Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Benny Ziffer
Nascimento 1953 (66 anos)
Tel Aviv
Cidadania Israel
Cônjuge Irit Ziffer
Alma mater Universidade de Tel Aviv
Ocupação poeta, jornalista, autor, tradutor, escritor

Benny Ziffer (em hebraico: בני ציפר, Tel Aviv, Israel, 1953) é um dos escritores e tradutores mais controversos da literatura israelense contemporânea. É casado com a arqueóloga israelense Irit Ziffer.

Publicou 3 romances: "A Marcha Turca" (1995), "Ziffer e Parecidos" (1999) e "A assunção do editor literário" (2005).

Em seus romances trata do indivíduo Homossexual na sociedade israelense e da vida literária local. Nos seus livros também há muito crítica sobre o uso incorreto do hebraico e sobre a degradação da alta cultura que foi trazida pelos imigrantes judeus da Europa.

Benny Ziffer é também o editor literário do jornal Haaretz, bem como publicista que escreve comentários sobre a televisão israelense e a sua maneira de mostrar a vida contemporânea.

Ligações externasEditar

Página do jornal Haaretz

  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.