Abrir menu principal
Brandon Moreno
Informações
Nascimento 7 de dezembro de 1993 (25 anos)
México Tijuana, Baja California
Nacionalidade mexicano
Outros nomes The Assassin Baby
Altura 1,70 m
Peso 57 kg
Divisão Peso-mosca
Envergadura 178 cm
Modalidade Jiu Jitsu
Luta por México Tijuana, Baja California
Organização(ões) UFC
Equipe Entram Gym
Graduação      Faixa roxa em Brazilian Jiu-Jitsu
Período em
atividade
2011-presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 17
Vitórias 14
Por nocaute 1
Por finalização 10
Por decisão 3
Derrotas 3
Por decisão 3
Ligações externas
Página oficial:
http://www.ufc.com/fighter/brandon-moreno
Cartel no MMA pelo Sherdog

Brandon Moreno (Tijuana, 7 de dezembro de 1993) é um lutador de artes marciais mistas (MMA) do México, que compete como peso-mosca no Ultimate Fighting Championship. Foi campeão peso-mosca do WFF. Moreno atualmente é classificado em #7 no ranking peso-mosca oficial do UFC.[1]

ComeçoEditar

Moreno nasceu e cresceu em Tijuana, Baja California, e começou a treinar MMA aos 12 anos. Sempre manteve-se na mesma academia, a Entram Gym. Antes de começar sua carreira no MMA, ele trabalhava fazendo pinhatas.[2]

MMAEditar

Moreno começou a lutar em 2011, e venceu sua estreia no MMA profissional por finalização no primeiro round. Moreno então compilou um cartel de 2-1 na promoção mexicana Ultimate Warrior Challenge Mexico, com as duas vitórias por finalização. Moreno fez uma luta no Pandemonium, em Riverside, e perdeu por decisão unânime. Após fazer outras três lutas em duas outras organizações americanas, ele foi recontratado pelo Pandemonium.[3]

Recontratação no PandemoniumEditar

A primeira luta na segunda passagem pelo Pandemonium foi contra Jason Carbajal, em 23 de março de 2013, no Pandemonium 8, em Pomona, Califórnia. Moreno mostrou um bom kickboxing durante toda a luta e nocauteou Carbajal no terceiro round.[4]

Moreno venceu Paul Amaro com uma finalização no segundo round, em 26 de julho de 2013, no Pandemonium 9. Moreno mostrou agressividade no chão e finalizou Amaro com um mata-leão.[5]

World Fighting FederationEditar

Em 28 de junho de 2014, Moreno estreou no World Fighting Federation. O mexicano enfrentou o americano Alex Contreras, no WFF 14. Ele utilizou as quedas e o jiu-jitsu, controlando Contreras durante o combate, e venceu por finalização no terceiro round.[6]

Cinturão dos pesos-moscas do WFFEditar

Moreno enfrentou CJ Soliven, em 20 de Setembro de 2014, no WFF 16, valendo o cinturão peso-mosca vago do WFF. Ele não deu chances ao adversário e venceu por finalização em menos de um minuto de combate.[7]

Em sua primeira defesa de cinturão, enfrentou Matt Betzold, em 7 de fevereiro de 2015, no WFF 18. Azarão no combate, Moreno surpreendeu o desafiante e venceu por decisão unânime.[8]

Moreno defendeu seu cinturão contra o ex-lutador do Bellator, Tyler Bialecki, em 25 de Julho de 2015, no WFF 22. Moreno confirmou seu favoritismo e finalizou Bialecki ainda no primeiro round.[9]

Moreno defendeu seu cinturão contra o americano Isaac Camarillo, em 16 de Abril de 2016, no WFF 27. Ele venceu a luta com um mata-leão na primeira metade do primeiro round, e vagou o título para participar do The Ultimate Fighter: Tournament of Champions.[10]

The Ultimate Fighter 24Editar

Em 11 de maio de 2016, o UFC anunciou que os 16 concorrentes para a temporada deste TUF seria composta de lutadores campeões peso-mosca de diversas organizações em todo o mundo, com o vencedor sendo esperado para ter uma chance de lutar pelo Cinturão Peso Mosca do UFC. O elenco foi anunciado em 20 de julho. Os treinadores para a temporada foram os ex-desafiantes ao cinturão peso-mosca, Joseph Benavidez e Henry Cejudo, e Moreno era do Team Benavidez.[11][12]

Ele foi classificado em #16 no Team Benavidez, e fez sua primeira luta contra o #1 do Team Cejudo, Alexandre Pantoja. Os dois chegaram a interagir dentro da casa, mesmo com Moreno falando espanhol e Pantoja português, a semelhança entre as línguas facilitava a comunicação. Moreno é amigo de Cejudo, e não gostava do fato dele ser o treinador de seu adversário. Na luta, Alexandre Pantoja derrotou Brandon Moreno por finalização (mata-leão) no segundo round. Com essa derrota já nas eliminatórias, Moreno foi excluído do reality show.[13][14]

