Abrir menu principal

Birds of Prey (série de televisão)

Birds of Prey
Mulher-Gato (BR)
Informação geral
Formato Série
Gênero Ação
Drama
Ficção Científica
Duração 39–47 min
Estado Finalizada
Criador(es) Aves de Rapina (DC Comics) por
Jordan B. Gorfinkel
Chuck Dixon
Desenvolvedor(es) Laeta Kalogridis
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) executivo(s) Mike Tollin
Brian Robbins
Joe Davola
Distribuída por Warner Bros. Television Distribution
Elenco Ashley Scott
Dina Meyer
Rachel Skarsten
Shemar Moore
Ian Abercrombie
Mia Sara
Tema de abertura Original: "Revolution" por Aimee Allen

DVD: "My Remedy" por Desconhecido
Empresa(s) de produção Flash Film Works (piloto)
Tollin / Robbins Productions
Warner Bros. Television
Exibição
Emissora de televisão original The WB
Transmissão original 09 de outubro de 200219 de fevereiro de 2003
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 13

Birds of Prey (No Brasil, Mulher-Gato) foi uma série de televisão americana exibida entre 2002 e 2003, criada por Laeta Kalogridis para o canal The WB e baseada na história em quadrinhos Aves de Rapina de Jordan B. Gorfinkel e Chuck Dixon da DC Comics. Obteve 7,6 milhões de telespectadores durante a exibição do episódio de estréia nos Estados Unidos, uma das maiores audiências já alcançadas pelo canal até então.[1] No entanto, o programa foi cancelado com um total de 13 episódios. Em julho de 2008 a Warner anunciou o lançamento da série completa em DVD.[2]

No Brasil, foi exibido em 2003 pelo canal SBT, com o nome de Mulher-Gato.[3]

EnredoEditar

A série se passa na cidade New Gotham, vários anos depois de ter sido aparentemente abandonada por Batman. Na sua ausência, Oráculo (Barbara Gordon) e a Caçadora (Helena Kyle) assumiram a guerra contra o crime. As duas se juntam a Dinah Redmond, uma telepata (depois que ela as ajuda a derrotar Larry Ketterly); Alfred Pennyworth, que serve Helena como herdeira da propriedade Wayne; e o detetive Jesse Reese, um policial confrontado com crimes e habilidades que ele não pode explicar.

Uma característica central da série é o conceito de meta-humanos: indivíduos nascidos com poderes que não podem ser explicados. Não existem dois meta-humanos com as mesmas habilidades (a menos que sejam hereditários), e existe toda uma subcultura da sociedade meta-humana que o mundo exterior não conhece.

O detetive Reese, relutantemente, se une a Caçadora e as outras Aves de Rapina para derrotar criminosos meta-humanos. A princípio, ele desaprova o vigilantismo de Helena, mesmo tentando prendê-la, mas eventualmente ele percebe que é necessário que as Aves de Rapina derrubem criminosos que a polícia não pode lidar.

Durante o curso do programa, as Aves de Rapina frequentemente enfrentam esquemas planejados pela Dra. Harleen Quinzel (Arlequina), embora não tenham conhecimento de seu envolvimento até o episódio final da série. As tentativas de Quinzel de descobrir o que Helena está escondendo, e a natureza duplicada de suas sessões de terapia juntas, formam uma grande parte do arco da série, começando no episódio piloto e sendo resolvido no final da série.

Elenco e personagensEditar

PrincipalEditar

A filha de Batman e Mulher-Gato. Ela é meio-metahumana, com habilidades semelhantes a gatos herdadas de sua mãe (também meta-humana na continuidade das Aves de Rapina): maior agilidade, força, cura e um sexto sentido de perigo, bem como a capacidade de mudar os olhos para uma forma felina. Essa mudança geralmente é desencadeada por fortes emoções, mas também pode ser usada para garantir a Helena uma visão noturna aprimorada. Ela foi criada por sua mãe, sem nunca saber quem era seu pai, até a noite em que a Mulher-Gato foi assassinada por um assassino desconhecido contratado pelo Coringa (eventualmente revelado ser o Cara-de-Barro) a sangue frio na rua, bem na frente dela. Depois disso, ela foi acolhida por Bárbara Gordon, que a criou e a treinou.

