Abrir menu principal
Brasão de Aracaju

O Brasão de Aracaju é um dos símbolos oficiais do município de Aracaju, estado de Sergipe. Foi criado pelo artista plástico Florival Santos e escolhido por concurso no centenário da cidade[1], sendo adotado pela lei n° 6, de 27 de janeiro de 1955.[2]

O símbolo é composto por uma coroa mural com cinco torres (representando Aracaju como capital estadual), um escudo dividido em quatro partes, dois suportes de cavalos marinhos que seguram o escudo (simbolizando o litoral), e uma faixa azul na parte inferior do escudo com uma divisa em latim escrito "Pax et Labor", que significa "Paz e Trabalho".[3][4]

Dentro do escudo estão elementos históricos e culturais da cidade, como a cruz, que simboliza a religiosidade do aracajuano; o cata-vento que faz alusão à produção de sal, importante fonte de renda no passado da cidade[5]; o coqueiro que faz parte da flora local e um importante produto agrícola; a roda dentada que representa o trabalho e a modernidade.[3][4]

Há erros heráldicos no brasão, como a forma pontiaguda na parte inferior (estilo francês), devendo este ser redondo (estilo português), como é o padrão brasileiro para municípios.[2] E as torres da coroa mural deveriam ser mais bem definidas e possuir portas de cor preta.

Referências

  1. Procuradoria Geral do Estado de Sergipe. «Artista do Mês de Novembro: Florival Santos». Consultado em 3 de setembro de 2017 
  2. a b Prefeitura de Aracaju. «Brasão de Aracaju completa 54 anos de história». Consultado em 3 de setembro de 2017 
  3. a b Prefeitura de Aracaju. «Brasão de Armas é a marca da atual gestão». Consultado em 3 de setembro de 2017 
  4. a b Prefeitura de Aracaju. «Memorial da Bandeira de Aracaju guarda história de Sergipe e do Brasil». Consultado em 3 de setembro de 2017 
  5. Destaque Notícias. «Salinas do Aracaju: ascensão e crise, séculos 19 e 20». Consultado em 3 de setembro de 2017 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar