Brentford Football Club

clube de futebol em Brentford, Londres

O Brentford Football Club é um clube de futebol da Inglaterra, sediado em Brentford, Londres. Atualmente disputa a Premier League e tem como maiores rivais o Fulham, Queens Park Rangers e o Chelsea.[3][4]

Brentford
Nome Brentford Football Club
Alcunhas The Bees (As Abelhas)
Mascote Buzz Bee and Buzzette (Abelha)
Principal rival Fulham
Queens Park Rangers
Chelsea[1]
Fundação 10 de outubro de 1889 (134 anos)[2]
Estádio Brentford Community Stadium
Capacidade 17.250
Localização Brentford, Londres, Inglaterra
Proprietário(a) Matthew Benham
Presidente Cliff Crown
Treinador(a) Thomas Frank
Patrocinador(a) Hollywoodbets
Material (d)esportivo Umbro
Competição Premier League
Copa da Inglaterra
Copa da Liga Inglesa
Website brentfordfc.co.uk
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

História editar

Primeiros anos editar

Em 1889, a cidade de Brentford, Middlesex, sediava o Clube de Remo de Brentford e o Clube de Críquete de Boston Park. As tentativas de formar clubes de futebol e rugby na cidade caíram no esquecimento até à abertura de um novo campo recreativo em 17 de outubro de 1889. Sete dias antes, tinha-se realizado uma reunião no pub Oxford & Cambridge, perto de Kew Bridge, durante a qual os membros dos clubes de remo e de críquete tentaram decidir a melhor forma de utilizar o campo de recreação. Em 16 de outubro de 1889, os membros do clube de remo reuniram-se novamente no pub Oxford & Cambridge e foi votado que o novo clube iria jogar futebol, sendo designado "Brentford Football Club".

Em 26 de outubro de 1889, o clube realizou o seu primeiro jogo de treino e, em 23 de novembro, o primeiro jogo competitivo do clube foi disputado contra o Kew, que resultou num empate de 1-1[5]. A temporada de 1892-93 viu o Brentford entrar pela primeira vez numa liga - a West London Alliance. O Brentford continuou a disputar sobretudo jogos de taça e amistosos até 1896, altura em que o clube foi eleito para a Segunda Divisão da Liga de Londres. As façanhas do Brentford na Liga de Londres e o seu estabelecimento como um dos principais clubes amadores de Londres levaram à eleição do clube para a Segunda Divisão (seção de Londres) da Liga do Sul na época de 1898-99. O clube tornou-se profissional na temporada 1899-1900 e ganhou um lugar na First Division em julho de 1901, depois do Gravesend United ter abandonado a Liga do Sul.

O Brentford mudou-se para o Griffin Park, a sua primeira casa permanente, a tempo do início da temporada 1904-05. Os Bees chegaram à primeira rodada da FA Cup pela primeira vez em 1905-06, avançando até à terceira rodada antes de ser eliminado pelo Liverpool em Anfield. Apesar de uma recuperação inicial da forma, 9 derrotas nos últimos 11 jogos de 1912-13 levaram à despromoção do Brentford após uma estadia de 11 temporadas na Primeira Divisão.

Em julho de 1915, a Liga do Sul cancelou a sua competição durante a Primeira Guerra Mundial. O Brentford competiu na London Combination durante a guerra, tendo o plantel sido dizimado pela convocação de jogadores para o serviço militar ou para a guerra. O Brentford ganhou o título da London Combination em 1918-19, quatro pontos à frente do Arsenal, o 2º colocado. O Brentford recusou a oportunidade de se candidatar à Football League para a temporada de 1919-20 e, em vez disso, candidatou-se à eleição para a Primeira Divisão da Liga do Sul, que lhe foi atribuída, terminando em 15º lugar.

Entrada na Football League e anos de glória editar

 
Posições do Brentford em ligas desde a temporada 1920-21 da Football League

Em maio de 1920, o Brentford e 20 outros clubes da Primeira Divisão da Liga do Sul foram eleitos para a Football League como membros fundadores da Terceira Divisão para a temporada 1920-21. 11 novos jogadores foram contratados e o primeiro jogo dos Bees na Football League que aconteceu em 28 de agosto de 1920, no St. James Park, estádio do Exeter City, e resultou numa derrota por 3-0. Apesar dos 18 gols de Harry King, a falta de gols de outros jogadores da equipe levou o Brentford terminar no 21º lugar, mas o clube foi reeleito para a liga sem ter de ir a votos.

Durante a temporada ruim de 1926, tudo mudou em Griffin Park, com o antigo treinador do Gillingham, Harry Curtis, foi nomeado como treinador. Apenas 9 membros do plantel da temporada anterior foram mantidos, mas apesar dos resultados a meio da tabela nas três temporadas seguintes, Curtis reconstruiu lentamente o plantel. A temporada da Terceira Divisão Sul de 1929-30 constituiu a base do sucesso futuro dos Bees, mas o clube perdeu a promoção para o Plymouth Argyle[6][7] .Os Bees conquistaram o título da Terceira Divisão Sul de 1932-33, com Jack Holliday marcando um recorde de 39 gols.

Depois de chegarem ao topo da tabela pela terceira vez na temporada 1934-35, em 2 de março de 1935, os Bees não voltaram a ceder o primeiro lugar, conquistando o título e a promoção à Primeira Divisão pela primeira vez na história do clube[8]. O Brentford também completou uma dobradinha única ao vencer a London Challenge Cup. Depois de ter subido da Terceira Divisão para a primeira em apenas três temporadas, o treinador Harry Curtis optou por manter o plantel intacto para a temporada 1935-36 da Primeira Divisão. Uma extensão da esplanada de New Road aumentou a capacidade do Griffin Park para 40.000 pessoas, o que geraria receitas adicionais. Após 15 jogos, o Brentford parecia certo de ser rebaixado, no entanto, o clube conseguiu uma reviravolta notável, com os Bees perdendo apenas dois dos 23 jogos finais e terminando na melhor posição da história clube, o 5º lugar[9]. O Brentford voltou a ter um desempenho acima das expectativas durante as temporadas 1936-37 e 1937-38, terminando em 6º lugar em cada campanha e alcançando a sexta rodada da FA Cup pela primeira vez em 1937-38[10]. O clube atingiu o seu apogeu entre outubro de 1937 e fevereiro de 1938, mantendo-se em primeiro lugar da Primeira Divisão durante 17 jogos consecutivos[11].

A temporada 1938-39 foi o início do fim do auge do Brentford, que evitou por pouco o rebaixamento. A temporada 1939-40 durou apenas três jogos, antes de a Segunda Guerra Mundial suspender a competição. O Brentford competiu na Football League South e na London War League durante os anos de guerra, com grande parte da equipe complementada por convidados e jovens amadores, embora o núcleo da equipe anterior à guerra continuasse a disputar a maioria dos jogos do clube. Em 30 de maio de 1942, os Bees obtiveram uma vitória por 2-0 sobre o Portsmouth na final da London War Cup, no Estádio de Wembley.

O plantel de 1946-47 do Brentford, para a primeira temporada competitiva após a Segunda Guerra Mundial, foi composto pelo núcleo envelhecido do plantel de 1939-40, anterior à guerra, o que levaria à despromoção dos Bees da Primeira Divisão. Depois de evitar por pouco uma segunda despromoção consecutiva em 1947-48, o treinador Harry Curtis anunciou que a temporada 1948-49 seria a sua última no cargo, após quase 23 anos[6]. A temporada terminou com um 18º lugar, apesar de o jogo da sexta rodada da FA Cup, em casa contra o Leicester City, tendo estabelecido um novo recorde de público no Griffin Park, com 38.678 espectadores. Em 1953-54, o rebaixamento do Brentford para a Terceira Divisão Sul foi confirmada no último dia da temporada, após uma derrota por 3-1 frente ao Leicester City, no Griffin Park.

