Abrir menu principal

Berkeley Square

filme de 1933 dirigido por Frank Lloyd
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Berkeley Square
Romance Antigo (BRA)
 Estados Unidos
1933 •  p&b •  84 min 
Direção Frank Lloyd
Produção Jesse L. Lasky
Roteiro Sonya Levien<br<>ohn L. Balderston
Baseado em Berkeley Square (peça de teatro) de John L. Balderston
The Sense of the Past (romance) de Henry James
Elenco Leslie Howard
Heather Angel
Valerie Taylor
Gênero fantasia
Música Peter Brunelli
Louis De Francesco
J.S. Zamecnik
Direção de fotografia Ernest Palmer
Figurino William Lambert
Edição Harold D. Schuster
Companhia(s) produtora(s) Fox Film Corporation
Distribuição Fox Film Corporation
Lançamento Estados Unidos 15 de setembro de 1933
Idioma inglês

Berkeley Square (Romance Antigo BRA ) é um filme norte-americano de 1933, do gênero fantasia, dirigido por Frank Lloyd e estrelado por Leslie Howard e Heather Angel.

Índice

ProduçãoEditar

 
Cartão de visita de Domenico Negri, respeitado confeiteiro e sorveteiro italiano, muito ativo na Londres da segunda metade do século XVIII, época em que transcorre a ação do filme. Sua doceria, Pineapple, ficava exatamente na Berkely Square, praça construída em meados daquele século.

Considerado um dos melhores exemplares do gênero,[1] pelo menos de seu tempo,[2] Berkeley Square é baseado em peça de John L. Balderston, apresentada na Broadway entre novembro de 1929 e maio de 1930.[3] O próprio autor, com o auxílio de Sonya Levien, fez a adaptação para o cinema. O texto da peça, por sua vez, foi baseado em The Sense of the Past, romance inacabado de Henry James, dado à luz postumamente em 1917.

Leslie Howard, ao repetir seu papel na montagem teatral, transmite com perfeição a tristeza sentimental do protagonista.[1] Sua atuação, considerada por Ken Wlaschin a primeira das onze melhores de sua filmografia,[4] rendeu-lhe uma indicação ao Oscar.

SinopseEditar

Apaixonado pelo século XVIII, o cientista Peter Standish acidentalmente acaba transportado para a Londres de 1784. Ali, assume a identidade de um antepassado e cai de amores pela prima Helen. Os outros parentes acham que ele é uma espécie de feiticeiro, porque dá mostsra de conhecer o futuro muito bem. Desgostoso, Peter volta aos dias de hoje e descobre que a prima morreu nova e solteira. Entregue à solidão, ele espera reunir-se a ela, quando Deus quiser.

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Ator (Leslie Howard) Indicado
National Board of Review NBR Award Dez Melhores Filmes de 1933 Escolhido
Film Daily Dez Melhores Filmes de 1933 Escolhido
The New York Times Dez Melhores Filmes de 1933 Escolhido

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Leslie Howard Peter Standish
Heather Angel Helen Pettigrew
Valerie Taylor Kate Pettigrew
Irene Browne Lady Ann Pettigrew
Beryl Mercer Senhora Barwick
Colin Keith-Johnston Tom Pettigrew
Alan Mowbray Major Clinton
Juliette Compton Duquesa de Devonshire
Betty Lawford Marjorie Frant
Ferdinand Gottschalk Senhor Throstle
Samuel S. Hinds Embaixador
Olaf Hytten Sir Joshua Reynolds
David Torrence Lorde Stanley

Referências

  1. a b Gomes de Mattos, Antonio Carlos (1991). Hollywood Anos 30. Rio de Janeiro: EBAL 
  2. EDER, Bruce. «Berkeley Square». AllMovie. Consultado em 10 de abril de 2014 
  3. «Berkeley Square». IBDB. Consultado em 10 de abril de 2014 
  4. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar