Abrir menu principal

Betânia é um município brasileiro do estado de Pernambuco, Região Nordeste do país.

Município de Betânia
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 19 de março
Fundação 19 de março de 1962 (57 anos)
Gentílico betaniense
Prefeito(a) Mário Gomes Flôr Filho (Mário da Caixa)[1] (PTB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Betânia
Localização de Betânia em Pernambuco
Betânia está localizado em: Brasil
Betânia
Localização de Betânia no Brasil
08° 16' 33" S 38° 02' 02" O08° 16' 33" S 38° 02' 02" O
Unidade federativa Pernambuco
Mesorregião Sertão Pernambucano IBGE/2008[2]
Microrregião Sertão do Moxotó IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Flores (Pernambuco) e Calumbi (norte),Floresta (Pernambuco) (sul), Custódia (leste) e Serra Talhada e Floresta (oeste).
Distância até a capital 347 68 km
Características geográficas
Área 1 244,071 km² [3]
População 12 539 hab. estatísticas IBGE/2015[4]
Densidade 10,08 hab./km²
Altitude 441 m
Clima Semiárido BSh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,559 baixo PNUD/2010[5]
PIB R$ 59 250 mil IBGE/2013[6]
PIB per capita R$ 4 765 54 IBGE/2013[6]

Índice

HistóriaEditar

Em 1872, as terras onde hoje se localiza o município constituíam a Fazenda Caiçara dos Órfãos, de propriedade de Manoel Pereira. Em 1902, foi construída uma escola de alfabetização, a cargo do professor José Antonio de Souza Guerra. Em 1911, instalou-se a feira livre no local. Estas duas iniciativas induziram o povoamento. Em 1912, o nome da localidade, então Caiçara dos Órfãos, foi trocado para Betânia, por sugestão do Padre José Ribeiro. Pela Lei Estadual 1319, de 13 de junho de 1916, foi elevada à categoria de vila e 4º Distrito de Floresta.

O distrito de Betânia foi criado em 6 de dezembro de 1928, pela Lei Municipal n. 2, subordinado ao município de Custódia. O município foi instalado em 19 de março de 1962.

Geografia[7]Editar

Localiza-se a uma latitude 08º16'29" sul e a uma longitude 38º02'03" oeste, estando a uma altitude de 441 metros. Sua população estimada em 2009 era de 12.011 habitantes.

Possui uma área de 1.244,7 km².

O município é formado pelos distritos sede, São Caetano do Navio e Remédios.

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005.[8] Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

O município insere-se na unidade geoambiental da Depressão Sertaneja, característica do semiárido nordestino.

A vegetação é composta por Caatinga Hiperxerófila com trechos de Floresta Caducifólia.

O clima é Tropical Semiárido, com chuvas de verão. O período chuvoso inicia em novembro e termina em abril. A precipitação média anual é de 431,8 mm.

Betânia está nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Pajeú. Seus principais tributários são os riachos do Navio, do Bonito, do Tamanduá, do Saco, do Pau Vera, do Aguap é, Santa Clara, do Bom Jesus, do Bredo, da Carnaubinha, do Minador, do Poço, do Barbosa, da Maravilha, dos Veados, das Baixas, do Bonfim, do Mulungu Velho, do Letreiro, Olho d’ Água, das Vassouras, Poço do Mentiroso, Quixaba, da Tróia, da Jibóia, da Jurema, do Rabicho, das Queimadas, do Angico, Salobro, do Remédio, dos Bois, do Chifre, da Salina, Curimat ã, da Boa Vista, do Sargento, da Passagem Funda, Mandacaru e da Caraíba Queimada, todos de regime intermitente. No município situam-se as lagoas da Tábua, da Serra Branca, dos Paus Pretos, do Arcanjo, da Timburina, Grande, Seca, da Pedra, do Milho, do Caldeirão, do Bonito, do Zé Rumão, da Caatinga, do Arroz, do Anil, dos Algodões, das Antas, Matriz, do pelado, dos Porcos, dos Pereiras, do Logradouro, Cercada, do Patrício, Comprida, do Pau-Ferro, da Braça, do Defunto João, do Veado, do Exu e da Melancia. Possui ainda o açude Conceição.

Referências

  1. Portal Eleições & Política
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Estimativa da população 2015 » População estimada » Comparação entre os municípios: Pernambuco». Estimativa Populacional - 2015. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agosto de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2015 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 1 de outubro de 2013 
  6. a b «Pernambuco » Betânia » Produto Interno Bruto dos municípios - 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2015 
  7. Ministério das Minas e Energia, 2005. Diagnóstico do Município de Betânia, acessado em 28 de dezembro de 2009
  8. «Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro» .

Ligações externasEditar