1954–1986: Declínio e dificuldades financeiras editar

O rebaixamento para a Terceira Divisão Sul no final da temporada 1953-54 significou que 1954-55 seria o primeiro de Brentford na camada inferior em 21 anos[12]. Depois de três finais consecutivos entre os seis primeiros,[12] a má fase se instalou durante a temporada 1960-61, com a má forma em campo espelhada pelas notícias da diretoria de dívidas de £ 50.000 (equivalente a £ 1.184.100 em 2023).

Após a venda de vários jogadores importantes, os Bees terminaram na vice-lanterna da Terceira Divisão de 1961-62 e foram despromovidos, dando início a vários anos de ioiô entre a Terceira e a Quarta divisões. Apesar de terem vencido apenas sete dos últimos 14 jogos da época, o Brentford terminou 1962-63 como campeão da Quarta Divisão[13]. No entanto, em 1965-66, Billy Gray não conseguiu evitar o rebaixamenti para a Quarta Divisão. Em dezembro de 1966, o presidente Dunnett revelou na Assembleia Geral Anual do Brentford que o clube tinha perdido 20.000 libras durante o ano financeiro anterior e que iria vender a sua participação no clube. No início desse mês, os vizinhos do QPR sugeriram que os dois clubes compartilhassem o Griffin Park. Em 19 de janeiro de 1967, foi divulgada a notícia de que Dunnett e o seu homólogo do QPR, Jim Gregory, tinham chegado a um acordo segundo o qual os rivais do Brentford se mudariam para o Griffin Park, o estádio do Queens Park Rangers, Loftus Road, seria transformado em habitação e o Brentford, enquanto clube, deixaria de existir.

Após um mês tenso de protestos dos torcedores, negociações e donativos no valor de 8.500 libras (equivalente a 164.100 libras em 2023)[14][14], um sindicato de seis homens, liderado pelo antigo presidente do Plymouth Argyle, Ron Blindell, adquiriu as ações de Dunnett em 23 de fevereiro de 1967 e garantiu um empréstimo intercalar de 104.000 libras durante 12 meses. No dia seguinte, Blindell, na qualidade de presidente, assumiu o controle do clube. Soube-se que o presidente do QPR, Jim Gregory, tinha ressuscitado o seu interesse em Griffin Park e ofereceu 250.000 libras pela utilização do terreno, uma taxa que eliminaria instantaneamente a dívida de 135.000 libras do Brentford, se o clube se mudasse para Hillingdon. O nome "Brentford Borough FC" já tinha sido escolhido para o novo clube sediado em Hillingdon, mas mais uma vez o Brentford foi salvo à última hora, com o antigo diretor Walter Wheatley a conceder ao clube um empréstimo de 69 000 libras sem juros, reembolsável em 12 meses.

Sob o comando de Frank Blunstone, o Brentford conseguiu a promoção para a Terceira Divisão a dois jogos do fim da temporada, mas foi rebaixado no último dia da temporada 1972-73. Após um período de consolidação, Bill Dodgin Jr. levou o Brentford ao 4º lugar e à promoção para a Terceira Divisão na temporeada 1977-78. O Brentford alcançou a sua primeira grande final de copas na temporada 1984-85, mas perdeu por 3-1 contra o Wigan Athletic na final do Football League Trophy de 1985, no Estádio de Wembley. Na época de 1988-89, os Bees chegaram à sexta ronda da Taça de Inglaterra, que terminou com uma derrota por 4-0 contra o Liverpool, em Anfield[15].

