Brasão de armas da Jamaica

O brasão de armas jaimacano é um brasão de armas concedido à Jamaica em 1661 por Royal Warrant, um legado dos britânicos. O original foi desenhado por William Sancroft, então arcebispo de Canterbury .

Descrição oficialEditar

A Biblioteca Nacional da Jamaica descreve o brasão de armas da seguinte forma (conteúdo em ingles): [1]

For Arms, Argent on a Cross Gules five pine-apples slipped OR: and upon a representation of Our Royal Helmet mantled OR doubled Ermine, for the Crest, On a Wreath Argent and Gules, Upon a Log fesse wise a Crocodile Proper: And for the Supporters, On the dexter side a West Indian Native Woman holding in the exterior hand a Basket of Fruits and on the sinister side a West Indian Native Man supporting by the exterior hand a Bow all proper.

SimbolismoEditar

O lema do selo é sido motivo de discussão há anos desde o início. O lema original, INDUS UTERQUE SERVIET UNI pode ser traduzido do latim como "os dois índios servirão a um senhor" ou "ambos os índios servirão a um senhor", uma provável referência ao povo Arawak / Taino da Jamaica, subjugado pelo Império Britânico .[2] Devido à sua incompatibilidade com a Jamaica moderna, o lema foi substituído em 1962 pelo lema em inglês "Out of Many, One People",[3] (a partir de muitos, um povo) como homenagem à unidade das diferentes minorias culturais que habitam a nação.

ReferênciasEditar

  1. «National Symbols». The National Library of Jamaica. Consultado em 27 de dezembro de 2012 
  2. «The History of Jamaica – Jamaica Information Service». jis.gov.jm. Consultado em 4 de junho de 2022 
  3. «This day in 1962». The Gleaner. 4 de abril de 2012. Consultado em 25 de dezembro de 2012