Abrir menu principal
Beretta Modello 12
Beretta M12.jpg

Beretta M12 (vista sem carregador)
Tipo Pistola-metralhadora
Local de origem Itália
História operacional
Em serviço 1961 - act.
Histórico de produção
Criador Domenico Salza
Data de criação 1959
Período de
produção
1959 - act.
Variantes M12, MT12, M12S e M12S-D
Especificações
Peso 3,48 kg (descarregada)
3,82 kg (carregada)
Comprimento 660 mm
Calibre 9 x 19 mm Parabellum
Cadência de tiro 550 tpm
Velocidade de saída 380 m/s
Alcance efetivo 200 m
Sistema de suprimento carregadores de 20, 30 ou 40 munições

A Beretta M12 é uma pistola-metralhadora concebida pelo engenheiro italiano Domenico Salza em 1959. Entrou em serviço no Exército Italiano a partir de 1961 para substituir as Berettas M38/42.

CaracterísticasEditar

A arma comporta uma carcaça cilíndrica que envolve o cano e a culatra. O selector de tiro situa-se à esquerda. É um dos poucos modelos de pistola-metralhadora que dispõe de dois punhos. Inicialmente a M12 dispunha de uma coronha de madeira, que foi logo substituída por uma metálica, dobrável sobre a carcaça. Dispõe de uma mira ajustável para 10/200 m.

O Modelo 12 pesa 3,48 kg vazio (cerca de 3,82 kg carregado) e tem 660 milímetros de comprimento com a coronha estendida (418 mm quando dobrada). Seu comprimento curto é alcançado pelo uso de um cano embutido na cabeça do ferrolho, conhecido como ferrolho telescópico. Isso reduz o comprimento sem reduzir o comprimento do cano ou o peso do ferrolho.[1]

A Beretta M12 foi exportada para diversos países da Europa, África e Ásia, onde equipa Forças Armadas e de Segurança. É fabricada sob licença no Brasil (variante denominada Taurus MT12) e na Indonésia. A Taurus MT12 é a pistola-metralhadora padrão da Força Aérea Brasileira e das Polícias Militares brasileiras bem como da Polícia de Segurança Pública em Portugal Também utilizada no Exército Brasileiro por Sargentos e por cabos e soldados nos batalhões de polícia do exército.[2][3][4]

VersõesEditar

Beretta M12: versão original produzida a partir de 1959;
Taurus MT12: versão brasileira da M12, fabricada pela Taurus com um cano ligeiramente mais longo;
Beretta M12S: versão aperfeiçoada da M12, dotada de um comando único de Selecção/Segurança, produzida a partir de 1978;
Beretta PM12S-2: versão da M12S desenvolvida para a polícia francesa, onde é conhecida por PM12-SD.

Referências

  1. Hogg, Ian; Weeks, John (2000). Military Small Arms of the 20th Century. Iola, Wisconsin: Krause Publications. p. 139. ISBN 0-87341-824-7 
  2. Gander, Jerry (2002). Jane's Infantry Weapons 2002–2003. [S.l.]: Jane's Information Group. pp. 214, 899–906. ISBN 0-7106-2434-4 
  3. «Archived copy». Consultado em 16 de setembro de 2008. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2007 
  4. Diez, Octavio (2000). Armament and Technology: Handguns. Lema Publications, S.L. ISBN 84-8463-013-7.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Beretta M12