Abrir menu principal

Boca da Mata

Município brasileiro do estado de Alagoas
Boca da Mata
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Boca da Mata
Bandeira
Hino
Lema Valorizando nossa gente
Gentílico bocamatense
Localização
Localização de Boca da Mata em Alagoas
Localização de Boca da Mata em Alagoas
Boca da Mata está localizado em: Brasil
Boca da Mata
Localização de Boca da Mata no Brasil
Mapa de Boca da Mata
Coordenadas 9° 38' 27" S 36° 13' 12" O
País Brasil
Unidade federativa Alagoas
Municípios limítrofes Anadia e São Miguel dos Campos.
Distância até a capital 72 km
História
Fundação 1958 (61 anos)
Aniversário 11 de novembro
Administração
Prefeito(a) Gustavo Feijó (PMDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 186,568 km²
População total (IBGE/2010[2]) 25 780 hab.
Densidade 138,18 hab./km²
Clima Tropical litorâneo
Altitude 132 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,604 médio
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 131 398,752 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 5 076,84
Outras informações
Padroeiro(a) Santa Rita de Cássia

Boca da Mata é um município brasileiro do estado de Alagoas. Sua população estimada em 2010 era de 25.776 habitantes.

HistóriaEditar

O nome do município é uma referência às primeiras residências construídas na entrada de uma grande mata, estendida rumo a Atalaia. As terras ofereciam condições para a implantação de sítios e fazendas, que desenvolviam as lavouras e a criação de gado. A maior parte das terras pertencia ao Engenho Santa Rita, de propriedade de Antonio Pinto da Cunha Coutinho. E a primeira capela foi obra de Pedro Simões, antigo proprietário do engenho Mucambo.

Com o rápido desenvolvimento do povoado, surgiu o movimento pela emancipação. Uma lei elevou a vila à condição de município autônomo, mas a lei não foi cumprida e Boca da Mata permaneceu integrada a São Miguel dos Campos. Registrado na divisão administrativa em vigor no ano de 1955, quando possuía 463 habitantes e 160 domicílios. A emancipação aconteceu em 1958.

GeografiaEditar

Boca da Mata revela belezas naturais exuberantes como a Serra de Santa Rita, bicas e balneários como o Balneário Águas de São Bento, a Bica do Arlindo, além das Bicas Baixa Grande e Quebra Carro, ambas em APA (Área de Proteção Ambiental).

Com o fechamento da Usina Triunfo em 2015, mais de 5 mil pessoas deixaram a cidade. Boa parte migrou para a Região Sudeste a fim de se restabelecer.

CulturaEditar

O ponto de encontro da cidade é a Praça Padre Cícero. A animação do povo do município pode ser vista em suas principais festividades: Festa da Padroeira Santa Rita de Cássia, no dia 22 de maio; Emancipação Política, no dia 11 de novembro; e Festa do Padre Cícero Romão, comemorada no dia 20 de julho.

A cidade é também conhecida por conta do seu artesanato em madeira, legado do Mestre Manoel da Marinheira e hoje com vários seguidores, entre filhos e discípulos.

EsportesEditar

O Sport Club Santa Rita é o time local. Disputa o Campeonato Alagoano e também a Copa do Brasil.

O Santa Rita manda seus jogos no Estádio Olival Elias de Moraes, que tem capacidade para 2.500 espectadores.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 4 de setembro de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar