Brigada de Reação Rápida

baixar livro de história

A Brigada de Reação Rápida (AO 1945: Brigada de Reacção Rápida) ou BrigRR é uma das três grandes unidades operacionais do Exército Português. Grande parte dos seus mais de 3000 membros são paraquedistas altamente treinados. A elevada preparação dos seus militares e o seu moderno equipamento torna esta Brigada a principal força de intervenção terrestre de Portugal, daí as suas inúmeras operações em países estrangeiros.

Brasão de armas da BRR.

Até 2006, a BrigRR foi designada "Brigada Aerotransportada Independente", sendo essencialmente uma unidade paraquedista. Nesse ano, mudou a sua designação para a actual, passando a englobar as forças de Comandos e de Operações Especiais do Exército Português.

HistóriaEditar

As antecessoras directas da Brigada de Reação Rápida são as unidades paraquedistas de escalão brigada que existiram no passado.

Com o fim da Guerra do Ultramar em 1975, as tropas paraquedistas da Força Aérea Portuguesa foram reorganizadas, formando o Corpo de Tropas Paraquedistas (CTP). Este Corpo tinha como grande unidade operacional a Brigada Ligeira de Paraquedistas (Briparas).

Em 1993, foi decidida a transferência das tropas paraquedistas da Força Aérea para o Exército. A Briparas foi reorganizada e passou a chamar-se "Brigada Aerotransportada Independente (BAI)".

Na reorganização do Exército de 2006, foi decidida a concentração de todas as suas forças especiais, bem como da Unidade de Aviação Ligeira do Exército, na BAI. A mesma deixou assim de ser uma unidade aerotransportada pura, alterando a sua designação para "Brigada de Reação Rápida".

A utilização de um boina verde na farda, faz com que sejam conhecidos como os boinas verdes tal como os comandos são conhecidos pelos boinas vermelhos.

OrganizaçõesEditar

 
Comandos do Exército Português numa missão no Afeganistão.

Brigada Ligeira de ParaquedistasEditar

A Briparas era constituída por:

Brigada Aerotransportada IndependenteEditar

A BAI era constituída por:

Observação: Existia ainda o Batalhão de Apoio Aeroterrestre que estava diretamente dependente do Comando de Tropas Aerotransportadas, não integrando a BAI.

  • Pelotão de Operações Especiais do Centro de Instrução de Operações Especiais actual Centro de Tropas de Operações Especiais;
 
Paraquedista Português após um salto de grande altitude durante o exercício Saber Strike 18 na Letónia.

Brigada de Reação RápidaEditar

A BrigRR é constituída por:

 
Militares do Regimento de Artilharia N.º 4 durante o exercício NATO Trident Juncture 15.

Cada Batalhão de Infantaria Paraquedista é composto por:

  • Companhia de Comando e Apoio (CCA) organizada em:
    • Pelotão de Reconhecimento com Toyota Land Cruiser armados com Browning .50 (12,7mm), Lança-Granadas Santa Bárbara de 40mm e MG3.
    • Pelotão Anticarro com misseis MILAN II
    • Pelotão de Morteiros Médios 81mm
    • Secção Sniper
    • Secção de Vigilância do Campo de Batalha
    • Pelotão Sanitário
    • Secção de Reabastecimento e Transporte
    • Secção de Transmissões
  • 3 x companhias de atiradores (CAt): o seu armamento principal é constituído por Esp. aut. FN SCAR com FN40 GL (lança-granadas), FN Minimi 7,62mm, Morteiros 60mm (3 por companhia), e Canhões anticarro Carl Gustav M3 de 84mm (3 por companhia)

O Esquadrão de Reconhecimento é composto por:

O Batalhão Operacional Aeroterrestre integra as seguintes subunidades: [1]

  • Companhia de Precursores Aeroterrestres - força especial de com a missão principal de infiltração aérea e reconhecimento de zonas de lançamento de tropas paraquedistas;
  • Companhia de Abastecimento Aéreo - com a função de preparação e recuperação de cargas aéreas lançadas de paraquedas;
  • Companhia de Equipamento Aéreo - com a função de manutenção, preparação e dobragem de paraquedas e equipamentos complementares;
  • Centro de Cães de Guerra - subunidade cinotécnica dos paraquedistas.

EquipamentoEditar

Armas Ligeiras:[2][3][4]

Armas Anticarro:[5]

Morteiros:[6]

  • Morteiro Médio 81mm;
  • Morteiro Ligeiro de Longo Alcance 60mm.

Artilharia de Campanha:[6]

Artilharia Antiaérea:[6]

Veículos Blindados:[7]

Ligações externasEditar

Referências