Abrir menu principal

Bombarral

município e vila de Portugal

O Bombarral é uma vila portuguesa do distrito de Leiria, situada na província da Estremadura e integrando a Comunidade Intermunicipal do Oeste na região do Centro, com cerca de 4 400 habitantes.[1]

Bombarral
Brasão de Bombarral Bandeira de Bombarral

Igreja Matriz do Bombarral.jpg
Igreja Matriz do Bombarral - Igreja Salvador Mundi
Localização de Bombarral
Gentílico bombarralense ou bombarrelense
Área 91,29 km²
População 13 193 hab. (2011)
Densidade populacional 144,5  hab./km²
N.º de freguesias 4
Presidente da
câmara municipal
(Ricardo Fernandes) (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1914
Região (NUTS II) Centro
Sub-região (NUTS III) Oeste
Distrito Leiria
Província Estremadura
Orago São Pedro
Feriado municipal 29 de Junho
Código postal 2540-XXX
Sítio oficial http://www.cm-bombarral.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

É sede de um município com 91,29 km² de área[2] e 13 193 habitantes (2011),[3][4] subdividido em 4 freguesias.[5] O município é limitado a norte pelo município de Óbidos, a nordeste pelas Caldas da Rainha, a sueste pelo Cadaval e a sudoeste pela Lourinhã.

HistóriaEditar

Região povoada desde a Pré-História, sabe-se que no século XIV Bombarral era uma granja do Convento de Alcobaça, aparecendo no século XVIII como Terras da Rainha.

Pertenceu ao concelho do Cadaval até 1852, passando para o de Óbidos, até que em 1914, passou a ser cabeça do concelho, constituído pelas freguesias de Carvalhal, Roliça e Bombarral.[6][7] . A inauguração da linha férrea do Oeste, em 1 de Agosto de 1887, impulsionou o desenvolvimento agro-industrial da vila. Aquando da implantação da República, e em grande parte como agradecimento pelo forte apoio que a freguesia prestou ao movimento republicano, Bombarral ganhou independência em relação a Óbidos. Devido à implantação da República a Igreja Matriz I (perto do local da actual Junta de Freguesia) foi queimada por republicanos, o que deu origem à construção de outra, a Igreja Matriz II.

GeografiaEditar

A vila do Bombarral situa-se numa planície de aluvião bastante fértil orlada de outeiros pouco elevados, na margem esquerda do rio Real e a uma altitude de 50 metros.

A base da economia do concelho é uma agricultura minifundiária, onde se destaca o vinho, a pêra-rocha e os produtos hortícolas.

PopulaçãoEditar

Número de habitantes [8]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
4 730 5 882 7 706 9 024 9 796 11 206 12 669 14 535 15 413 15 209 12 807 13 758 12 727 13 324 13 193

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [9]
1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 3 764 4 184 4 438 3 884 3 868 3 485 3 058 2 284 1 933 1 768
15-24 Anos 2 255 2 332 2 662 2 834 2 289 2 120 2 016 1 797 1 684 1 372
25-64 Anos 4 567 5 302 6 490 7 624 7 674 6 585 6 795 6 299 6 833 7 004
= ou > 65 Anos 588 768 872 1 087 1 378 1 555 1 889 2 347 2 874 3 049
> Id. desconh 39 29 25

(Obs: Concelho criado pela lei nº 123, de 28/03/1914, com lugares desanexados do concelho deÓbidos

De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

FreguesiasEditar

 
Freguesias do concelho do Bombarral.

O concelho de Bombarral está dividido em 4 freguesias:

PatrimónioEditar

CulturaEditar

TurismoEditar

A cerca de 4 km da vila localiza-se um lugar de visita quase obrigatória, trata-se do Bacalhôa Buddha Eden.

No mês de Agosto celebra-se a Feira Nacional do Vinho e da Pêra Rocha, altura ideal para visitar a vila e conhecer o principal produto agrícola do concelho.

Galeria de imagensEditar

PolíticaEditar

Eleições autárquicasEditar

Data % V % V % V % V % V % V % V
CDS-PP PS PPD/PSD APU/CDU AD IND PSD-CDS
1976 28,62 2 24,38 2 23,51 2 17,45 1
1979 AD 15,72 1 AD 18,96 1 62,26 5
1982 43,69 4 13,75 1 20,60 1 17,90 1
1985 36,23 3 12,67 1 28,06 2 15,17 1
1989 21,56 1 33,30 3 32,75 3 8,95 -
1993 21,66 2 26,14 2 29,94 3 7,16 -
1997 19,44 1 21,99 2 46,15 4 8,72 -
2001 12,80 1 18,41 1 29,32 2 10,02 1 25,95 1
2005 9,09 - 34,92 3 40,06 3 11,04 1
2009 6,26 - 34,54 3 49,89 4 6,39 -
2013 11,70 1 26,51 2 40,58 3 12,80 1
2017 PPD/PSD 48,94 4 CDS-PP 7,88 - 37,24 3

Eleições legislativasEditar

Data %
PS PSD CDS PCP UDP AD APU/CDU FRS PRD PSN B.E. PAN PàF
1976 31,79 25,17 21,58 8,22 0,70
1979 25,97 AD AD APU 1,02 51,79 12,23
1980 FRS 0,91 54,92 11,55 24,73
1983 32,48 29,56 19,16 0,61 12,59
1985 20,70 30,68 15,74 0,58 10,37 16,23
1987 18,77 55,65 8,37 CDU 0,48 7,92 3,46
1991 24,37 54,17 7,88 6,54 0,69 1,27
1995 38,49 37,42 14,86 0,44 5,65
1999 37,75 37,56 13,32 6,21 0,45 1,44
2002 31,26 44,08 14,12 5,61 1,91
2005 39,07 32,29 11,51 7,03 4,52
2009 31,06 29,23 16,15 7,82 8,29
2011 21,72 40,46 16,65 7,85 4,61 1,32
2015 28,28 PàF PàF 8,44 8,87 1,41 42,78

GeminaçõesEditar

O concelho de Bombarral é geminado com a seguinte cidade:[10]

Referências

  1. INE (2013). Anuário Estatístico da Região Centro 2012. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 31. ISBN 978-989-25-0217-5. ISSN 0872-5055. Consultado em 5 de maio de 2014 
  2. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013 
  3. INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Centro. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 117. ISBN 978-989-25-0184-0. ISSN 0872-6493. Consultado em 27 de julho de 2013 
  4. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_CENTRO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. http://www.cm-bombarral.pt/News/newsdetail.aspx?news=5c3b5da5-e1f9-4b93-bb8a-b42bdb36a395
  7. «Lei n.º 123/1914, de 28 de Março» (PDF). Diário da República eletrónico. Consultado em 1 de Maio de 2014 
  8. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  9. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  10. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M2540

Ligações externasEditar