Bernardino de Menezes

D. Bernardino de Menezes ou Bernardo de Menezes foi comendador e alcaide-mor de Proença na Ordem de Cristo, e da comenda de Moncorvo[1], governador de Tânger[2].

Bernardino de Menezes
Cidadania Portugal
Prêmios
  • Comendador da Ordem de Cristo

Existe uma provisão do Arcebispo de Braga, D. frei Agostinho de Jesus, no seguimento de um requerimento pedido por D. Bernardino, na função comendador da Torre de Moncorvo, datado de 12 de fevereiro de 1601, sobre a de como gerir os dinheiros da fábrica da Igreja de Santa Maria da mesma paróquia[3].

Dados genealógicosEditar

Era filho de:

Casou com D. Lourença de Vilhena de Sousa da Silva, filha de D. Manuel de Sousa da Silva e de D. Ana de Vilhena ou Távora. Ele era comendador de Vilafrei e Alfaiates na Ordem de Cristo, e como aposentador de el-Rei D. Sebastião, acompanhou-o a África e estando ao seu lado na Batalha de Alcácer Quibir, lá morreu no ano de 1578. D. Ana era filha de Luís Álvares de Távora, senhor de Mogadouro, Mirandela e São João da Pesqueira.

Desse casamento teve:

Referências

BibliografiaEditar