1986–2014 editar

Em 1991-92, seis vitórias nos seis jogos finais levaram o Brentford a recuperar para vencer o campeonato da Terceira Divisão no último dia e garantir o acesso à Segunda Divisão pela primeira vez desde a temporada de 1953-54.[10][16] No entanto, o Brentford regressou imediatamente ao terceiro escalão. Em 1996-97, o Brentford não conseguiu a promoção, perdendo a final do play-off contra o Crewe Alexandra. Na temporada 1997-98, o Brentford foi rebaixado para a Terceira Divisão no último dia da temporada.

Em junho de 1998, o antigo presidente do Crystal Palace, Ron Noades, assumiu a propriedade do Brentford e efetuou grandes mudanças no clube, instalando-se como presidente-gerente. Os Bees venceram o campeonato da Terceira Divisão de 1998-99 na última rodada, depois de derrotarem o Cambridge United por 1-0 num jogo em que o vencedor leva tudo, no Abbey Stadium[17]. O Brentford chegou à final da Football League Trophy de 2001, mas foi derrotado por 2-1 pelo Port Vale. No final da temporada 2001-02, o Brentford perdeu por pouco a promoção automática na última jornada para o Reading. Os Bees só conseguiram um empate num jogo obrigatório, antes de perderem a final do "play-off" de 2002, frente ao Stoke City, por 2-0[18][18].

Depois da falência da ITV Digital, as restrições financeiras impostas ao clube por Noades deixaram o novo treinador Wally Downes com um plantel inexperiente e uma administração foi evitada por pouco em agosto de 2002[19][20]. Noades abandonou o clube e entregou o controle à associação de torcedores Bees United. O Brentford evitou por pouco a despromoção no final da temporada 2003-04[21]. Em 2004-05 e 2005-06, o Brentford chegou à quinta rodada da FA Cup e às semifinais do play-off[22]. Apesar de um bom início da temporada 2006-07, a despromoção do Brentford foi confirmada a 9 de abril de 2007, acabando o clube no último lugar da tabela classificativa[23][10]. Apesar da despromoção, as finanças do clube melhoraram depois de Matthew Benham ter pago cerca de 3 milhões de libras para assumir algumas das dívidas do clube em janeiro de 2007[24].

Sob o comando de Andy Scott, os Bees conquistaram o título da League Two após a vitória no penúltimo jogo da temporada 2008-09. Em 2010-11 tornou-se memorável pelas façanhas do Brentford nas taças, chegando à quarta rodada da Copa da Liga e à final da Football League Trophy de 2011, que perdeu por 1-0 para o Carlisle United[25]. O Brentford esteve a um pênalti da promoção direta para a EFL Championship na última rodada da temporada 2012-13, perdendo por 1-0 para o rival Doncaster Rovers no Griffin Park, que só precisava de um empate para garantir a promoção direta[26]. Os Bees perderam para o Yeovil Town na final dos play-offs[27]. Apesar de um mau início de temporada, Mark Warburton levou os Bees à promoção direta para a Championship em 2014[10][28].

2014-presente: Acesso à Premier League editar

 
O Brenford começou a utilizar o Brentford Community Stadium em 2020

Em sua primeira temporada na Segunda Divisão desde 1993, o Brentford terminou em 5º lugar, mas perdeu para o Middlesbrough nas semifinais do play-off[29][30]. Sob o comando de Dean Smith, Brentford se tornou um time que se mantém na 2ª Divisão[31]. O sucessor de Smith, Thomas Frank, levou o Brentford à final do play-off da EFL Championship de 2019–20, mas perdeu por 2-1 para os rivais do Oeste de Londres, o Fulham. Em 2020 o clube mudou-se do Griffin Park (sua casa durante 116 anos) para o Brentford Community Stadium, um estádio com capacidade para 17.250 lugares. O Brentford repetiu o seu terceiro lugar durante a temporada regular de 2020–21 e foi o campeão dos play-offs, assegurando a promoção à Premier League de 2021–22 com uma vitória por 2-0 sobre o Swansea City na final dos play-offs do Championship de 2021[32]. Frank guiou a sua equipe para o 13º e 9º lugar nas duas primeiras campanhas do Brentford na Premier League[10].

