Bermudo Nunes

Bermudo Nunes (em castelhano: Bermudo ou Vermudo Núñez; m. 955), foi um magnata do Reino de Leão e o primeiro conde de Cea. Aparece pela primeira vez documentado em 921, confirmando uma doação no Mosteiro de Sahagún, o que sugere que ele teria nascido no final do século IX.[1]

Bermudo Nunes
Conde de Cea
Cônjuges ● Argilo
● Velasquita
Descendência Ver Descendência
Morte 955
Pai ● Nuno Ordonhez, ou
● Nuno Velaz

Terá desempenhado um papel importante na Batalha de Simancas em 937. Depois dessa vitória das armas leonesas e em conjunto com o seu irmão Oveco Nunes, que depois viria a ser bispo de Leão, contribuiu para o repovoamento de Salamanca.[2]

AntepassadosEditar

A sua filiação nunca foi confirmada, embora existam varias hipotese. A medievalista Margarita Torres considera que foi filho do Infante Nuno Ordoñez, filho do rey Ordonho I e irmão do rei Afonso III. Esse facto explicaria, segundo a autora, a rápida ascensão desta linhagem, assim como a aproximação à casa real.[3]

Jaime de Salazar y Acha apresentou outra hipotese, segundo a qual foi filho de um Nuno Vélaz, possivelemente um dos filhos de Vela Jiménez, conde de Álava. Teria sido através dele que a linhagem dos Vela chegou às terras de Leão, o que explicaria também alguns nomes de origem basco nas gerações seguintes, como Vela e Oveco.[4]

Num documento com data de 28 de agosto de 945, Oveco Nunes, bispo de Leão, confirma umas doações realizadas pelo rei Ramiro II no Mosteiro de Sahagún, ratificando o documento os seus irmãos Vela, Soeiro, Munio, Bermudo e Nuno Nunes, assim como alguns filhos dos seus irmãos, entre os quais se encontrava Fernando Bermudes.[5] Também teve uma irmã chamada Gontrodo Nunes, esposa de Ansur Fernandes, conde em Monzón, pais da rainha Teresa Ansures, esposa do rey Sancho I.[6]

Matrimónios e descendênciaEditar

Casou por duas vezes, a primeira com Argilo, cujo origem é desconhecido, de quem teve:[4]

  • Froiloba Bermudes casou com Munio Flaínez.
  • Fernando Bermudes, conde de Cea casado com Elvira Diaz de Saldanha, filha de Diogo Muñoz, conde em Saldaña, e de Tigridia.
  • Piniolo Bermudes, quem comfirmou, em conjunto com os seus irmãos Fernão e Jimena a doação ao mosteiro de Santiago de Valdávida.
  • Jimena Bermudes
  • Vela Bermudes, falhecido depois de março de 976, o pai de Argilo, Nuno e o conde Bermudo Vélaz.

O segundo casamento foi com Velasquita, de origem desconhocido, de quem teve:

  • Álvaro Bermudes
  • Oveco Bermudes

Referências

BibliografiaEditar

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em castelhano, cujo título é «Bermudo Núñez», especificamente desta versão.
  • Salazar y Acha, Jaime de (1985). Una Familia de la Alta Edad Media: Los Velas y su Realidad Histórica (em espanhol). Madrid: Estudios Genealógicos y Heráldicos. Asociación Española de Estudios Genealógicos y Heráldicos. ISBN 84-398-3591-4 
  • Torres Sevilla-Quiñones de León, Margarita Cecilia (1999). Linajes nobiliarios de León y Castilla: Siglos IX-XIII (em espanhol). Salamanca: Junta de Castilla y León, Consejería de educación y cultura. ISBN 84-7846-781-5