O Beriev A-40 Albatros (conhecido também como Be-42 ou Mermaid) foi um avião anfíbio à jato projetado pela Beriev Aircraft Company para missões anti-submarino. Com o objetivo de substituir o Beriev Be-12 e o Ilyushin Il-38,[3] o projeto foi suspenso após apenas uma aeronave ser completamente fabricada, e o segundo protótipo com 70% já construído,[4] devido à queda da União Soviética.[5] Relatórios recentes sugerem que o projeto foi reativado e que um pedido foi feito pela Marinha Russa.

A-40 Albatros (Be-42)
Avião
Descrição
Tipo / Missão Hidroavião monoplano turbojato bimotor de guerra anti-submarina
País de origem  União Soviética
 Rússia
Fabricante Beriev
Quantidade produzida 2
Desenvolvido em Beriev Be-200
Primeiro voo em 8 de dezembro de 1986 (33 anos)[1]
Variantes
  • A-40M
  • A-40PM ou Be-40P
  • Be-40PT
  • A-42 ou Be-42
  • A-44
  • A-42PE
Tripulação 8
Especificações (Modelo: A-40)
Dimensões
Comprimento 43,84 m (144 ft)
Envergadura 41,62 m (137 ft)
Altura 11 m (36,1 ft)
Área das asas 200  (2 150 ft²)
Alongamento 8.7
Peso(s)
Peso máx. de decolagem 86 000 kg (190 000 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x turbojatos Soloviev D-30KPV turbofan 117,7 kN (26.455 lb) (motores principais) + 2 x Kolesov RD36-35 23 kN (5.180 lb) (auxiliares)
Performance
Velocidade máxima 800 km/h (432 kn)
Alcance (MTOW) 4 100 km (2 550 mi)
Teto máximo 9 700 m (31 800 ft)
Razão de subida 30 m/s
Armamentos
Mísseis A-40P ASW baia interna
  • 6 x mísseis guiados Korshun

A-40P ASW pilones sob as asas

Bombas A-40P ASW baia interna
  • Boias acústicas, cargas de profundidade e minas mais;
  • 3 x torpedos Orlan
Notas
Dados do alcance: Lambert 1993[2]

DesenvolvimentoEditar

O voo de estreia foi realizado sem planejamento; durante um teste de taxi em alta velocidade, a aeronave decolou e varou a pista, e a tripulação foi forçada a continuar a decolagem. O voo subsequente e o pouso ocorreram sem qualquer incidente, mas a tripulação foi rebaixada de seus postos, apesar de ter salvo a aeronave.

Em 5 de Setembro de 2008 o comandante da Aviação Naval Russa, Maj.Gen. Nikolai Kuklev, anunciou que o A-42 será adotado como uma aeronave de Busca e Salvamento e anti-submarino da Marinha Russa, e um contrato para mais quatro aeronaves para Busca e Salvamento foi acordado com a companhia, e as entregas iniciariam-se em 2010. Espera-se que todas as quatro aeronaves estejam em serviço até 2013. Um grande contrato para centenas de versões de reconhecimento e anti-submarino para substituir a frota de Be-12 e Il-38 ainda está em consideração.[6]

DesignEditar

 
Um Beriev A-40 em 1996

O A-40 é uma aeronave à jato com construção inteira metálica com os motores localizados acima da raiz da asa. Sua asa possui diedro negativo, e as bóias nas asas são instaladas em pequenas estruturas abaixo das pontas da asa.

Histórico OperacionalEditar

Entre 1989 e 1998, o Beriev A-40 bateu um incrível número de 140 recordes mundiais.[7]

VersõesEditar

A-40

Versão Inicial. Anfíbio anti-submarino. 1 protótipo concluído (o segundo ficou 70% completo).