Originalmente um dos aprendizes de Batman e filha do comissário de polícia James Gordon, Bárbara foi baleada pelo Coringa como vingança pelo desmantelamento de sua operação criminosa por Batman, deixando-a paralisada e forçada a desistir de sua vida como Batgirl. Para compensar, ela se renomeou como Oráculo e começou a usar seus conhecimentos de hacker e armas para combater crimes. Ela pede para Helena que lide com o trabalho de campo, pois não é mais capaz de fazer e mantém seus contatos de super-heróis. De dia, Bárbara é professora na New Gotham High, mas, à noite, luta contra o crime a partir de um local secreto na Torre de Relógio de New Gotham. Apesar de ser paraplégica, ela trabalha no desenvolvimento de um implante cibernético para sua coluna, na esperança de que um dia ela recupere sua mobilidade.

Também uma meta-humana, Dinah é atraída por New Gotham, e por Helena e Bárbara pelas visões das tragédias que aconteceram na noite da vingança do Coringa. Ela prova as duas e é aceita como membro da equipe, com a condição de treinar o uso de suas habilidades meta-humanas. Além de seus sonhos pré-cognitivos, Dinah é uma telepata sensível ao toque, capaz de ler os pensamentos de qualquer pessoa com quem ela entre em contato físico e depois manifesta o poder da telecinesia. Durante o curso da série, Dinah descobre que sua mãe é na verdade Carolyn Lance, a Canário Negro, também uma super-heroína meta-humana e lendária, que resolveu deixar Dinah em segurança quando era criança depois que ela não demonstrou nenhum potencial meta-humano. Sem o conhecimento de Carolyn, as habilidades de Dinah se manifestaram sob os cuidados de seus pais adotivos, que reagiram com medo e abuso físico contra a jovem Dinah. Isso a levou a fugir, onde foi encontrada por Bárbara Gordon. A descoberta da relação de Dinah com a Canário Negro, leva Oráculo a acreditar que ela também pode ter herdado a capacidade hipersônica de sua mãe, embora isso nunca seja demonstrado. Sob a tutela de Bárbara e Helena, Dinah se torna uma combatente habilidosa.

Um detetive honesto que encontra Caçadora enquanto investiga uma série de suicídios bizarros, Jesse é atraído por ela e desaprova seu desrespeito à lei. No entanto, os dois são reunidos por casos envolvendo habilidades meta-humanas. Mais tarde, é revelado que o nome de nascimento de Reese era Jesse Hawke, e seu pai é Al Hawke, chefe de uma poderosa família criminosa e inimigo jurado de Carolyn Lance, a mãe de Dinah. Quando ele completou 16 anos, depois de quase ser preso depois que um policial encontrou vestígios de sangue encontrados em todo o porta-malas do carro de seu pai enquanto ele o dirigia, o relacionamento de Jesse com seu pai ficou abalado e eles se distanciaram. Reese abandonou o nome "Hawke", pegou o sobrenome de sua mãe e dedicou sua vida a encontrar justiça para as vítimas de seu pai. Ele seguiu uma carreira na aplicação da lei para expiar os pecados de sua família. Reese e Helena finalmente se unem romanticamente no final da série.

Mordomo fiel da família Wayne, Alfred transferiu seus serviços para Helena e Barbara na ausência de Batman, e muitas vezes está presente na torre do relógio, cuidando de suas necessidades diárias. Ele compartilha um vínculo estreito com Barbara, muitas vezes ouvindo seus problemas ou dando conselhos sobre situações pessoais, quer ela queira ou não. Ele secretamente permanece em contato com Batman, atualizando-o sobre o status das Aves de Rapina, em particular o de Helena.