Estádios ao decorrer da história editar

Cores e escudo editar

As cores predominantes do Brentford em casa são uma camisa com riscas vermelhas e brancas, calções pretos e meias vermelhas ou pretas. Estas têm sido as cores predominantes do clube em casa desde a época de 1925-26, exceto numa temporada - 1960-61 - em que o amarelo (dourado) e o azul foram utilizados, sem sucesso[36]. As cores ao entrar na Football League, em 1920-21, eram as camisas brancas, calções e meias azul-marinho. Os equipamentos de jogo fora de casa têm variado ao longo dos anos, sendo as cores atuais uma camisa azul-celeste, calções e meias azul-celeste.

O Brentford teve vários emblemas nas camisas desde a sua fundação, em 1889[37]. O primeiro, em 1893, era um escudo branco, com "BFC" a azul e uma linha ondulada a azul, que se pensa representar o rio e o clube de remo que fundou o clube de futebol[37]. O emblema seguinte conhecido, o Middlesex County Arms, estava nas camisas doadas por um torcedor do clube em 1909[37]. As armas de Brentford e Chiswick, como emblema, foram usadas apenas durante uma temporada, em 1938-39[37]. O emblema seguinte foi nos anos 60, quando um escudo, formado por quadrantes, tinha uma colmeia e abelhas num, 3 espadas noutro e os outros dois com riscas vermelhas e brancas[37]. Em 1972, o clube organizou um concurso para desenhar um novo brasão, que foi ganho pelo desenho do Sr. B.G. Spencer, um círculo com uma abelha e riscas e a data de fundação de 1888. Este foi introduzido em 1973 e utilizado até maio de 1975, altura em que foi comunicado ao clube, através de Graham Haynes, que o clube tinha sido fundado em 1889 e não em 1888. Por conseguinte, foi introduzido um novo emblema, alegadamente concebido por Dan Tana - o presidente do clube na altura - para a temporada 1975-76, que continuou a ser utilizado até 1994, quando foi introduzido o emblema atual. Em 2011, Russell Grant afirmou ter concebido o emblema numa entrevista à BBC[38]; no entanto, na realidade, foi concebido em 1993 para dois season tickets pelo torcedor Andrew Henning, na sequência de um pedido de Keith Loring, o então diretor executivo[36]. Em 2017, o clube redesenhou o seu emblema para um design mais moderno e simples, com a flexibilidade de poder ser utilizado em impressões a dois tons[37]. O design é um duplo círculo com o nome do clube e o ano de fundação em branco sobre um fundo vermelho e uma grande abelha central[37].

Material esportivo e patrocinadores editar

Período Material esportivo Patrocinador de camisa
1975–1976 Umbro Nenhum
1977–1980 Bukta
1980–1981 Adidas
1981–1984 Osca DHL
1984–1986 KLM
1986–1988 Spall
1988–1990 Hobott
1990–1992 Chad
1992–1995 Hummel
1995–1996 Core Ericsson
1996–1998 Cobra
1998–2000 Super League GMB
2000–2002 Patrick
2002–2003 TFG
2003–2005 St. George
2005–2006 Lonsdale
2006–2007 Samvo Group
2007–2008 Puma
2008–2012 Hertings
2012–2013 Sky Ex
2013–2015 Adidas
2015–2016 Matchbook.com
2016–2017 888sport
2017–2019 LeoVegas
2019–2020 Umbro EcoWorld London
2020–2021 Utilita
2021– Hollywoodbets

Apelido editar

A alcunha do Brentford é "The Bees". O apelido foi criado involuntariamente por estudantes do Borough Road College na década de 1890, quando assistiram a um jogo e gritaram o cântico do colégio "buck up Bs" para apoiar o seu amigo e então jogador do Brentford, Joseph Gettins. Os jornais locais ouviram mal o cântico como "Buck up Bees" e a alcunha pegou.

