Abrir menu principal
Brave
Brave - Indomável (PRT)
Valente (BRA)
 Estados Unidos
2012 •  cor •  93 min 
Direção Mark Andrews
Brenda Chapman
Produção Katherine Sarafian
Roteiro Mark Andrews
Steve Purcell
Brenda Chapman
Irene Mecchi
História Brenda Chapman
Narração Kelly Macdonald
Elenco Kelly Macdonald
Billy Connolly
Emma Thompson
Julie Walters
Kevin McKidd
Craig Ferguson
Robbie Coltrane
John Ratzenberger
Gênero animação
aventura
épico
Música Patrick Doyle
Cinematografia Robert Anderson
Danielle Feinberg
Edição Nicholas C. Smith
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento Estados Unidos 22 de junho de 2012
Brasil 20 de julho de 2012[1]
Portugal 15 de agosto de 2012
Idioma inglês
Orçamento US$ 185 milhões[2]
Receita US$ 540,437,063[2]
Página no IMDb (em inglês)

Brave (bra: Valente /prt: Brave - Indomável)[3][4] é um filme americano de 2012 dirigido por Mark Andrews e Brenda Chapman e produzido pela Pixar Animation Studios, a décima-terceira animação realizada pelo estúdio.

Em 3-D, o filme conta com roteiro de Brenda Chapman, e é caracterizado por ser a primeira animação da Pixar protagonizada por uma mulher, Merida. O filme conta com as vozes de Kelly Macdonald, Billy Connolly, Emma Thompson, e Julie Walters. A distribuição é feita pela Walt Disney Pictures, e foi lançado em 22 de junho de 2012 nos Estados Unidos, em 20 de julho no Brasil[1][3] e em 15 de agosto em Portugal.[4]

O filme foi recebido de forma geralmente positiva pelos críticos especializados, obtendo uma média de 77% de aprovação no agregador Rotten Tomatoes, que se baseou em 183 resenhas recolhidas.[5]

EnredoEditar

Na Escócia medieval, a Princesa Mérida, do clã Dunbroch, recebe um arco e flecha por seu pai, o Rei Fergus, por seu sexto aniversário, para desgosto de sua mãe, a Rainha Elinor. Enquanto se aventura na floresta para buscar uma flecha perdida, Merida encontra um fogo-fátuo. Logo depois, Mor'du, um enorme urso demônio, ataca a família; Mérida foge a cavalo com Elinor, enquanto Fergus e seus homens enfrentam Mor'du, embora a luta lhe custe uma das pernas.[6]

Dez anos depois, Mérida, agora com três irmãos trigêmeos mais novos, descobre que ela deve ser prometida ao filho de um dos aliados de seu pai. Elinor explica que o não consentimento do noivado poderia prejudicar Dunbroch, lembrando Merida de uma lenda de um príncipe cujo orgulho e recusa em seguir os desejos de seu pai destruíram seu reino.[6]

Os chefes de clãs aliados e seus filhos primogênitos chegam para competir nos jogos das Terras Altas pela mão de Mérida em casamento. Merida burla as regras, anunciando que, como primogênita de seu próprio clã, ela é elegível para competir por sua própria mão; ela facilmente supera seus pretendentes em um concurso de arco e flecha, envergonhando os outros clãs e, após uma discussão acalorada com Elinor, foge para a floresta. Ao chegar lá, Mérida avista vários fogos-fátuos que a levam à cabana de uma bruxa idosa que trabalha como carpinteira. Merida pechincha por um feitiço para mudar seu destino e a bruxa dá a ela um bolo encantado para ser servido à sua mãe.[6]

Quando Merida retorna ao seu reino ela entrega a Elinor o bolo que a transforma em um urso, incapaz de falar, mas ainda retendo a maior parte de sua consciência humana. Mérida volta para a casa da bruxa com Elinor, apenas para encontrá-la deserta e descobre uma mensagem da bruxa: a menos que Mérida seja capaz de "consertar o vínculo rasgado pelo orgulho" antes do segundo nascer do sol, o feitiço se tornará permanente. Mérida e Elinor são lideradas pelos fogos-fátuos para ruínas antigas, onde encontram Mor'du. Percebendo que Mor'du era o príncipe da lenda, Merida promete que não deixará o mesmo acontecer com sua mãe e conclui que precisa costurar a tapeçaria da família que danificou durante uma discussão anterior com sua mãe para quebrar o feitiço.[6]