A psiquiatra que Helena é condenada a ver depois de ser condenada por vandalismo enquanto perseguia um ladrão. Arlequina era amante e cúmplice do Coringa antes de seu encarceramento, sem o conhecimento de Helena e das outras Aves de Rapina, e veio para se vingar de New Gotham pelo que fez com seu "Sr. C". Embora ela se apresente como uma profissional respeitável, uma vez chamada pelas autoridades a trabalhar com criminosos violentos e perigosos, Quinzel é louca, usando seus contatos com o mundo do crime para planejar sua vingança.

RecorrenteEditar

  • Brent Sexton como Detetive McNally
  • Steve Hytner como Dr. Franklin Rominic
  • Chris Ellis como Larry Ketterly
  • Kristofer McNeeley como Frankie Spitz

ParticipaçãoEditar

Mãe de Dinah e a verdadeira Canário Negro, porém aposentada. Na série ela é respeitada por ter sido uma super-heroína muito competente e temida pelos vilões, praticamente uma figura lendária.

  • Roger Stoneburner como Coringa (Ator de Corpo) / Mark Hamill como Coringa (Voz) (Apenas em flashback no Piloto; Não-creditado):

O Coringa procurou vingança contra o Cavaleiro das Trevas após ser derrotado e preso. Ele contratou o Cara-de-Barro para matar Selina Kyle e o próprio Coringa atirou em Batgirl no apartamento dela em seu desejo de vingança. Mais tarde, foi preso em uma prisão máxima longe de New Gotham e, assim, a cidade ficou a salvo de sua carnificina louca. Embora nunca mais tenha sido visto, ele deixou um legado horrível que motivou sua ex-cúmplice e bobo da corte, Arlequina, a assumir os crimes em New Gotham para homenagear seu amor capturado. Não ficou claro o que aconteceu com o Coringa depois.

  • Ator Desconhecido como Batman (Apenas em flashback no Piloto; Não-creditado):

Batman travou uma guerra secreta contra o crime em New Gotham por muitos anos e a maioria das pessoas não sabia se ele existia. Após o grande embate contra o Coringa, que acabou resultando na morte de Selina Kyle e deixou Barbara Gordon na cadeira de rodas, Bruce foi embora de New Gotham para morar em algum lugar da Europa, deixando instruções para seu mordomo, Alfred, vigiar sua filha, Helena.

O único e verdadeiro amor de Bruce Wayne, a lendária "rainha do submundo do crime", que adotou o pseudônimo de Mulher-Gato. Selina (presumivelmente aposentada do crime), criou a filha Helena, por conta própria, e Bruce não sabia que ele havia gerado uma filha com ela. Foi morta por um assassino desconhecido contratado pelo Coringa (eventualmente revelado ser o Cara-de-Barro) a sangue frio na frente de Helena enquanto caminhavam pela rua.

Um meta-humano que possui poderes similares aos de Helena.

Um garoto que Dinah conhece no ônibus a caminho de New Gotham. Mais tarde, Jerry se revela um criminoso e tenta fazer mal a Dinah, que é salva por Helena.

  • Sung-Hi Lee como Sandra Woosan / Lady Shiva

Uma vilã que possui rusgas com Barbara. Sandra também tem uma longa amizade de tempos de colégio com Helena.

  • Shane Johnson como Colin

EpisódiosEditar

Título Diretor Roteiro Data da Estréia Original
1 "Pilot" Brian Robbins Laeta Kalogridis 09 de out de 2002
2 "Slick" Michael Katleman História: Laeta Kalogridis & Melissa Rosenberg

Teleplay: Laeta Kalogridis

16 de out de 2002
3 "Prey for The Hunter" Chris Long História: Adam Armus & Kay Foster

Teleplay: Edward Kitsis & Adam Horowitz

23 de out de 2002
4 "Three Birds and a Baby" Craig Zisk David H. Goodman & Julie Hess 30 de out de 2002
5 "Sins of The Mother" Jeff Woolnough História: Melissa Rosenberg & Hans Tobeason

Teleplay: Melissa Rosenberg

06 de nov de 2002
6 "Primal Scream" Jim Charleston História: Adam Armus & Kay Foster