A-40M

Melhoria projetada para a versão inicial, utilizando um novo sistema de busca e engajamento.[8]

A-40P

Inicialmente uma versão de combate à incêndios, capaz de despejar 25 toneladas de água e transportar uma equipe de bombeiros.[9] Mais tarde, a mesma designação foi usada para uma aeronave projetada para patrulha marítima em competição direta com o Tu-204P.[10]

A-40PM (também conhecido como Be-40P)

Versão civil projetada em 1994. Capaz de carregar 105 passageiros, uma versão para exportação com motores CFM também foi oferecida. Estes estudos levaram ao desenvolvimento do Beriev Be-200.[11]

Be-40PT

Versão projetada para transporte de cargas e passageiros, capaz de carregar 70 pessoas e 10 toneladas de carga.[11]

A-42 (também conhecido como Be-42)

Versão de Busca e Salvamento projetada para substituir o Beriev Be-12PS, em resposta ao desastre com o submarino soviético K-278 Komsomolets. A construção de um protótipo foi iniciada, mas suspensa em 1993. Alguns estudos recentes estão propondo uma versão conjunta A-42/44 para múltiplas tarefas, equipado com motores propfan Progress D-27.[12]

A-44

Versão de patrulha marítima projetada em conjunto com o A-42 antes que os projetos foram fundidos para uma aeronave multi-tarefas em 1993.[12]

A-42PE

Versão projetada para patrulha marítima e busca e salvamento para exportação. Motorizado com dois propfan Progress D-27.[13]

Especificações (A-40)Editar

Características GeraisEditar

  • Tripulação: 8
  • Comprimento: 43,84 m
  • Envergadura: 41,62 m
  • Altura: 11 m
  • Área da Asa: 200 m²
  • Peso Máximo de Decolagem (MTOW): 86.000 kg (189.630 lb)
  • Motorização: 2 x Soloviev D-30KPV
  • Tipo do Motor: turbofan
  • Potência: 117,7 kN (26.455 lbf)
  • Motores adicionais (Takeoff boosters): 2 x Kolesov RD36-35 turbojato, 23 kN (5.180 lbf) cada

PerformanceEditar

  • Velocidade Máxima: 800 km/h
  • Alcance: 4.100 km (2.212 nm)[2]
  • Distância de Decolagem (solo): 1.000 m (3.280 pés)
  • Distância de Decolagem (água): 2.000 m (6.560 pés)
  • Distância de Pouso (solo): 700 m (2,300 ft)
  • Distância de Pouso (água): 900 m (2,950 ft)
  • Altura máxima da onda: 2 m
  • Teto Operacional: 9.700 m (31.825 pés)[2]
  • Razão de subida: 30 m/s (5.900 ft/min)[2]

ArmamentoEditar

Referências[14]

Veja TambémEditar

Referências

  1. Apesar do primeiro voo ter-se realizado em 8 de Dezembro 1986, o primeiro voo oficial foi realizado no mês de Abril de 1987. (Ver seção "Desenvolvimento")
  2. a b c d Lambert 1993, pág. 256–257. Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "JAWA 93 p256-7" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  3. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 49.
  4. http://rusnavy.com/news/navy/index.php?ELEMENT_ID=10520
  5. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 66.
  6. RIA Novosti - Marinha Russa receberá 4 novos anfíbios até 2013
  7. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 63-66.
  8. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 66-67.
  9. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 69.
  10. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 67.
  11. a b Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 70.
  12. a b Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 70-73.
  13. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pág. 73-74.
  14. Gordon, Sal'nikov and Zablotskiy 2006, pp. 49, 58, 66, 67.

BibliografiaEditar

  • Lambert, Mark (1993). Jane's All The Worlds Aircraft 1993-94. Coudsdon, UK: Janes's Data Division. ISBN 0-7106-1066-1.
  • Yefim Gordon, Andrey Sal'nikov and Aleksandr Zabotskiy (2006) Beriev's Jet Flying Boats. Hinckley, UK: Midland Publishing. ISBN 1-85780-236-5
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Beriev A-40