Abrir menu principal

Boi (grupo folclórico)

Boi carnavalesco é um tipo de agremiação ou simples grupo de foliões que brincam o Carnaval ou outra festividade em torno da figura do boi, quase sempre tendo a dança teatralizada do Bumba meu boi com ponto central.[1] Na maioria das cidades, o desfile de bois, a exemplo das escolas de samba, possui caráter competitivo.

São originários da Região Nordeste do Brasil,[1] porém os bois mais famosos são os de Parintins, sendo que nesta cidade há um festival de bois, que não ocorre no período carnavalesco, mas no meio do ano. Há também os bois de reis.[1]

Bois de meio de anoEditar

O boi-bumbá, como é conhecido no Amazonas, possui uma forte tradição em Parintins, que remonta às três primeiras décadas do século XX, com a fundação do Boi Garantido[2] e do Boi Caprichoso, sendo que para alguns historiadores, este seria descendente do Boi Galante. Há ainda o Boi Bumbá Campineiro, que chegou a disputar o festival na década de 1980, mas atualmente encontra-se afastado das competições.[3]

 Ver artigo principal: Festival Folclórico de Parintins

Inspirados nos bois de Parintins, agremiações similares surgiram em outras cidades. Em 2011, foi organizado o 1º Festival Folclórico de Manaus, onde disputaram as agremiações Corre Campo, Brilhante e Garanhão.[4][5][6]

Boi de reisEditar

É típico do Ceará,[1] porém também ocorre em outros estados. Luís da Câmara Cascudo diferenciou o boi de reis do Rio Grande do Norte com o nome de boi calemba.[7]

Boi carnavalescoEditar

Tradicionais no estado, os bois tem grande importância no Carnaval do Recife,[1] sendo um dos tipos de agremiação participantes do Carnaval Multicultural.[8]

Também existem no estado do Rio de Janeiro, onde há disputa oficial no Carnaval de Campos dos Goytacazes.[9]

Referências

  1. a b c d e Enciclopédia Nordeste. «Bois do Carnaval». Onordeste.com. Consultado em 5 de janeiro de 2012. Cópia arquivada em 2 de novembro de 2012 
  2. Tonzinho Saunier. «O Magnífico Folclore de Parintins». Parintins.com.br. Consultado em 16 de julho de 2013 
  3. Jonas Santos, A Crítica-Uol (9 de Abril de 2011). «Campineiro, o boi verde de Parintins, promete brigar por torcedores 'neutros'». Acritica.uol.com.br. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  4. Prefeitura de Manaus. «Prefeitura de Manaus fará festival folclórico». Manaus.am.gov.br. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  5. Portal Amazônida. «Boi Brilhante». Portalamazonia.com.br. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  6. Diário 24 AM. «Boi Brilhante é o campeão do 1º Festival Folclórico de Manaus». D24am.com. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  7. «Centenário do Boi calemba Pintadinho de São Gonçalo do Amarante». Redesocial.unifreire.org. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  8. «Agremiação de Arcoverde é campeã do Carnaval em Recife». Darciorabelo.com.br. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  9. «Resultados oficiais - Carnaval 2009». Carnavaldecampos.com.br. Consultado em 24 de dezembro de 2009 
  Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.