Teleplay: Edward Kitsis & Adam Horowitz

13 de nov de 2002
7 "Split" James Marshall História: Adam Armus & Kay Foster

Teleplay: Edward Kitsis & Adam Horowitz

20 de nov de 2002
8 "Lady Shiva" John Kretchner História: Adam Armus & Kay Foster

Teleplay: Edward Kitsis & Adam Horowitz

27 de nov de 2002
9 "Nature of The Beast" Shawn Levy Melissa Rosenberg 18 de dez de 2002
10 "Gladiatrix" David Carson David H. Goodman 08 de jan de 2003
11 "Reunion" Chris Long Edward Kitsis & Adam Horowitz 08 de jan de 2003
12 "Feat of Clay" Joe Napolitano Adam Armus & Kay Foster 19 de fev de 2003
13 "Devil's Eyes" Robert J. Wilson Adam Armus & Melissa Rosenberg 19 de fev de 2003

DublagemEditar

ESTÚDIO: Wan Macher

MÍDIA: Televisão (SBT)

DIREÇÃO: Sheila Dorfman / Hércules Franco

Ator/Atriz Personagem Dublador(a)
Ashley Scott Helena Kyle/Caçadora Mabel Cezar
Dina Meyer Bárbara Gordon/Batgirl/Oráculo Lina Rossana
Rachel Skarsten Dinah Redmond Fernanda Baronne
Shemar Moore Detetive Jesse Reese Duda Ribeiro
Ian Abercrombie Alfred Pennyworth Waldir Fiori
Mia Sara Dr. Harleen Quinzel / Arlequina Mônica Rossi
Shawn Christian Wade Brixton Felipe Grinnan
Sung Hi Lee Sandra Woosan / Lady Shiva Iara Riça
Shane Johnson Colin Manolo Rey

ProduçãoEditar

DesenvolvimentoEditar

Em 2002, com o sucesso de Smallville, a emissora The WB resolveu apostar em mais uma adaptação dos quadrinhos da DC Comics para a televisão: o grupo de super-heróinas chamado Aves de Rapina (Birds of Prey). Situada em um futuro alternativo do Universo DC, a série foi estrelada por Dina Meyer como Barbara Gordon e Ashley Scott como Helena Kyle.[1]

CuriosidadesEditar

  • Na época da série, surgiram rumores de que o ator Bruce Thomas interpretou Batman no episódio piloto. Thomas pessoalmente negou esse fato e disse que não fez nenhum tipo filmagem para o programa, durante uma entrevista para o The BatPodcast em 2014.[4]

"...That's not an accurate credit...Unfortunately. I didn't do any shooting for "Birds of Prey"...""...Essa não é uma informação precisa...Infelizmente. Eu não fiz nenhuma filmagem para "Birds of Prey"..." – Bruce Thomas.[4]

  • A atriz Sherilyn Fenn foi a primeira opção para interpretar a Dra. Harleen Quinzel / Arlequina, aparecendo inclusive no episódio piloto original que não foi ao ar. Ela desistiu do papel devido a conflitos de agenda, quando os criadores da série decidiram que a personagem teria um papel maior no programa.[5] Ela foi substituída pela atriz Mia Sara.[6]
  • O Coringa foi interpretado por dois atores ao mesmo tempo. Enquanto Mark Hamill fazia a voz, Roger Stoneburner o retratou na frente das câmeras. Apenas Hamill recebeu o crédito.[7]
  • A cena em que Barbara Gordon é baleada pelo coringa em seu apartamento é uma referência a graphic novel de 1988, Batman: A Piada Mortal, escrito por Alan Moore e ilustrado por Brian Bolland.[8]

Lançamento do DVDEditar

DVDEditar

Foi lançado em DVD na Região 1 em 15 de julho de 2008. A coleção de quatro discos inclui os treze episódios que foram transmitidos, além do piloto que não foi ao ar e todas as três temporadas da série animada Gotham Girls. Os episódios são apresentados no formato Widescreen em Letterbox.[9]

Troca de MúsicasEditar

Algumas músicas no DVD diferem da versão original televisionada, incluindo a música tema ("My Remedy"), que no ar, originalmente, era "Revolution", de Aimee Allen, além de músicas adicionais como "Harder to Breathe", do Maroon 5,[10] no segundo episódio e a música tema de luta, "All the Things She Said" da dupla t.A.T.u. no episódio final, que foi substituída por "Beautiful Freak" do Dirty Children.