Elas retornam ao castelo para encontrar os clãs à beira da guerra pela mão de Mérida; Mérida pretende ceder e se declarar pronta para escolher um pretendente, como exige a tradição, mas Elinor pede que ela insista que os primogênitos devem se casar em seu próprio tempo com quem quiserem. Os clãs concordam, quebrando a tradição, mas renovando e fortalecendo sua aliança.[6]

Mérida entra furtivamente na sala de tapeçaria de Elinor. Elinor, que está perdendo sua consciência humana e tornando-se mais um urso mentalmente, ataca Fergus, mas de repente recupera a compostura e foge do castelo. Confundindo a rainha com Mor'du e incapaz de ouvir Mérida, Fergus persegue o urso com os outros clãs, trancando Mérida no castelo. Mérida escapa com a ajuda de seus irmãos, que também comeram o bolo encantado, transformando-se em filhotes de urso; Mérida repara a tapeçaria e sai em busca do pai. Fergus e os clãs capturam Elinor, mas Mérida intervém e impede seu pai antes que Mor'du chegue. Mor'du derruba os guerreiros do clã e mira em Mérida, mas Elinor intercede, afastando Mor'du e fazendo com que ele seja esmagado por um menir que cai sobre ele durante a luta; isso libera o espírito do príncipe, que silenciosamente agradece a Mérida por libertá-lo. Mérida cobre a mãe com a tapeçaria costurada, mas ela continua sendo uma ursa. Enquanto o sol nasce pela segunda vez, Merida percebe os erros que cometeu e se reconcilia com Elinor, cumprindo, sem saber, o verdadeiro significado da mensagem da bruxa e revertendo os efeitos do feitiço.[6]

Com a morte de Mor'du, Merida e Elinor trabalham juntos em uma nova tapeçaria quando são chamados às docas para se despedir dos outros clãs e andar a cavalo.[6]

ElencoEditar

 
Billy Connolly (ao centro) na estreia australiana do filme no Festival de Cinema de Sydney.[7]

ProduçãoEditar

Brave foi anunciado para a mídia pela primeira vez em abril de 2008, naquela época, o título do filme era The Bear and the Bow.[10][11] Brave é o primeiro conto de fada produzido pela Pixar,[12][13] e foi considerada pelos críticos, uma das películas mais sombrias e maduras, quando comparado às outras produções já feitas pela Pixar.[14][15] Brenda Chapman escreveu o roteiro de Brave, e logo depois, foi anunciada como a diretora da animação, fazendo dela a primeira mulher a dirigir um filme da Pixar,[16] mas em outubro de 2010, ela acabou sendo substituída por Mark Andrews, devido à divergências criativas.[17][18]

A princesa Merida é a primeira protagonista feminina de um filme da Pixar.[9] A voz dela seria inicialmente dublada pela atriz Reese Witherspoon,[10][19] que acabou recusando devido à falta de tempo. Ao invés dela, foi escolhida para dublar a personagem, a atriz escocesa Kelly Macdonald.[9]

Os créditos finais do filme incluem uma homenagem especial ao co-fundador da Pixar, Steve Jobs, que morreu em 2011.[20][21]

RecepçãoEditar

CríticaEditar

Brave recebeu uma aprovação de 78% no agregador de resenhas Rotten Tomatoes, que se baseou em 183 críticas recebidas.[5] Em outro agregador de resenhas, o Metacritic, o filme recebeu uma aprovação de 69%, com base em 36 críticas recolhidas.[22]

ComercialEditar

Até 28 de julho de 2012 o filme já havia faturado 214 261 000 dólares na América do Norte, e 70. 500 000 dólares no restante dos países, totalizando mundialmente um faturamento de 283 524 519 dólares, em seu primeiro mês de exibição.[23]

Na América do Norte houve uma prévia de quanto o filme iria faturar em sua primeira semana de exibição nas salas de cinemas norte-americanas, e foi previsto que o filme faturaria entre 55 milhões a 65 milhões de dólares,[24][25] um lucro considerado baixo quando comparado à primeira semana de exibição de outros filmes da Pixar.[26]

