Abrir menu principal
Bruno Schleinstein
Nascimento 02 de junho de 1932 (86 anos)
Morte 11 de agosto de 2010


Bruno Schleinstein (2 de junho de 193211 de agosto de 2010), conhecido como Bruno S., foi um ator e músico alemão.

Bruno foi um filho não desejado de uma prostituta, tendo sofrido freqüentemente abusos da mãe na infância, e passou parte da sua vida internado em hospitais psiquiátricos.[1]

Um músico autodidata, que, ao longo dos anos desenvolveu a habilidade considerável sobre o piano, acordeão, metalofone e sinos. Ele tocava nos jardins, realizando baladas estilo do século 18 e 19 nos finais de semana, para sustentar-se financeiramente, e trabalhava como motorista de empilhadeira em uma fábrica de automóveis.

Bruno foi descoberto pelo diretor Werner Herzog no início dos anos 70, num documentário - Es Blies wohl ein Jäger em sein Horn (1970). tendo sido contratado para atuar sem ter nenhuma experiência (sob o nome de Bruno S.). Jeder für sich und Gott gegen alle, sobre Kaspar Hauser, de 1974, e Stroszek, de 1976, ambos dirigidos por Werner Herzog, são os seus filmes mais conhecidos.

Referências

  1. Kimmelman, Michael (24 de dezembro de 2008). «From Berlin's Hole of Forgottenness, a Spell of Songs». The New York Times. Consultado em 25 de dezembro de 2008 

Ligações externasEditar

  • Schleinstein, Bruno. Mamatschi. Berlin: The New York Times. Consultado em 26 de dezembro de 2008 
  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.