voo em 1968 (51 anos)
Introduzido em 1969
Variantes Bell 412
UH-1N Twin Huey
Tripulação 1/2
Passageiros 14
Especificações
Dimensões
Comprimento 17,43 m (57,2 ft)
Altura 3,83 m (12,6 ft)
Área do(s) rotor(es) 168,3  (1 810 ft²)
Diâmetro do(s) rotor(es) 14,64 m (48,0 ft)
Peso(s)
Peso vazio 2,961 kg (6,53 lb)
Peso máx. de decolagem 5,080 kg (11,2 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 × Pratt & Whitney Canada PT6T-3
Potência (por motor) 1,800 hp (1,34 kW)
Performance
Velocidade máxima 223 km/h (120 kn)
Velocidade de cruzeiro 186 km/h (100 kn)
Alcance (MTOW) 439 km (273 mi)
Teto máximo 5,305 m (17,4 ft)

O Bell 212 Twin Huey é um helicóptero médio bimotor produzido pela Bell Helicopter.[1][2]

O 212 é comercializado para operadores civis e tem uma configuração de quinze assentos, com um piloto e quatorze passageiros. Na configuração da carga o 212 tem uma capacidade interna de 220 pés cúbicos (6,23 metros cúbicos) e uma carga externa de até 5,000 lb (2,268 kg).[3][4]

DesenvolvimentoEditar

Com base em uma fuselagem maior do Bell 205, o Bell 212 foi desenvolvido originalmente para as forças canadenses como o CUH-1N e, mais tarde, redesignado como o CH-135. As forças canadenses receberam 50 unidades a partir de maio de 1971. Ao mesmo tempo, as Forças Armadas dos Estados Unidos ordenaram 294 unidades sob a designação de UH-1N.[5]

Em 1971 o 212 foi desenvolvido para aplicações comerciais. Entre os primeiros utilizadores do 212 na aviação civil está a CHC Helicopter da Noruega, que utilizou o 212 para ser utilizado como apoio à plataformas de petróleo.

Operadores governamentaisEditar

Referências