O filme estreou em 22 de junho de 2012 com um faturamento de 24,6 milhões de dólares em seu primeiro dia de lançamento.[27] Ele terminou a sua primeira semana com um ganho de US$ 66,3 milhões de dólares, sendo líder nas bilheterias dos Estados Unidos, e com um lucro superior do que havia sido previsto pelos analistas de bilheteria.[28][29] O público estimado na primeira semana era de 43% do sexo masculino e 57% do sexo feminino.[30]

No Brasil o filme também foi líder nas bilheterias em sua semana de lançamento, com mais de 600 000 espectadores e arrecadando 11 milhões de reais, em sua primeira semana de exibição no país.[31][32]

Trilha sonoraEditar

Brave
Trilha sonora de Patrick Doyle
Lançamento 19 de junho de 2012
Gênero(s) Música celta
Duração 61:72
Gravadora(s) Walt Disney Records
Cronologia álbum de trilha sonora de Pixar
 
"Carros 2 (trilha sonora)"
(2011)
 
Cronologia álbum de trilha sonora de Patrick Doyle
 
"Planeta dos Macacos: A Origem"
(2011)
 

As músicas do filme Brave foram quase todas compostas por Patrick Doyle. A trilha sonora da película ainda conta com duas canções originais, uma escrita por Alex Mandel e cantada na língua gaélica da Escócia pela cantora escocesa Julie Fowlis, e a outra uma canção original cantada pela cantora Birdy ao lado da banda Mumford & Sons.[33] A Walt Disney Records lançou a trilha sonora do filme nos Estados Unidos em CD físico e em download digital em 19 de junho de 2012.[34] No Brasil, a trilha sonora foi lançada através de download digital no dia 18 de julho de 2012, com três faixas em português.[35]

Lista de faixasEditar

A trilha sonora de Brave contém vinte faixas e quase todas elas foram compostas por Patrick Doyle, exceto as canções "Touch the Sky" (música de Alex Mandel e letra de Mandel e Mark Andrews), "Into the Open Air" (música e letra de Mandel)[36] e "Learn Me Right" (música e letra de Mumford & Sons).[37]

A trilha sonora brasileira do filme foi lançada através de download digital em 18 de julho de 2012, e além de contar com as vinte faixas da versão original do álbum, possui mais três faixas adicionais, cantadas em português pela cantora Manu Gavassi e pelo ator e dublador Luiz Carlos Persy.[35][38]

N.º TítuloArtista Duração
1. "Touch the Sky"  Julie Fowlis 2:31
2. "Into the Open Air"  Julie Fowlis 2:41
3. "Learn Me Right"  Birdy e Mumford & Sons 3:46
4. "Fate and Destiny"  Instrumental 4:17
5. "The Games"  Instrumental 1:53
6. "I Am Merida"  Instrumental 2:23
7. "Remember to Smile"  Instrumental 2:17
8. "Merida Rides Away"  Instrumental 4:07
9. "The Witch's Cottage"  Instrumental 4:26
10. "Song of Mor'du"  Billy Connolly e elenco do filme 2:17
11. "Through the Castle"  Instrumental 4:34
12. "Legends Are Lessons"  Instrumental 4:06
13. "Show Us the Way"  Instrumental 3:46
14. "Mum Goes Wild"  Instrumental 3:25
15. "In Her Heart"  Instrumental 2:36
16. "Noble Maiden Fair (A Mhaighdean Bhan Uasal)"  Emma Thompson e Peigi Barker 2:36
17. "Not Now!"  Instrumental 3:34
18. "Get the Key"  Instrumental 3:15
19. "We've Both Changed"  Instrumental 5:30
20. "Merida's Home"  Instrumental 1:32
21. "O Céu Eu Vou Tocar" (Disponível apenas na edição brasileira da trilha sonora)Manu Gavassi 2:32
22. "Ao Ar Livre" (Disponível apenas na edição brasileira da trilha sonora)Manu Gavassi 2:42
23. "Canção de Mor'du" (Disponível apenas na edição brasileira da trilha sonora)Luiz Carlos Persy 2:15
Duração total:
61:72

Desempenho nas paradas musicaisEditar

A trilha sonora de Brave estreou na 33ª posição na Billboard 200 - uma parada musical que lista os 200 discos mais vendidos em cada semana nos Estados Unidos. Também atingiu a 2ª posição na Billboard Soundtracks - que lista os discos de trilha sonora mais vendidos em território americano a cada semana.