Música de aberturaEditar

A música tema da série de TV foi "Revolution" de Aimee Allen. A música foi a faixa de abertura do que deveria ser o álbum de estréia de Allen, mas o álbum foi lançado quando sua gravadora, Elektra Records, se fundiu com a Atlantic Records e permanece inédita até hoje.

Quando "Birds of Prey" foi lançado em DVD cinco anos após o término da série, a música tema foi substituída, provavelmente devido a dificuldades legais em garantir os direitos de "Revolution". A música então foi trocada por outra chamada "My Remedy". Não se sabe quais músicos que a compuseram e é possível que ela tenha sido criada exclusivamente para o home vídeo. Apesar do novo tema, "Revolution" permaneceu nos créditos finais do DVD.[11]

ReuniãoEditar

O elenco feminino de Birds of Prey, Ashley Scott, Dina Meyer e Rachel Skarsten se reuniu novamente em 25 de abril de 2015 no The Hollywood Show no The Westin Los Angeles Airport Hotel.[12]

StreamingEditar

A série está disponível para transmissão na rede digital gratuita da The CW, CW Seed.[13]

ArrowverseEditar

Em setembro de 2019, foi revelado que Ashley Scott reprisaria seu papel como Helena Kyle / Caçadora no crossover do Arrowverse, "Crise nas Infinitas Terras", juntando "Birds of Prey" em seu multiverso.[14]

Referências

  1. a b BORGO, Érico. Birds of prey estréia com sucesso Omelete
  2. Warner Press Release Announces Birds of Prey - The Complete Series on DVD! TVShowsOnDVD.com (em inglês)
  3. Braga, Henry (26 de janeiro de 2017). «Fracasso em Série | Birds of Prey (Mulher Gato)». HQ's com Café. Consultado em 3 de outubro de 2019 
  4. a b «BatPodcast Episode 6- Bruce Thomas from The BatPodcast». www.stitcher.com (em inglês). Consultado em 5 de outubro de 2019 
  5. «Gotham Clock Tower: "Birds of Prey" SPOILERS». www.gothamclocktower.com. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  6. «Birds of Prey - Mia Sara as Dr. Harleen "Harley Quinn" Quinzel @ TheTVDB». www.thetvdb.com. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  7. Hamill, Mark (2016T07:33). «(Not so)Fun Fact-in TV's"Birds of Prey"Roger Stoneburner not billed as Joker but I got credit 4 voicing him! #Unfairpic.twitter.com/lw2WM8oEvc». @hamillhimself (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. «BATMAN: THE KILLING JOKE - THE DELUXE EDITION». DC (em inglês). 9 de março de 2012. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  9. «Birds of Prey DVD news: Update for Birds of Prey - The Complete Serie…». archive.is. 5 de fevereiro de 2013. Consultado em 3 de outubro de 2019 
  10. «Gotham Clock Tower: The Music of "Birds of Prey"». www.gothamclocktower.com. Consultado em 3 de outubro de 2019 
  11. «Very Random Info: Birds of Prey theme song». Very Random Info. 9 de dezembro de 2015. Consultado em 4 de outubro de 2019 
  12. «Ashley Scott». www.facebook.com. Consultado em 3 de outubro de 2019 
  13. «Birds of Prey on CW Seed | Home of the Original Digital Comedy Series». CW Seed. Consultado em 3 de outubro de 2019 
  14. Garófalo, Nicolaos (27 de setembro de 2019). «Crise nas Infinitas Terras | Atriz da série Aves de Rapina estará no crossover». Omelete. Consultado em 3 de outubro de 2019 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar