Bombardeio tático

O bombardeio tático utiliza aviões para atacar tropas e equipamento militar, na região da zona de batalha terrestre. Essa é a diferença para o bombardeio estratégico, que ataca a infraestrutura industrial e civil do inimigo, visando debilitar sua capacidade de manter o esforço de guerra.

Bombardeio tático feito com bombas disparadas por um caça F-4 durante um exercício de treinamento na Coreia do Sul.

Há dois tipos básicos de bombardeio tático:

  • O apoio aéreo aproximado ataca alvos localizados em grande proximidades às tropas terrestres amigas, agindo em direto suporte e em total coordenação com as forlas terrestres.
  • A interdição aérea ataca, ao contrário, alvos táticos que não estão diretamente em contato com as tropas amigas, e sim as estradas, depósitos, equipamentos e estruturas envolvidas no suprimento logístico às tropas inimigas em combate.

Na era moderna, as munições guiadas de precisão ("bombas inteligentes") podem ser dirigidas ao alvo com extrema acurácia.

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre aviação é um esboço relacionado ao Projeto Aviação. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.