Abrir menu principal

Bob Roberts

filme de 1992 dirigido por Tim Robbins
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bob Roberts
Bob Roberts - Candidato ao Poder (PRT)
Bob Roberts (BRA)
 Estados Unidos
1992 •  cor •  103 min 
Direção Tim Robbins
Roteiro Tim Robbins
Elenco Tim Robbins
Giancarlo Esposito
Alan Rickman
Ray Wise
Gore Vidal
Brian Murray
Rebecca Jenkins
Susan Sarandon
Género drama
Idioma inglês

Bob Roberts (br: Bob Roberts; pt: Bob Roberts - Candidato ao Poder) é um filme americano de 1992, um drama dirigido e estrelado por Tim Robbins.

Índice

SinopseEditar

Bob Roberts é um candidato reacionário ao Senado dos Estados Unidos da América pela Pensilvânia. Ele é um cantor folk de bastante sucesso e seu carisma arrebata multidões de fãs. Bob recorre à mais avançada tecnologia para construir uma campanha forte, porém hipócrita, pois combate as drogas apesar de seu nome estar indiretamente envolvido com o tráfico, e aplica golpes baixos contra seu rival nas urnas.

ElencoEditar

Principais prêmios e indicaçõesEditar

Globo de Ouro (EUA)

  • Recebeu uma indicação na categoria de Melhor Ator - Comédia / Musical (Tim Robbins).

Prêmio PFS (Political Film Society, EUA)

  • Vencedor na categoria Democracia.

Festival Internacional de Cinema de Flandres (Bélgica).

  • Recebeu o prêmio Georges Delerue.

CuriosidadesEditar

 
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Bob Roberts marca a estréia de Tim Robbins como diretor.
  • O roteiro do filme foi escrito por Tim Robbins para mostrar o seu descontentamento com conservadorismo da política implantada nos Estados Unidos pelos presidentes Ronald Reagan e George Bush.
  • A idéia do filme surgiu de um esquete apresentado por Tim Robbins no programa de televisão "Saturday Night Live", em 1975.

Ligações externasEditar