Abrir menu principal

Blaise Compaoré

militar e político burquinense
Blaise Compaoré
Presidente de Burkina Faso
Período 15 de outubro de 1987
a 31 de outubro de 2014
Antecessor Thomas Sankara
Sucessor Yacouba Isaac Zida (interino)
Dados pessoais
Nascimento 3 de fevereiro de 1951 (68 anos)
Ziniaré
Primeira-dama Chantal Terrasson
Partido CDP

Blaise Compaoré (Ziniaré, Alto Volta, 3 de fevereiro de 1951) é um militar e político burquinense. Foi presidente do seu país, de 1987 até 2014.

Foi capitão do exército e ministro da Justiça no governo do presidente Thomas Sankara, liderou o golpe de Estado em 1987, em que Sankara foi assassinado, e liderou um governo militar nos quatro anos posteriores. Correndo sem oposição como um civil, ele venceu a eleição presidencial de 1991. Foi reeleito contra a oposição fraca em 1998, 2005 e 2010. Seu regime foi marcado por um setor privado ampliado, aumento do investimento estrangeiro e uma maior estabilidade política. Embora tenha havido algumas reformas democráticas, seu governo está implicado em abusos de direitos humanos, incluindo a morte de um repórter. Além disso, Burkina Faso teve frequentes conflitos com a vizinha Costa do Marfim.

A sua intenção de mudar a Constituição provocou manifestações em Uagadugu, capital do país, que se transformaram em confrontos maciços com a polícia. Em meio aos protestos contra as mudanças constitucionais, Compaoré decretou em 30 de outubro de 2014 a dissolução do governo e declarou o estado de emergência. Por sua vez, o general do Exército Honoré Traoré anunciou a dissolução do legislativo e a criação de um governo provisório cujo mandato findará em 2015.[1]

Blaise Compaoré foi deposto a 31 de outubro de 2014, tendo-se refugiado na Costa do Marfim.

Referências

  1. «Militares de Burkina Faso anunciam derrubada do presidente Compaoré». portuguese.ruvr.ru. Consultado em 19 de novembro de 2016 

Ligações externasEditar