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Mesmo tendo uma performance aquém das expectativas no TUF 24, o UFC deu-lhe uma chance. Brandon Moreno aceitou enfrentar Louis Smolka poucos dias antes do evento, substituindo Sergio Pettis, no UFC Fight Night: Lineker vs. Dodson, em 1 de outubro de 2016, pelo peso-mosca (até 57kg). Com apenas 22 anos, teve a missão de encarar um rival que vinha de quatro vitórias seguidas. Mas, em apenas 2m23s de confronto, ele finalizou com uma guilhotina e mostrou o motivo de seu apelido ser "Bebê Assassino". A vitória também lhe rendeu um prêmio de Performance da Noite.[15][16]

Em sua segunda luta no UFC, Moreno enfrentou Ryan Benoit em 3 de dezembro de 2016 no The Ultimate Fighter 24 Finale. Ele venceu por decisão dividida.

Moreno enfrentou Dustin Ortiz em 22 de abril de 2017 no UFC Fight Night: Swanson vs. Lobov. Ele venceu por finalização com um mata-leão aos 4m06s do segundo round e ganhou o prêmio de Performance da Noite.

Campeonatos e realizaçõesEditar

Artes Marciais MisturadasEditar

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 14-5   Alexandre Pantoja Decisão (Unânime) UFC Fight Night: Maia vs. Usman 27/05/2018 3 5:00   Santiago
Derrota 14-4   Sergio Pettis Decisão (unânime) UFC Fight Night: Pettis vs. Moreno 05/08/2017 5 5:00   Cidade do México
Vitória 14-3   Dustin Ortiz Finalização (mata leão) UFC Fight Night: Swanson vs. Lobov 22/04/2017 2 4:06   Nashville, Tennessee Performance da Noite.
Vitória 13-3   Ryan Benoit Decisão (dividida) The Ultimate Fighter 24 Finale 03/12/2016 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 12-3   Louis Smolka Finalização (guilhotina) UFC Fight Night: Lineker vs. Dodson 01/10/2016 1 2:23   Portland, Oregon Estreia no UFC; Performance da Noite.
Vitória 11-3   Isaac Camarillo Finalização (mata leão) WFF - World Fighting Federation 27 16/04/2016 1 1:53   Tucson, Arizona Defendeu o cinturão peso-mosca do WFF; Depois vagou o título.
Vitória 10-3   Tyler Bialecki Finalização (mata leão) WFF - World Fighting Federation 22 25/07/2015 1 3:09   Tucson, Arizona Defendeu o cinturão peso-mosca do WFF.
Vitória 9-3   Matt Betzold Decisão (unânime) WFF - World Fighting Federation 18 07/02/2015 3 5:00   Chandler, Arizona Defendeu o cinturão peso-mosca do WFF.
Vitória 8-3   C.J. Soliven Finalização (mata leão) WFF - World Fighting Federation 16 20/09/2014 1 0:58   Chandler, Arizona Ganhou o cinturão peso-mosca vago do WFF.
Vitória 7-3   Alex Contreras Finalização (triângulo) WFF - World Fighting Federation 14 28/06/2014 3 1:04   Chandler, Arizona Luta no peso-galo.
Vitória 6-3   Paul Amaro Finalização (mata leão) MEZ Sports - Pandemonium 9 26/07/2013 2 3:01   Mission Viejo, Califórnia
Vitória 5-3   Jason Carbajal Nocaute Técnico (socos) MEZ Sports - Pandemonium 8 23/03/2013 3 1:52   Pomona, Califórnia
Vitória 4-3   Jesse Cruz Decisão (dividida) Xplode Fight Series - Anarchy 22/09/2012 3 5:00   Valley Center, Califórnia
Derrota 3-3   Brenson Hansen Decisão (unânime) CITC 11 - Xtreme Couture vs. Southern California 28/07/2012 3 3:00   Lancaster, Califórnia
Vitória 3-2   Jonathan Carter Finalização (chave de braço) Xplode Fight Series - Hunted 19/05/2012 1 1:15   Valley Center, Califórnia
Derrota 2-2   Ron Scolesdang Decisão (unânime) MEZ Sports - Pandemonium 6 03/03/2012 3 3:00   Riverside, Califórnia
Vitória 2-1   Luis Garcia Finalização (chave de braço) UWC Mexico - New Blood 1 29/01/2012 1 2:21   Tijuana
Derrota 1-1   Marco Beristain Decisão (unânime) UWC Mexico 10 - To The Edge 25/06/2011 3 5:00   Tijuana
Vitória 1-0   Atiq Jihad Finalização UWC Mexico 9.5 - Iguana 30/04/2011 1 2:30   Tijuana

Referências

Ligações externasEditar