Bolívar venezuelano

moeda venezuelana

O bolívar era a moeda corrente oficial da Venezuela. Foi criada em 1879 pelo Presidente Antonio Guzmán Blanco, e leva seu nome em homenagem a Simón Bolívar, que foi o herói da independência latino-americana.

Bolívar
 Venezuela
Dados
Código ISO 4217 VEF
Inflação AumentoNegativo 5,713% (2020)[1][2][3]
Sub-Unidade

centimos
Símbolo Bs.F
Plural Bolívares
Moedas 01; 05; 10; 12 1/2; 25; 50; 1
Notas 2; 5; 10; 20; 50; 100; 500; 1.000; 2.000; 5.000; 10.000; 20.000; 100.000; 1.000.000
Banco central Banco Central da Venezuela
Fabricante Casa da Moeda-Venezuela

A emissão do bolívar forte é controlada pelo Banco Central da Venezuela (BCV), que faz as moedas e imprime as notas na sua própria casa da moeda.

Em 1 de Janeiro de 2008, a moeda foi objeto de reajuste cambial e passou a ser designada oficialmente como bolívar forte (em espanhol, bolívar fuerte, plural: bolívares, ISO 4217: VEF; localmente abreviado como Bs.F), obtida da anterior cortando-se 3 zeros: 1 Bs.F = 1000 Bs. Hoje é a moeda com a maior inflação do mundo por causa da atual crise econômica na Venezuela. Há a previsão que a inflação chegue a 10.000.000% em 2019.[4]

Em 20 de agosto de 2018, a Venezuela eliminou oficialmente cinco zeros da atual moeda, o bolívar forte, dando origem ao bolívar soberano.[5]

A Venezuela passou a ter duas unidades monetárias contabilísticas, o bolívar soberano e o petro, uma criptomoeda venezuelana.

O petro é a unidade contabilística de referência obrigatória para a empresa petrolífera estatal Petróleos de Venezuela SA.

Maduro decretou feriado a 20 de agosto, para que a reconversão monetária pudesse ser feita.[6]

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Bolívar venezuelano

Referências

  1. «Venezuela - Inflation rate 2022». Statista (em inglês). Consultado em 5 de outubro de 2021 
  2. «La inflación acumulada en 2020 en Venezuela fue de 2.959,8 %, según el BCV». EFE (em espanhol). Consultado em 5 de outubro de 2021 
  3. «José Guerra: Seguimos en Hiperinflación. La inflación al cierre del 2020 en Venezuela fue de 3713%.». Observatorio Venezolano de Finanzas (em espanhol). Consultado em 5 de outubro de 2021 
  4. «FMI prevê que inflação na Venezuela chegará a 10.000.000% em 2019». Folha de S.Paulo. 8 de outubro de 2018 
  5. Lusa, Agência. «Venezuela passa a ter duas unidades monetárias a 20 de agosto». Observador. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  6. «Venezuela decreta feriado por reconversão da moeda do país». Terra 
  Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.