Rivalidades editar

Os principais rivais do Brentford são o Fulham e o Queens Park Rangers[39]. O clube tem uma rivalidade de longa data com o Fulham[40]. No passado, este jogo foi marcado pela violência entre as torcidas[41]. A rivalidade entre o Brentford e o Queens Park Rangers intensificou-se em 1967, quando o Rangers falhou em uma tentativa de aquisição dos Bees, que se tivesse sido bem sucedida, teria levado o Rangers a mudar-se para Griffin Park e o Brentford a abandonar a Football League. Tal como acontece com a rivalidade com o Fulham, este jogo é marcado por paixões exaltadas entre ambos os grupos de torcedores, com o orgulho local em jogo[42].

Títulos editar

NACIONAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Inglês - 2° Divisão 1 1934-35
  Campeonato Inglês - 3° Divisão 1 1932-33
  Campeonato Inglês - 4° Divisão 3 1962-63, 1998-99 e 2008-09

Elenco atual editar

  Última atualização: 1 de setembro de 2023.

Elenco atual do Brentford Football Club[43]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G   Mark Flekken 12 LE   Sergio Reguilón 23 A   Keane Lewis-Potter
2 LD   Aaron Hickey 13 Z   Mathias Jørgensen 24 A   Mikkel Damsgaard
3 LE   Rico Henry 14 M   Saman Ghoddos 25 M   Myles Peart-Harris
5 Z   Ethan Pinnock 15 V   Frank Onyeka 26 M   Shandon Baptiste
6 V   Christian Nørgaard   16 Z   Ben Mee 27 V   Vitaly Janelt  
7 A   Neal Maupay 17 A   Ivan Toney  ² 30 LD   Mads Roerslev
8 M   Mathias Jensen  ³ 19 A   Bryan Mbeumo 33 M   Yehor Yarmolyuk
9 A   Kevin Schade 20 Z   Kristoffer Ajer 40 G   Ellery Balcombe
10 V   Josh Dasilva 21 G   Thomas Strakosha G   Hákon Valdimarsson
11 A   Yoane Wissa 22 Z   Nathan Collins