Parada (2012) Melhor
posição
  Estados Unidos - Billboard 200[39] 33
  Estados Unidos - Billboard Soundtracks[39] 2

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Situação
2013 Oscar Melhor filme de animação Venceu
Annie Awards Melhor filme de animação Indicado
Globo de Ouro Melhor Animação Venceu

JogoEditar

Brave: The Video Game
Valente
Produtora(s) Behaviour Interactive
Editora(s) Disney Interactive Studios
Distribuidora(s) EA Partners
Compositor(es) Phillipe Charron[40]
Plataforma(s) Mac OS X, Microsoft Windows, Nintendo DS, PlayStation 3, Wii, Xbox 360
Lançamento
  • NA 19 de junho de 2012
  • AU 21 de junho de 2012
  • EU 27 de julho de 2012

O jogo baseado no filme foi produzido pela Behaviour Interactive, e foi publicado pela THQ em junho de 2012, também foi publicada pela Disney Interactive Studios para Mac OS X, Microsoft Windows, Nintendo DS, PlayStation 3, Wii e Xbox 360. O jogo é compatível com os sensores de movimento de cada console, como o PS Move no PlayStation 3, Kinect no Xbox 360 e Wii Remote no Wii. Os controles são utilizados em segmentos especiais do game, como em tiros de arco e flecha.[41]

