Bound for Glory (filme)

filme de 1976 dirigido por Hal Ashby

Bound for Glory (bra: Esta Terra É Minha Terra[1], ou Esta Terra É Minha[2]; prt: O Caminho da Glória[3], ou Caminho da Glória[4]) é um filme estadunidense de 1976, do gênero drama biográfico-musical, dirigido Hal Ashby, com roteiro de Robert Getchell baseado no livro autobiográfico de Woody Guthrie, Bound for Glory, escrito em 1943.[5]

Bound for Glory
Cartaz promocional
No Brasil Esta Terra É Minha Terra
Esta Terra É Minha
Em Portugal O Caminho da Glória
Caminho da Glória
 Estados Unidos
147 min 
Direção Hal Ashby
Elenco David Carradine
Ronny Cox
Melinda Dillon
Gail Strickland
Gênero drama biográfico-musical
Cinematografia Haskell Wexler
Edição Pembroke J. Herring
Robert C. Jones
Idioma inglês

Prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
Globo de Ouro 1977 Melhor filme - drama Robert F. Blumofe, Harold Leventhal Indicado[6]
Melhor ator - drama David Carradine Indicado[6]
Melhor direção Hal Ashby Indicado[6]
Revelação feminina Melinda Dillon Indicado[6]
Oscar 1977 Melhor filme Robert F. Blumofe, Harold Leventhal Indicado[7]
Melhor fotografia Haskell Wexler Venceu[7]
Melhor figurino William Theiss Indicado[7]
Melhor edição Robert Jones, Pembroke J. Herring Indicado[7]
Melhor trilha sonora adaptada Leonard Rosenman Venceu[7]
Melhor roteiro adaptado Robert Getchell Indicado[7]
Festival de Cannes 1977 Melhor filme (Palma de Ouro) Robert Jones, Pembroke J. Herring Indicado[8]

ElencoEditar

SinopseEditar

Durante a Grande Depressão, a cidade de Pampas no Texas está repleta de desempregados oriundos das refinarias de petróleo em crise, além de ser assolada pela seca e pelas tempestades de areia. Muitos partem em direção a Califórnia onde o clima é melhor, em busca desesperada de melhores oportunidades na agricultura ou em outras atividades. Woody Guthrie tenta permanecer em Pampas fazendo pequenos serviços de pintor de cartazes ou cantando em bares com seu inseparável violão. Mas, como tem família, esposa e dois filhos pequenos, ele acaba por decidir partir também, rumo a Califórnia, prometendo que depois os mandará buscarem. Andando a pé, carona ou em trens de carga junto de outros desempregados e vagabundos, Woody se vê diante de toda sorte de dificuldades, repressão policial e fome mas também recebe ajuda e muito calor humano das pessoas simples que encontra no caminho. Ao chegar a Califórnia, ele vai para um acampamento de trabalhadores que tentam conseguir raras ocupações nas plantações, mesmo recebendo em pagamento, quando conseguem serviço, valores diminutos. O acampamento é visitado pelo cantor Ozark Bule, que tenta motivar os trabalhadores a lutarem por melhores condições e se organizarem em sindicatos. Ele convida Woody para tocar com ele no rádio e os dois iniciam uma parceria de sucesso, tanto no meio artístico como com a ação social que continuam a desenvolver em favor dos trabalhadores.

Referências

  1. «Esta Terra É Minha Terra». Brasil: CinePlayers. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  2. «Esta Terra É Minha». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  3. «O Caminho da Glória». Portugal: CineCartaz. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  4. «Caminho da Glória». Portugal: SapoMag. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  5. «Bound for Glory (1976)». American Film Institute. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  6. a b c d «Winners & Nominees 1977». GoldenGlobes.com. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  7. a b c d e f «The 49th Academy Awards | 1977». Oscars.org. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  8. «Festival de Cannes: Bound for Glory». festival-cannes.com. Consultado em 10 de maio de 2009 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.