Técnico:   Thomas Frank

Ligações externas editar

Referências

  1. Site Friends of Fulham - Football Rivalry Census 2012 (with Poll), página editada em 24 de setembro de 2012 e disponível em 21 de setembro de 2018.
  2. Brentford Football Club is 125 years old today Brentfordfc.com
  3. Site Friends of Fulham - Football Rivalry Census 2012 (with Poll), página editada em 24 de setembro de 2012 e disponível em 22 de setembro de 2018.
  4. «Brentford FC to move home in summer 2020 as work continues on new stadium». www.brentfordfc.com (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2019 
  5. «125 years ago today..........». www.brentfordfc.com (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2023 
  6. a b «Remembering The Guvnor: Harry Curtis». www.brentfordfc.com (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2023 
  7. «Brentford League Table 1929-1930 - Statto.com». web.archive.org. 13 de novembro de 2016. Consultado em 9 de julho de 2023 
  8. «Brentford results for the 1934-1935 season - Statto.com». web.archive.org. 29 de agosto de 2016. Consultado em 9 de julho de 2023 
  9. «Brentford results for the 1935-1936 season - Statto.com». web.archive.org. 27 de agosto de 2016. Consultado em 9 de julho de 2023 
  10. a b c d e «Football Club History Database - Brentford». www.fchd.info. Consultado em 9 de julho de 2023 
  11. «Brentford results for the 1937-1938 season - Statto.com». web.archive.org. 14 de agosto de 2016. Consultado em 9 de julho de 2023 
  12. a b «Brentford Complete History - Statto.com». web.archive.org. 15 de setembro de 2016. Consultado em 9 de julho de 2023 
  13. «Brentford results for the 1962-1963 season - Statto.com». web.archive.org. 2 de outubro de 2015. Consultado em 9 de julho de 2023 
  14. a b Street, Tim (19 de janeiro de 2017). «When Brentford were almost taken over by QPR - 50 years on». MyLondon (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2023 
  15. «Brentford results for the 1988-1989 season - Statto.com». web.archive.org. 29 de novembro de 2016. Consultado em 10 de julho de 2023 
  16. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome :3
  17. «Vale vault Brentford to lift Vans trophy» (em inglês). 22 de abril de 2001. Consultado em 10 de julho de 2023 
  18. a b Street, Tim (2 de outubro de 2014). «Rewind: Brentford heartache as Reading snatch promotion». MyLondon (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  19. Standard, Raoul Simons, Evening (13 de abril de 2012). «Downes gets sack from troubled Brentford». Evening Standard (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  20. «Administration shelved - thanks to £400,000 Powell». News Shopper (em inglês). 19 de agosto de 2002. Consultado em 10 de julho de 2023 
  21. «Brentford 1-0 Bournemouth» (em inglês). 8 de maio de 2004. Consultado em 10 de julho de 2023 
  22. «Brentford 2-1 Sunderland» (em inglês). 28 de janeiro de 2006. Consultado em 10 de julho de 2023 
  23. «Brentford | News | Latest News | Latest News | BEES SEEK NEW MANAGEMENT TEAM». web.archive.org. 2 de agosto de 2018. Consultado em 10 de julho de 2023 
  24. «Brentford fan takes on club debts» (em inglês). 22 de janeiro de 2007. Consultado em 10 de julho de 2023 
  25. «Brentford results for the 2010-2011 season - Statto.com». web.archive.org. 9 de setembro de 2016. Consultado em 10 de julho de 2023 
  26. «Brentford 0-1 Doncaster». BBC Sport (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  27. Muro, Giuseppe (20 de maio de 2013). «Brentford 1-2 Yeovil: Bees lose League One play-off final». Evening Standard (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  28. «MARK WARBURTON APPOINTED MANAGER». www.brentfordfc.com (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  29. «Middlesbrough 3-0 Brentford». BBC Sport (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  30. «Brentford results for the 2014-2015 season - Statto.com». web.archive.org. 29 de novembro de 2016. Consultado em 10 de julho de 2023 
  31. «Smith gets Villa job with Terry assistant». BBC Sport (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  32. «Bees beat Swans to reach Premier League». BBC Sport (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2023 
  33. a b c d e «Brentford F.C.». Wikipedia (em inglês). 3 de agosto de 2023. Consultado em 6 de agosto de 2023 
  34. «The last night at Griffin Park». www.brentfordfc.com (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2023 
  35. «Brentford 1 Wycombe Wanderers 1 (Brentford win 4-2 on penalties)». www.brentfordfc.com (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2023 
  36. a b «Brentford - Historical Football Kits». www.historicalkits.co.uk. Consultado em 11 de julho de 2023 
  37. a b c d e f g «Welcome to nginx!». crest.brentfordfc.co.uk. Consultado em 11 de julho de 2023 
  38. «Which Strictly star designed Brentford's badge?». BBC Sport (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2023 
  39. RIVALRY UNCOVERED (PDF). [S.l.: s.n.] 
  40. «Craven Cottage | Fulham FC | Football Ground Guide». footballgroundguide.com (em inglês). Abril de 2011. Consultado em 11 de julho de 2023 
  41. «Fulham F.C. - The 1995/1996 Season». web.archive.org. 23 de agosto de 2002. Consultado em 11 de julho de 2023 
  42. «Brentford FC vs. QPR». www.footballderbies.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  43. «Men's» (em inglês). Site oficial do Brentford FC. Consultado em 1 de setembro de 2023