Referências

  1. a b «"Valente é a nova animação da Disney-Pixar"». Revista Crescer. Globo.com. Consultado em 31 de julho de 2012 
  2. a b «"Brave (2012)"» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 31 de julho de 2012 
  3. a b «"Idealizadores da animação 'Valente' tentam falar com crianças e adultos"». O Estado de S. Paulo. 19 de julho de 2012. Consultado em 31 de julho de 2012 
  4. a b «""Brave – Indomável" chega a Portugal em Agosto"» (em português europeu). Euronews. 19 de junho de 2012. Consultado em 31 de julho de 2012 
  5. a b «"Brave (2012) - Rotten Tomatoes"» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 31 de julho de 2012 
  6. a b c d e f g «Valente (2012) - AdoroCinema». AdoroCinema. Consultado em 9 de novembro de 2019 
  7. Kushigemachi, Todd (29 de maio de 2012). «Sydney fest ramps up for June 6 bow». Variety. Consultado em 21 de março de 2015 
  8. a b c d e f g h i j k l «"Estreia: em 'Valente', Pixar se rende à 'forma Disney' de contar histórias"». G1. 19 de julho de 2012. Consultado em 26 de julho de 2012 
  9. a b c Young, John (28 de março de 2011). «"Pixar's 'Brave': First Look art – EXCLUSIVE PHOTOS"» (em inglês). Entertainment Weekly. Consultado em 30 de julho de 2012 
  10. a b Nichols, Michelle (8 de abril de 2008). «"Disney previews 10 new animated movies, most 3-D"» (em inglês). Reuters. Consultado em 30 de julho de 2012 
  11. «"Estreia – Valente"». R7. 19 de julho de 2012. Cópia arquivada em 30 de julho de 2012 
  12. Antônio Giron, Luís (22 de junho de 2012). «""Valente", o primeiro conto de fadas da Pixar"». Revista Época. Consultado em 30 de julho de 2012 
  13. Calil, Ricardo. «"Currículo da Pixar é o principal inimigo do agradável "Valente""». Folha de S. Paulo. Consultado em 30 de julho de 2012 
  14. Busch, Laura. «"Brave (2012)"» (em inglês). Christian Answers. Consultado em 30 de julho de 2012 
  15. Imondi, Bethany (22 de junho de 2012). «"Pixar's Princess Takes on a New Role"» (em inglês). The Hoya. Consultado em 30 de julho de 2012 
  16. Powers, Lindsay (24 de setembro de 2010). «"Pixar announces first female director"» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 30 de julho de 2012 
  17. «"Em "Valente", Pixar sucumbe ao estilo Disney"». IG. 19 de julho de 2012. Consultado em 30 de julho de 2012 
  18. Sperling, Nicole (25 de maio de 2011). «"When the glass ceiling crashed on Brenda Chapman"» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 30 de julho de 2012 
  19. «"Exclusive: Katherine Sarafian, Producer of Pixar's 'Brave,' Talks Director Controversy, Pixar's Reaction to the Chilly 'Cars 2′ Reception And More"» (em inglês). Slashfilm.com. 13 de abril de 2012. Consultado em 30 de julho de 2012 
  20. «"Novo filme da Pixar "Valente" terá homenagem a Steve Jobs; veja trecho inédito"». Universo Online. UOL Cinema. 25 de maio de 2012. Consultado em 30 de julho de 2012 
  21. Rosen, Christopher (25 de maio de 2012). «"'Brave' Steve Jobs Tribute: New Pixar Film Remembers Late Apple Co-Founder"» (em inglês). Huffington Post. Consultado em 30 de julho de 2012 
  22. «"Brave Reviews, Ratings, Credits, and More"» (em inglês). Metacritic. Consultado em 4 de agosto de 2012 
  23. «"Brave (2012)» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 28 de julho de 2012. Cópia arquivada em 28 de julho de 2012 
  24. McClintock, Pamela (21 de junho de 2012). «"Box Office Preview: 'Brave' to Slay 'Abraham Lincoln' With About $60 Million"» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 28 de julho de 2012 
  25. Kaufman, Amy (21 de junho de 2012). «"Movie Projector: 'Brave' to dominate with expected $65 million"» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 28 de julho de 2012 
  26. Subers, Ray (21 de junho de 2012). «"Forecast: Pixar Aims for 13th-Straight First Place Debut with 'Brave'"» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 28 de julho de 2012 
  27. «"Brave (2012) - Calendar View"» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 28 de julho de 2012 
  28. «"Bilheterias Estados Unidos: Primeira heroína feminina da Pixar conquista o público"». 26 de junho de 2012. Consultado em 28 de julho de 2012. Cópia arquivada em 28 de julho de 2012 
  29. «"Valente, animação da Disney/Pixar, estreia líder de bilheteria do fim de semana, nos EUA"». Portal Vírgula. UOL. 24 de julho de 2012. Consultado em 28 de julho de 2012. Cópia arquivada em 28 de julho de 2012 
  30. Cunningham, Todd (24 de junho de 2012). «"'Brave' and Princess Merida Beat Up the Boys at Box Office: $66.7M"» (em inglês). The Wrap. Consultado em 28 de julho de 2012 
  31. «""Valente" lidera bilheterias no Brasil"». IG. 24 de julho de 2012. Consultado em 28 de julho de 2012. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2012 
  32. «"Animação "Valente" lidera bilheteria no Brasil; confira o ranking"». Folha de S. Paulo. 24 de julho de 2012. Consultado em 28 de julho de 2012 
  33. «"Sounds Of The Highlands; Disney-Pixar's "Brave" Transports Moviegoers to Ancient Scotland with Oscar-Nominated Composer Patrick Doyle, Plus Performers Julie Fowlis and Birdy (with Mumford & Sons)"» (em inglês). 21 de maio de 2012. Consultado em 28 de julho de 2012 
  34. «"Amazon.com: Brave: Various Artists, patrick Doyle, James Shearman: Music"» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 28 de julho de 2012 
  35. a b «"Valente"». iTunes Store (Brasil). Apple, Inc. Consultado em 29 de julho de 2012 
  36. «"Disney•Pixar's Brave Transports Moviegoers to Ancient Scotland with Oscar®-Nominated Composer Patrick Doyle"» (em inglês). Disney. 8 de junho de 2012. Consultado em 28 de julho de 2012 
  37. Swickey, Zachary (22 de maio de 2012). «"Mumford & Sons Pen New Song For Pixar's 'Brave'"» (em inglês). MTV Networks. Consultado em 28 de julho de 2012 
  38. Soares, Louise (21 de julho de 2012). «"Manu Gavassi fala sobre músicas que gravou para 'Valente'"». Folha de S. Paulo. Consultado em 29 de julho de 2012 
  39. a b «"Brave - Original Soundtrack"» (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 28 de julho de 2012 
  40. Arqade
  41. http://www.anmtv.xpg.com.br/brave-the-video-game-ps3-xbox-360-wii-nintendo-ds/

Ligações externasEditar