Abrir menu principal

Breno Correia

nadador brasileiro
Breno Correia
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Breno Martins Correia
Estilo nado livre
Nascimento 19 de fevereiro de 1999 (20 anos)
Salvador, Bahia Bahia
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 74 kg Altura: 1,88m
Medalhas
Campeonatos Mundiais – Piscina Curta
Ouro Hangzhou 2018 4x200 metros livre
Bronze Hangzhou 2018 4x100 metros livre
Jogos Pan-Americanos
Ouro Lima 2019 4x100 m livres
Ouro Lima 2019 4x200 metros livre
Prata Lima 2019 200 m livres
Prata Lima 2019 4×100 medley
Prata Lima 2019 4x100 m livre misto
Jogos Sul-Americanos
Ouro Cochabamba 2018 100 m livres
Ouro Cochabamba 2018 4x200 m livres
Prata Cochabamba 2018 4x100 m livres

Breno Martins Correia (Salvador, 19 de fevereiro de 1999) é um nadador brasileiro.[1]

Ele começou na equipe da ACEB na Bahia, onde, sob o comando de Márcio Cunha e Luiz Arapiraca, ganhou as primeiras medalhas de Mirim para Petiz I. Com a transferência de seu pai para o Rio de Janeiro Breno foi nadar no Clube dos Aliados com o professor Paulo Machado. Treinando lá, ele competiu pelo Vasco da Gama, depois o Tijuca Tênis Clube, até chegar ao Clube de Regatas do Flamengo. Foi no Juvenil II que Breno encarou o treinamento de maneira mais séria. Sob o comando de Eduardo Pereira tornou-se um dos melhores jovens nadadores do país até vir o convite do Esporte Clube Pinheiros, para onde foi transferido em 2017, aos 18 anos de idade. Ali, se torna um especialista de 100 metros e 200 metros nas mãos do técnico Alberto Silva (Albertinho). [2]

Trajetória esportivaEditar

Nos Jogos Sul-Americanos de 2018 em Cochabamba, ele ganhou duas medalhas de ouro nos 100m e 4x200m livres, e uma medalha de prata nos 4x100 m livres. Logo depois, no Troféu Brasil, ele foi vice-campeão dos 200 metros livres (1m47s94) e terminou em 6º lugar nos 100 metros livres, com um tempo de 48s78.[3]

No Campeonato Mundial de Piscina Curta de 2018 em Hangzhou, China, Breno, juntamente com César Cielo, Matheus Santana e Marcelo Chierighini, conquistou a medalha de bronze nos 4 × 100 metros livres, com um tempo de 3m05s15, estabelecendo novo recorde Sul-americano.[4][5][6] Logo depois, juntamente com Luiz Altamir Melo, Leonardo Coelho Santos e Fernando Scheffer, surpreenderam o mundo ao conquistar a medalha de ouro no revezamento 4 × 200 metros livres, batendo o recorde mundial, com um tempo de 6m46s81. O revezamento foi composto unicamente por jovens entre 19 a 23 anos, e não era favorito ao ouro. [7][8]No revezamento 4 × 100 m medley, ele terminou em 4º lugar[9] . Ele também terminou em 5º lugar nos 200 metros livres, a apenas 0,08s de distância da medalha de bronze.[10]

No Troféu Brasil de 2019 (piscina longa), aos 20 anos, nadou abaixo do índice olímpico nos 100m livres, com o tempo de 48s11, e nos 200m livres, com 1m46s65. À época, entre os nadadores brasileiros, apenas Marcelo Chierighini e César Cielo já haviam conseguido, em algum momento, nadar os 100m livres na marca de 47 segundos. [11]

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2019, em Gwangju, na Coréia do Sul, na prova dos 100m livres, ele chegou à primeira final de Mundial de sua carreira, terminando em 8º lugar. [12]A equipe brasileira do 4 × 200 metros livres, agora com João de Lucca no lugar de de Leonardo Coelho Santos, baixou o recorde sul-americano em quase 3 segundos, com o tempo de 7m07s12 , nas eliminatórias da prova[13]. Eles terminaram em 7º, com um tempo de 7m07s64 na final [14]. Foi a primeira vez que o revezamento 4x200m livres do Brasil se classificou para a final do Campeonato Mundial, e o resultado qualificou o Brasil para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. [15] Nos revezamentos 4×100m livres e 4x100m medley, ele terminou em 6º, ajudando o Brasil a se classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.[16][17] Ele também terminou em 17º nos 200 m livres. [18]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2019, realizados em Lima, Peru, ele ganhou 5 medalhas: 2 ouros nos 4 × 100 m livres[19] e 4 × 200 m livres [20], quebrando o recorde dos Jogos Pan-Americanos em ambos; e 3 medalhas de prata nos 200m livres[21], 4x100m medley e 4x100m livre misto (neste, por participar das eliminatórias).[22][23] Ele também terminou em 5º lugar nos 100m livres.[24]

Referências

  1. «Perfil no ECP». ECP. 2018. Consultado em 10 de maio de 2019 
  2. «Está na hora de falarmos de Breno Correia». SPORTV. 15 de junho de 2018. Consultado em 10 de maio de 2019 
  3. «Está na hora de falarmos de Breno Correia». SPORTV. 15 de junho de 2018. Consultado em 10 de maio de 2019 
  4. «Resultado dos 4x100m livres no Mundial de Hangzhou 2018». OmegaTiming. 11 de dezembro de 2018. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  5. «Revezamento do Brasil é bronze e César Cielo abre possível último Mundial no pódio». Globoesporte. 11 de dezembro de 2018. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  6. «Sob olhares dos pais, Cielo se torna o atleta do país com mais pódios em Mundiais na história». Globoesporte. 11 de dezembro de 2018. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  7. «Resultado dos 4x200m livres no Mundial de Hangzhou 2018». OmegaTiming. 14 de dezembro de 2018. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  8. «Brasil surpreende no 4x200m livre e conquista o ouro com recorde mundial em Hangzhou». Globoesporte. 14 de dezembro de 2018. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  9. «Resultado dos 4x100m medley no Mundial de Hangzhou 2018». OmegaTiming. 16 de dezembro de 2018. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  10. «Resultado dos 200m livres no Mundial de Hangzhou 2018». OmegaTiming. 12 de dezembro de 2018. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  11. 24 marcas abaixo do índice olímpico no Troféu Brasil 2019
  12. Resultados dos 100m livres em Gwangju 2019
  13. Resultados dos 4x200m livres eliminatória em Gwangju 2019
  14. Resultados dos 4x200m livres final em Gwangju 2019
  15. Revezamento 4x200m bate recorde Sul Americano, vai à final e garante vaga olímpica
  16. Resultados dos 4x100 metros livres em 2019 Gwangju
  17. Resultados dos 4x100 metros medley em 2019 Gwangju
  18. Resultados dos 200m livres em Gwangju 2019
  19. Final dos 4x100m livres
  20. 4 × 200 metros livres Final
  21. 200m livres - Final
  22. Final do 4x100m livre misto
  23. Final do 4x100m medley
  24. Final dos 100m livres